Polícia japonês Yuichi Nishimura arbitra jogo inaugural do Mundial

c.v. FIFATV / YouTube

O japonês Yuichi Nishimura é o arbitro do jogo de abertura do Mundial2014,

O japonês Yuichi Nishimura é o arbitro do jogo de abertura do Mundial2014,

O japonês Yuichi Nishimura foi esta terça-feira nomeado pela Federação Internacional de Futebol (FIFA) para arbitrar o jogo de abertura do Mundial2014, o embate de quinta-feira entre Brasil e Croácia, na Arena Corinthians, em São Paulo.

Yuichi Nishimura, de 42 anos, e polícia de profissão, vai enfrentar o jogo mais importante da sua carreira, depois de ter sido o quarto árbitro na final do Mundial2010, na África do Sul, entre Espanha e Holanda.

Nascido a 17 de abril de 1972, em Tóquio, o japonês é árbitro internacional desde 2004 e cumpre o seu segundo Mundial, depois na presença da edição de há quatro anos.

No primeiro mundial em África, Nishimura apitou três jogos, tendo expulsado o uruguaio Nicolás Lodeiro, no Uruguai-França, o brasileiro Felipe Melo, no Brasil-Holanda, e ajuizado ainda o Espanha-Honduras.

A FIFA anunciou ainda os árbitros para sexta-feira, colocando o colombiano Wilmar Roldán no México-Camarões, o italiano Nicola Rizzoli no Espanha-Holanda e o marfinense Noumandiez Doue no Chile-Austrália.

No Mundial2014, que se realiza de 12 de junho a 13 de julho, a arbitragem portuguesa está representado por Pedro Proença.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …

Quando chegaram à Europa pela primeira vez, as batatas eram "hereges"

Os espanhóis foram os primeiros europeus a encontrar batatas na América do Sul nos anos 1530. Porém, quando foram trazidas para o Velho Continente, não foram bem recebidas por todos. Depois de terem sido encontradas pelos …

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …

Maior ameaça ao crescimento português vem de Espanha

Diz o ditado popular que de Espanha nem bom vento, nem bom casamento. Mas, na verdade, o crescimento económico do país vizinho tem contribuído para puxar pela economia portuguesa. Agora, quando se prevê um abrandamento …

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …

Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas …