Poiares Maduro diz que impostos europeus não são ideia de Costa

portugal.gov

Miguel Poiares Maduro

O antigo ministro do PSD/CDS, Miguel Poiares Maduro, afirma que “os impostos ‘sugeridos’ por António Costa não são, na verdade, sugeridos por ele”.

A paternidade dos novos impostos a serem criados para ajudar a financiar o Orçamento comunitário está posta em causa.

António Costa sugeriu, no início desta semana, a criação de novas formas de financiamento europeu para que a participação de cada Estado-membro para o Orçamento comunitário seja de 1,2 – fontes essas que passam pela criação de três novos impostos, que serão propostos formalmente a 23 de fevereiro.

Esta segunda-feira, também o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, se pronunciou acerca do assunto, afirmando que o “Governo português, tal como o francês, espanhol, italiano, propõe novos impostos sobre determinado tipo de transações muito específicas, mas podem dar receitas muito significativas para compensar o que se pode perder no orçamento comunitário”.

Esta perda resulta da ausência da contribuição do Reino Unido por causa do Brexit.

De acordo com o Eco, a “paternidade do imposto” é posta em causa por Poiares Maduro que, na terça-feira, assegurou que o “primeiro Estado membro a propor formalmente a substituição das transferências dos orçamentos nacionais por verdadeiros recursos próprios foi Portugal”.

No entanto, o ex-ministro lança a discórdia afirmando que não terá sido agora, por António Costa, mas sim pelo “Governo da anterior legislatura em Junho de 2015″.

“Da mesma forma que também foi nesse documento, apresentado publicamente por Passos Coelho, que se propunha a criação do FME, conclusão da União Bancária, etc; tudo matérias que parecem ter sido trazidas para o debate por Macron e agora o atual governo português fez suas”, acrescenta Poiares Maduro num post publicado no Facebook.

Para o antigo ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional de Passos Coelho, “os impostos ‘sugeridos’ por António Cota não são, na verdade, sugeridos por ele, nem sequer por outros Estados-membros, mas sim no relatório do grupo de alto nível criado para esse fim e dirigido por Mário Monti“, antigo primeiro-ministro italiano.

“O imposto sobre as transações financeiras já tinha sido, aliás, objeto de discussão e obtido acordo de vários Estados incluindo Portugal (também com o anterior governo)”, alega Poiares Maduro. O imposto sobre o digital “é uma ideia interessante mas tecnicamente muito difícil”, refere.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. É pá, isto anda mesmo mau lá para o lado dos laranjas; agora até querem reivindicar a criação de três novos impostos heheheheh.
    Seja como for, concordo com a ideia apresentada para a criação dos referidos.

RESPONDER

Augusto Inácio (de) novo diretor-geral do Sporting

O Sporting anunciou hoje, através de um comunicado, que o novo diretor-geral de futebol é Augusto Inácio, que regressa assim aos «leões» para substituir André Geraldes. No mesmo comunicado, pode ler-se que o presidente do Sporting, …

Morreu Júlio Pomar

O pintor e artista plástico português Júlio Pomar faleceu esta terça-feira, no Hospital da Luz, em Lisboa. Tinha 92 anos. O artista plástico português faleceu esta terça-feira, aos 92 anos, em Lisboa. O pintor modernista é …

Jovem britânico em fuga responde à polícia no Facebook (e é detido)

A polícia de West Yorkshire, no Reino Unido, fez um apelo no Facebook a pedir informações sobre o paradeiro de um jovem. O próprio desaparecido respondeu ao apelo e foi detido. No texto publicado na rede …

Casa de 600 mil euros pode custar liderança do Podemos a Pablo Iglesias

O líder do Podemos e a companheira, porta-voz do partido, poderão renunciar aos seus cargos de deputados devido à polémica compra de uma vivenda de 600 mil euros. Segundo o Diário de Notícias, o líder do …

Sim, há igrejas para ateus. E são cada vez mais

O declínio constante da religião no mundo ocidental está atualmente a rever-se no crescimento das chamadas igrejas ateístas. De acordo com o Pew Research Center, os "religiosamente não filiados" são agora o segundo maior grupo religioso …

Mais de 80% dos doentes sem acesso a cuidados paliativos

Entre 69 a 82% dos doentes que morrem em Portugal necessitam de cuidados paliativos, mas mais de 80% não os têm porque as respostas são insuficientes. Os maiores hospitais do país, incluindo o Instituto Português de …

Atentado no Afeganistão faz pelo menos 16 mortos e 38 feridos

Pelo menos 16 pessoas morreram e 38 ficaram feridas, na explosão de uma camioneta armadilhada em Kandahar, sul do Afeganistão, no momento em que agentes da polícia tentavam desarmadilhá-la, anunciaram as autoridades. "Os últimos números disponíveis …

Giuseppe Conte: um desconhecido sem experiência política para dirigir o Governo italiano

Giuseppe Conte é o nome proposto ao presidente pela Liga e pelo Movimento 5 Estrelas. O Presidente italiano, Sergio Mattarella, terá a última palavra em relação à escolha do primeiro-ministro. Giuseppe Conte. É este o nome …

Detidos por álcool e droga vão ser enviados para consultas médicas

Quem conduzir sob o efeito de álcool ou de estupefacientes vai ser encaminhado para consultas médicas em vez de ser punido com penas de prisão ao fim de semana ou trabalho comunitário. Retirar pessoas das cadeias …

Há 20 anos, com muito "cagaço", vulcões e o Gil, a Expo98 mudou Lisboa (e o país)

Foi há 20 anos que a Expo 98, inaugurada a 22 de Maio de 1998, transfigurou a zona oriental de Lisboa, mas também mudou a face do país, naquele que foi o primeiro grande evento …