À semelhança do colesterol, há populismo bom e mau (e o de Marcelo “é bom”)

Carlos Barroso / Lusa

Luís Marques Mendes

Para Luís Marques Mendes, o populismo é como o colesterol: há “o bom e o mau”. O Presidente da República pode ter “um tique ou outro”, mas “é um populismo bom” que ajuda a “combater o mau populismo”.

No habitual espaço de comentário semanal na SIC, este domingo, Marques Mendes fez uma análise do primeiro mandato de Marcelo Rebelo de Sousa como Presidente da República, sublinhando que é “completamente diferente” de Cavaco e de todos os seus antecessores.

Ainda assim, o antigo líder do PSD destacou que o mais parecido era Mário Soares – ambos são apreciados pelo povo. No entanto, enquanto Soares “cultivava uma certa distância do povo”, Marcelo, pelo contrário, “é um presidente do povo, um presidente genuíno que não é postiço”. “É o presidente certo para este tempo político de crispação e populismo.”

“Depois da crise, da austeridade, da troika, o país estava muito crispado e dividido. Marcelo contribuiu para descrispar o país”, afirmou Marques Mendes, acrescentando que o Presidente está “a reequilibrar o sistema político semi-presidencial, que estava muito inclinado para um certo presidencialismo do primeiro-ministro. Marcelo está a dar mais equilíbrio ao regime“.

Angola: “melhor era impossível”

Em relação à visita do Presidente da República a Angola, o conselheiro de Estado afirmou que esta foi “um enorme sucesso” tanto “do ponto de vista político como do ponto de vista popular”, destacando que “melhor era impossível”.

Na opinião de Luís Marques Mendes, Marcelo foi decisivo para as relações positivas entre os dois países, uma vez que “o sucesso popular ajuda ao sucesso político”.

Assim, e já que está consumada a reconciliação política, o comentador considera que está na hora da aproximação económica. “Os políticos fizeram o seu trabalho, agora é o tempo dos empresários. Portugal precisa de Angola para a internacionalização da economia e Angola precisa do investimento português para o seu relançamento económico porque a crise económica em Angola é séria.”

Segundo o Observador, questionado sobre uma eventual desconfiança entre os agentes dos dois países, Marques Mendes respondeu: “Desconfiança houve até agora. A partir destes últimos meses e desta visita a confiança está estabelecida. Ou os empresários portugueses chutam à baliza, isto é investem, ou desperdiçam uma oportunidade.”

PSD tem de “chutar à baliza e marcar alguns golos”

Segundo Luís Marques Mendes, o PSD está “parado e pouco ativo”: É preciso “chutar à baliza e marcar alguns golos”, principalmente numa altura em que desapareceram “as guerras internas” no partido e naquele que “é o pior momento para o Governo.

“O PSD e Rui Rio deviam aproveitar esta fase de paz interna e dificuldades do Governo. Rui Rio deveria estar a fazer uma volta pelo país para ouvir as pessoas, fazer as suas propostas e mobilizar o eleitorado. Devia também estar a apresentar propostas setoriais, mostrar que há alternativa. Isso também ajudava à campanha das europeias”, referiu, elogiando a “campanha boa e acutilante” de Paulo Rangel.

O PSD somou 25% das intenções de voto dos eleitores na última sondagem SIC/Expresso e esse é “dos piores resultados de sempre do PSD”.

Costa no programa da Cristina: “Não é populismo”

Em relação à presença do primeiro-ministro no programa de Cristina Ferreira, Marques Mendes referiu que não é populismo, “pelo contrário”.

Ir a programas como este “ajuda a humanizar mais os políticos, a estreitar a sua relação com os povos”. Quanto a Cristina Ferreira, tem “mérito” por dois motivos: “por um lado a sua simpatia”, por outro “o talento de criar um programa que gera muita audiência”.

“No momento em que estabelece uma relação mais simpática e afetuosa entre eleito e eleitores [o político] até ajuda a combater o populismo. Não é pecado nem crime político querer ser mais popular”, afirmou.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. e claro são estas cabeças pensantes que definem o que é bom ou mão, o povinho é tido como estúpido e continua a alimentar semelhantes criaturas.

RESPONDER

Até as estrelas têm auroras (e já as podemos ver)

Uma equipa internacional de astrónomos observou sinais de rádio estranhos vindos de uma anã vermelha. Estas ondas bizarras estavam a ser produzidas pela interação com um exoplaneta que orbitava a estrela, criando uma aurora. Apesar de …

Tiroteios em dois bares fazem oito mortos na Alemanha

Pelo menos oito pessoas morreram hoje em dois tiroteios em dois bares na cidade alemã de Hanau, no centro do país, indicou a polícia local, sem precisar o número. O primeiro tiroteio ocorreu num bar de …

Descobertos sarcófago e altar dedicado ao fundador de Roma do século VI a.C.

Os dois objetos foram descobertos numa área subterrânea perto da Cúria, foi anunciado esta terça-feira. Um sarcófago considerado "excecional" e um altar do século VI a.C., que poderá ter sido dedicado a Rómulo, fundador de Roma, …

40 anos depois, cientistas identificam falha fundamental na eficiência dos painéis solares

Os painéis solares são uma das invenções mais impressionantes, mas é emergente descobrir como torná-los ainda mais eficientes. Recentemente, uma equipa de cientistas resolveu um mistério de 40 anos em torno de um dos principais …

SIC vai lançar serviço de streaming e canal de e-sports este ano

A SIC vai avançar para uma plataforma de streaming ainda em 2020. A "Netflix à portuguesa" ainda não tem nome, mas tem como objetivo "encontrar mais e novas audiências". Em entrevista ao jornal Público, o CEO …

Dagmar Turner tocou violino enquanto lhe era removido um tumor do cérebro

Uma paciente do King's College Hospital, no Reino Unido, tocou violino enquanto os médicos lhe removiam um tumor do cérebro. Desta forma, foi possível preservar a sua capacidade de tocar e a sua paixão de 40 …

"Não é aceitável". Tribunal de Contas refuta acusações de Manuel Heitor

O Tribunal de Contas (TdC) refutou as acusações do ministro do Ensino Superior sobre a auditoria ao modelo de financiamento do setor, considerando-as inaceitáveis e infundadas. "O tribunal tem o máximo respeito pela opinião dos auditados, …

"Lava que se farta". Isabel dos Santos recorre da absolvição de Ana Gomes

A empresária angolana recorreu para o Tribunal da Relação de Lisboa por causa das publicações no Twitter nas quais a antiga eurodeputada acusa a empresária, por exemplo, de "lavar que se farta". Em janeiro, o Tribunal …

Ministro considera "inaceitável" que TAP pague prémios em ano de prejuízos

O ministro das Infraestruturas e da Habitação considerou "inaceitável" que a TAP, empresa que "tem 100 milhões de euros de prejuízos" em 2019, atribua prémios a uma minoria de trabalhadores. "É uma falta de respeito para …

Eventos climáticos extremos podem levar os EUA a uma crise económica, revela estudo

Um relatório recentemente divulgado revela que os eventos climáticos extremos podem levar os Estados Unidos (EUA) a uma crise económica sem precedentes, com uma maior incidência no mercado da energia. "Se o mercado não fizer um …