Picos de acesso e falhas complicam entrega do IRS

European Parliament / Flickr

A entrega do IRS, através do sistema informático da Autoridade Tributária, está a revelar-se complicada, nas primeiras horas desde o início do prazo para a declaração de rendimentos de 2017 dos contribuintes portugueses. E as falhas informáticas podem prolongar-se até meio de Abril.

Estão em causa “falhas intermitentes” que resultam do “acesso massivo ao portal” das Finanças e que têm deixado o serviço “em baixo” durante alguns momentos, conforme assume uma fonte do Ministério das Finanças ao Observador.

Desde o arranque do prazo de entrega do IRS, no dia 1 de Abril, já mais de 260 mil contribuintes entregaram as suas declarações, segundo dados avançados pela Lusa. Esta pressa em entregar o IRS estará a interferir com o sistema informático, segundo a versão do Governo.

“É sempre normal que, havendo picos de procura o sistema possa falhar“, referiu o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes, em conferência de imprensa.

“É normal que isso aconteça e o que temos de garantir é que ao longo dos 60 dias os contribuintes possam cumprir as suas obrigações sem nenhum transtorno de maior”, acrescentou o governante.

Mas a bastonária da Ordem dos Contabilistas Certificados, Paula Franco, salienta no Jornal Económico que podem estar em causa “problemas estruturantes” que são típicos das aplicações informáticas nos primeiros dias de implementação.

Assim, perante possíveis bugs” no sistema das Finanças, a bastonária refere que “os contabilistas certificados, de forma diligente e profissional, por vezes, aconselham que os contribuintes esperem 1 a 2 semanas para entregarem o IRS”.

Desta forma, Paula Franco nota que é provável que a aplicação das Finanças só esteja estabilizada e a funcionar de forma mais aperfeiçoada pelo dia 15 de Abril.

A data para entrega do IRS prolonga-se de 1 de Abril até 31 de Maio, para todas as categorias de rendimentos (pensionistas, de trabalho, recibos verdes ou outros).

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. oh é perfeitamente normal…
    Nenhum sistema está preparado para um acesso massivo, os recursos são decididos para uma utilização media de X visitantes.
    Por exemplo, se todos nós pegarmos no telemóvel ao mesmo tempo para fazer uma chamada, não há rede para todos, porque o dimensionamento dos recursos é feito para um cenário normal…
    Aqui a questão é exactamente a mesma, como há um fluxo maior de acessos, não há recursos disponíveis para todos poderem utilizar.
    O que poderia ser feito (e não sei se não foi), era um reforço dos recursos do site, apenas nesta altura, de modo a comportar este fluxo maior de acessos.

    • Mais uma vez mais este desgoverno demonstrou que toma decisões sem medir as consequências das mesmas e sem ter o mínimo conhecimento da realidade do país. Só assim pode ficar surpreendido com o que aconteceu. Então o governo não sabia que o anúncio do pagamento antecipado dos reembolsos do IRS iria provocar a corrida ao sistema?!! Em que mundo vive este desgoverno? Ah já sei… como para o atual desgoverno o país está às mil maravilhas, nunca pensaram que o povo estaria a morrer à fome e necessitado do dinheiro! Corram daqui com estes desgraçados que a única coisa que têm feito é aumentar ainda mais os impostos do que o passos e os amigos.

      • Não deves viver no mesmo país que eu com certeza…
        Em primeiro lugar este governo não aumentou mais impostos, antes pelo contrário. Se falas da carga fiscal que aumentou então devias saber que esse indicador refere-se à receita dos impostos que aumentou, a receita aumentou! Não foram os impostos que aumentaram, o que é bem diferente!
        Em segundo lugar, toda a gente independente de precisar com urgência do dinheiro, ou não, prefere receber o mais cedo possível.
        A mim não me faz especial falta, mas resolvi meter o IRS ontem.
        Logo não é sinal nenhum de que as pessoas estão aflitas com dinheiro e com isso correram a submeter o IRS para receberem o reembolso mais depressa… Cada caso é um caso e não faz disso padrão!
        Sugiro que tires essas palas que só te permitem ver em frente!
        Olha que passas a ter mais amplitude de visão, sei que para ti pode ser um problema, mas para os outros é melhor!
        isto é só rir, é com cada energumeno que por aqui passa…

  2. Já agora, façam como eu, pelas 01:00 não senti problema algum…
    É uma questão de evitar as horas de maior fluxo!

RESPONDER

Prolongamento das moratórias é cada vez mais improvável (e partidos culpam o PS)

Embora o prolongamento das moratórias tenha sido aprovado em Parlamento, há uma grande probabilidade de a proposta não sair do papel. PSD e PCP culpam o PS. O Parlamento aprovou o prolongamento das moratórias, que propunha …

Comissão de Transparência ganha poderes e passa a fazer “inquéritos” a deputados

A comissão parlamentar de Transparência vai passar a fazer “inquéritos a factos” que “comprometam a honra ou a dignidade de qualquer deputado” por eventuais dúvidas quanto ao conflito de interesses, por exemplo, como da deputada …

Bernie Madoff, autor de uma das maiores fraudes da história, morreu aos 82 anos

Bernard Madoff, um dos homens mais célebres da crise financeira de 2008, morreu na prisão federal de Butner, na Carolina do Norte, noticia a agência Associated Press, citando fonte do próprio estabelecimento prisional. Em dezembro de …

Dinamarca desiste da vacina da AstraZeneca. É o primeiro país da Europa a tomar a decisão

A Dinamarca anunciou esta quarta-feira que desistiu de usar a vacina para a covid-19 da AstraZeneca devido aos efeitos secundários "raros, mas graves". Já a Alemanha decidiu administrar outra vacina nas segundas doses a quem …

Medida "excessiva". PSD vai pedir a apreciação parlamentar do prolongamento do teletrabalho até final do ano

O PSD vai pedir a apreciação parlamentar do prolongamento do teletrabalho até final do ano, considerando a medida "excessiva". O ECO avança, esta quarta-feira, que o PSD vai pedir, ainda esta semana, a apreciação parlamentar do …

Portugal regista mais 684 casos e 8 mortos. Incidência da doença a subir

O boletim epidemiológico desta quarta-feira indica que Portugal registou nas últimas 24 horas, 684 novos casos de covid-19 e mais 8 óbitos. Segundo o boletim da DGS o país tem 447 doentes com covid-19 internados, dos …

Acesso ao Ensino Superior terá as mesmas exceções do ano passado

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior disse, esta terça-feira, que o acesso ao Ensino Superior terá, este ano, as mesmas medidas excecionais implementadas no ano passado devido à pandemia da covid-19. "Olhar para a …

Europa vai receber mais 50 milhões de vacinas da Pfizer ainda este mês

Depois de se saber que a UE não vai renovar os contratos com a Astrazeneca e Johnson & Johnson no próximo ano, a Comissão Europeia anunciou que a Pfizer vai fornecer 50 milhões de doses …

Agente que matou Daunte Wright e chefe da polícia demitiram-se. Mas os protestos continuam

A polícia que matou a tiro um jovem afro-americano em Brooklyn Center, nos Estados Unidos, no domingo, e o chefe da polícia local demitiram-se. Mas os protestos continuam na cidade. Mike Elliott, mayor de Brooklyn Center, …

Família de Ihor pondera recorrer se inspetores não forem condenados por homicídio

A família de Ihor Homenyuk está a ponderar recorrer se os três inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) forem condenados por ofensas à integridade física agravada e não por homicídio qualificado. A notícia é …