Porto Rico sobe de 64 para 2.975 número de mortos pelo furacão Maria

Joel Rouse / Wikimedia

Devastação causada pelo Furacão Maria em Great Carrot Bay, Porto Rico

O governador de Porto Rico elevou o balanço oficial de mortos na ilha pelo furacão Maria de 64 para 2.975, após um novo estudo encomendado pelo Governo, segundo o qual as mortes provocadas pela tempestade foram severamente subestimadas.

O estudo foi divulgado nesta terça-feira pelas autoridades de Porto Rico, um estado livre associado dos Estados Unidos.

O governador Ricardo Rosselló disse que está a criar uma comissão para implementar as recomendações do novo relatório. Será ainda criado um registo das pessoas mais vulneráveis em Porto Rico como os idosos, acamados ou pessoas que fazem hemodiálise, para realizar ações de prevenção em futuras tempestades ou furacões.

A nova estimativa de 2.975 mortos, divulgada seis meses depois de o furacão Maria ter devastado a ilha em setembro de 2017, foi feita por investigadores da Faculdade de Saúde Pública do Instituto Milken, na Universidade George Washington.

“Os resultados deste estudo sugerem que, tragicamente, o furacão Maria produziu um maior número de mortes em toda a ilha. Certos grupos – aqueles em áreas mais pobres e os mais idosos – enfrentaram os maiores riscos”, explicou Carlos Santos-Burgoa, investigador principal do Instituto Milken.

O furacão Maria, de categoria 4, terá provocado mais mortos do que o Katrina, que devastou em 2005 Nova Orleães, nos Estados Unidos, e que causou mais de 1.880 mortes. Mais de 80% das famílias em Porto Rico não tiveram acesso à rede elétrica durante os últimos três meses de 2017 e esta situação só foi totalmente resolvida já este ano.

O Governo de Porto Rico já havia dado um primeiro passo este mês para esclarecer esta questão polémica ao notificar, por carta, o Congresso norte-americano de um outro relatório sobre a recuperação da ilha após o furacão, que incluía um número atualizado de 1.427 mortes.

Inicialmente, apesar da insistência constante de académicos e outras organizações de que o número real de mortos era muito mais alto do que o inicialmente estimado, o facto é que tanto as autoridades da ilha quanto o Governo Federal em Washington repetidamente reduziram a intensidade das consequências da devastação do furacão.

Em outubro, durante uma visita a Porto Rico, Donald Trump disse que a passagem do furacão Maria não havia sido “uma verdadeira catástrofe” como a do furacão Katrina, destacando o baixo número de vítimas mortais (na altura, 64 era o número oficial de mortos).

Mesmo assim, Trump alertou que o orçamento federal ficará “desfasado” como resultado dos danos sérios e da necessidade de financiamento para a reconstrução de infraestrutura e serviços básicos na ilha.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Militares portugueses já salvaram mais de 14 mil migrantes no Mediterrâneo

Marinha, Polícia Marítima e Unidade de Controlo de Costa da GNR, ao serviço da agência Frontex, no sul de Espanha e de Itália, já resgataram 14.151 migrantes no Mediterrâneo desde 2014. As equipas militares portuguesas, a …

Estudantes de Medicina dizem adeus ao "terrível" Harrison

Mais de 2.700 recém-licenciados de Medicina realizaram, esta segunda-feira, a Prova Nacional de Acesso (PNA), que substitui o "terrível" Harrison. Esta segunda-feira, mais de 2.700 candidatos responderam pela primeira vez a 150 questões da Prova Nacional …

Vítimas de legionella de Vila Franca de Xira reclamam 2,6 milhões ao Estado

A Associação de Apoio às Vítimas do Surto de Legionella de Vila Franca de Xira reclama uma indemnização de 2,6 milhões de euros por falhas e omissões de entidades públicas em relação às vítimas que ficaram …

Pelo menos três mortos em tiroteio em supermercado no Oklahoma

Pelo menos três pessoas morreram, esta segunda-feira, num tiroteio num supermercado da cadeia Walmart em Duncan, cidade do Estado norte-americano Oklahoma. O responsável da polícia de Duncan, Danny Ford, citado pela televisão local TNN-ABC, indicou que …

Benfica tem 125 jogadores com contrato profissional. Sporting tem 123 e o FC Porto só 80

O Benfica tem assinado contratos profissionais com cada vez mais jogadores, ao longo dos últimos anos. Actualmente, o clube da Luz tem contrato com 125 atletas. O Sporting está lá perto, com vínculos profissionais com …

Rússia está a negociar a troca de espiões ao estilo do que acontecia na Guerra Fria

A Rússia, a Noruega e a Lituânia realizaram recentemente uma troca de espiões, garantindo o retorno de vários agentes capturados aos seus países de origem. De acordo com chefe da contrainteligência lituana, citado pelo Moscow Times, …

"Totalmente depauperado". Bruno de Carvalho pede dispensa das sessões de julgamento

O ex-presidente do Sporting, que disse ser comentador desportivo, pediu dispensa das sessões, alegando não ter meio de transporte e estar completamente "depauperado". Arrancou, esta segunda-feira, no Tribunal de Monsanto, em Lisboa, o julgamento de 44 …

Nike deixa de vender produtos através da Amazon

A marca desportiva Nike vai deixar de vender as suas peças de roupa e calçado diretamente através da Amazon, acabando com um contrato firmado em 2017, no qual concordava em vender uma variedade limitada de produtos …

Marco António Costa apoia Pinto Luz. Cavaco também era “improvável e desconhecido”

O antigo vice-presidente do PSD declarou, esta segunda-feira, o seu apoio ao candidato Miguel Pinto Luz, afirmando que, em 1985, Cavaco Silva também foi um vencedor "improvável e desconhecido". "Em maio de 1985, o Governo de …

Veneza com "centenas de milhões" de euros de prejuízo por causa das cheias

A cidade de Veneza, com inundações nos últimos dias, voltou este domingo a registar uma maré alta, mas de menor magnitude, tendo as chuvas intensas que afetam Itália levado a alertas para as cidades de …