Turismos de Portugal e Espanha querem “confinar” população na Península Ibérica. Fronteiras só abrem em julho

tzumbiehl / Flickr

Os Turismos de Portugal e Espanha estão a preparar campanhas de promoção para captar os 55 milhões de habitantes dos dois país durante o verão.

De acordo com o semanário Expresso, Portugal e Espanha preparam-se para “confinar” a população na Península Ibérica durante o verão, de forma a promover o turismo dos dois países, setor que foi forçado a parar e que sofreu grandes quebras de receitas por causa da pandemia de covid-19.

Segundo o Expresso, as autoridades de turismo da região europeia Euroace, composta pelo Centro de Portugal e Alentejo e pela Extremadura espanhola anunciaram uma campanha promocional conjunta com o objetivo de atrair turistas ibéricos a estes territórios.

“Os visitantes portugueses e espanhóis, a que chamo o nosso mercado interno alargado, são aqueles que mais rapidamente poderão fazer férias nestas três regiões, uma vez que dificilmente haverá muita afluência de visitantes de outros países neste verão, por falta de ligações aéreas, pelo fecho das fronteiras e, também, por algum receio em viajar para longe”, disse Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal. “Esta campanha visa atrair um mercado potencial de 55 milhões de habitantes dos dois países, que vão procurar destinos tranquilos, seguros e espaçosos para as suas primeiras férias pós-covid-19.”

Esta semana, o Alentejo deu a conhecer um novo filme promocional, “We Call it Alentejo”, onde se destacam a gastronomia e vinhos, as pequenas aldeias, a sustentabilidade e a natureza como atributos para visitar a região.

Outro projeto chama-se “Facendo Caminho” junta a chamada euro-região Galiza-Norte de Portugal na estruturação, proteção, valorização e promoção das rotas portuguesas dos Caminhos de Santiago. O investimento conjunto é de mais de 600 mil euros e vai desenvolver-se até 2021.

Segundo o Expresso, há ainda outra parceria entre o Turismo do Porto e Norte e o Turismo de Castela e Leão para desenvolver “o grande potencial do rio Douro enquanto itinerário natural, cultural, náutico e enogastronómico de referência internacional”.

Esta quinta-feira, o Turismo Centro de Portugal apresentou um plano de promoção da região, através de uma das mais fortes tendências mundiais de viagem: o turismo religioso e espiritual. Em Portugal, o expoente máximo é o Santuário de Fátima, com mais de seis milhões de visitantes, em 2019. Além do Culto Mariano, os Caminhos de Santiago e as rotas de Herança Judaica têm ganhado cada vez mais turistas.

Fronteiras de Espanha abrem em julho

O Governo espanhol esclareceu na quinta-feira que a abertura das fronteiras à “mobilidade internacional segura” terá lugar a partir de 1 de julho e não a 22 de junho, como tinha indicado a ministra do Turismo esta manhã.

A mudança de posição de Madrid tem lugar depois de Lisboa ter pedido “esclarecimentos” e manifestado estar “surpreendido” com as declarações da responsável governamental.

Miguel A. Lopes / Lusa

A ministra espanhola da Indústria, Turismo e Comércio, Reyes Maroto, numa reunião com correspondentes estrangeiros em Madrid, avançou que no dia 22 de junho, quando terminar o estado de emergência, seriam eliminadas as restrições à mobilidade dos residentes e ao trânsito terrestre com Portugal e França.

Poucas horas depois, o Governo espanhol publicou uma “nota de esclarecimento” na qual retifica as declarações da ministra e explica que “em conformidade com o princípio da progressividade, e tendo em conta os compromissos anunciados de reabertura do turismo internacional, a mobilidade internacional segura terá lugar a partir de 1 de julho”.

A nota acrescenta que, a partir do final do Estado de emergência, à meia-noite de 20 de junho, o que se restabelece será “a mobilidade dentro do território nacional” espanhol.

No que respeita à mobilidade externa, recorda que já tinha sido estabelecido anteriormente que os controlos nas fronteiras internas terrestres, aéreas e marítimas “poderão prorrogar-se para além do estado de emergência“.

O executivo espanhol afirma estar em contacto permanente com a Comissão Europeia e os Estados-membros para “coordenar e harmonizar a eliminação progressiva das restrições aos controlos nas fronteiras intraeuropeias”.

O Governo português foi “surpreendido pelas declarações da ministra espanhola, depois de, no passado fim de semana, o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, ter indicado que a abertura ao turismo internacional seria feita a partir de 1 de julho.

O chefe da diplomacia portuguesa acrescentou que “quem decide sobre a abertura da fronteira portuguesa é naturalmente Portugal, e Portugal quer fazê-lo em coordenação estreita com o único Estado com o qual tem uma fronteira terrestre, Espanha”, precisando que já estavam a ser pedidos “esclarecimentos ao Governo de Espanha”.

“Infelizmente, sucedem-se declarações de ministros setoriais do Governo de Espanha que não se inscrevem nesse quadro de coordenação estreita“, disse, apontando que, já antes, “Espanha tinha tomado unilateralmente uma decisão de impor quarentena a pessoas que entrassem em Espanha e comunicou que essa quarentena iria até ao fim do mês de junho”.

O ministro frisou que, como o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, já disse, o Governo português “trabalha no horizonte de poder haver uma evolução na gestão fronteira comum a partir do fim do mês de junho”, data até à qual vigora a quarentena decretada por Madrid.

“Do ponto de vista português, a fronteira terrestre com Espanha está fechada, com as exceções que são conhecidas, durante o mês de junho. Qualquer alteração deste quadro tem de ser concertada previamente entre os dois governos“, afirmou, reiterando que Portugal está “naturalmente disponível” para “tomar decisões articuladamente com Espanha na gestão da fronteira comum”.

As autoridades espanholas encerraram as fronteiras em meados de março, com a entrada em vigor do estado de emergência, exceto a residentes, trabalhadores transfronteiriços e camionistas, a fim de impedir a propagação do coronavírus.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …