Petição quer corrigir “erro histórico” e entregar parte dos EUA ao Canadá

Quem olhar com detalhe para o mapa dos EUA pode encontrar algo estranho na fronteira entre o Minnesota e o Canadá: a linha que corta o território desde a costa oeste é abruptamente interrompida e deriva para norte.

O Northwest Angle (ou Ângulo Noroeste) apanhando boa parte do Lagos dos Bosques e uma pequena superfície de terra. São apenas 319 quilómetros quadrados de terra firme rodeados pelas províncias canadianas de Manitoba e Ontario, habitados por 120 pessoas, mas com grande significado, já que esta é a única parte dos EUA – à exceção do Alasca – a norte do paralelo 49.

Mas este é um erro histórico, no entendimento dos signatários de uma petição criada no site da Casa Branca e que pede que “a América seja grande corrigindo esse erro”.

Na base da argumentação dos peticionários está o facto de britânicos e norte-americanos terem usado o mapa de Mitchell, publicado em 1755 pelo médico e botânico John Mitchell, para estabelecer as fronteiras naquela zona a seguir à Guerra da Independência.

Neste mapa, onde o Lago dos Bosques surgiria em forma oval e não refletindo com precisão os vários acidentes geográficos do local, como baías. O Tratado de Paris estabeleceu que a fronteira entre EUA e as possessões britânicas no norte seria feita através da bacia do Lago dos Bosques ao ponto mais a noroeste.

“Os negociadores da fronteira inicial entre o Canadá e os EUA não compreenderam a geografia da área. Benjamim Franklin e os representantes britânicos confiaram no Mapa de Michell. Devido a erros de pesquisa, este é o único local dos EUA, à exceção do Alasca, que fica a norte do paralelo 49”, apontam os peticionários, que pedem a entrega de uma área de 1544 quilómetros quadrados – a esmagadora maioria numa zona aquática – ao Canadá.

Porém, a petição tinha de conseguir cem mil assinaturas até ao final desta terça-feira para ter uma resposta da Casa Branca, mas não chegou sequer às seis mil.

Nem os habitantes locais, economicamente ligados aos setores do turismo e da pesca desportiva, parecem estar muito interessados em mudar agora de nacionalidade. “Não tenho nada contra os canadianos, mas sou uma cidadã americana e quero continuar a ser”, conta Judy Risser, habitante na localidade há 46 anos, de acordo com o Diário de Notícias.

Nem o facto de terem de informar as autoridades dos dois países sempre que se querem deslocar aos EUA e de as crianças terem de fazer quase cem quilómetros para ir à escola no Minnesota parece demover os habitantes.

“Se eu quisesse mudar de nacionalidade, mudava-me para o Canadá. Não percebo como podia funcionar isso que estão a sugerir. Na verdade, nem sequer levamos isso muito a sério”, afirmou outra habitante local.

Em 1997, devido a leis que limitam a pesca, alguns residentes desta região sugeriram abandonar os EUA e unir-se ao Canadá. No ano seguinte, o representante Collin Peterson propôs uma emenda constitucional que permitiria aos residentes votar sobre a secessão dos EUApara se anexar ao Canadá. Esta proposta irritou os dirigentes da reserva índia Red Lake, já que a grande maioria do território dessa reserva fica no “ângulo”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …

Governo quer licenças de trabalho parcial pagas para pais no primeiro ano dos filhos

O Governo quer implementar licenças de trabalho parcial remuneradas para pais e mães de crianças no seu primeiro ano de vida, no âmbito do programa para a conciliação entre vida profissional e vida familiar e …

Covid-19. Portugal "tem de preparar-se para o pior" e ter plano de contingência

Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, defende que Portugal tem de se preparar para o pior e, por esta altura, já devia ser conhecido o plano de contingência em ação. "Convém …

Misteriosa mensagem esculpida numa rocha em França foi finalmente decifrada

A inscrição, gravada há 250 anos numa rocha na região francesa da Bretanha, foi finalmente decifrada graças a um concurso lançado pelo município. O mistério, que há muitos anos intrigava a comunidade científica e curiosos de …

Transferência de Bruno Fernandes rendeu 16 milhões ao BCP e ao Novo Banco

A transferência de Bruno Fernandes do Sporting para o Manchester United foi rentável não apenas para o clube de Alvalade, mas também para os Bancos que são os principais financiadores do emblema. Millennium BCP e …

Braga 0-1 Rangers | "Guerreiros" eliminados por pé Kent

O Sporting de Braga caiu nos 16 avos-de-final da Liga Europa. Após a derrota por 3-2 na visita ao Rangers na semana passada, após estar a vencer por 2-0, os “arsenalistas” foram donos e senhores …

Violada, drogada e raptada. Cantora Duffy explica o seu desaparecimento da cena musical

A cantora galesa Duffy que fez sucesso, em 2008, com a música "Mercy", esteve vários anos afastada dos holofotes do mundo da música e explica, agora, que isso se deveu ao facto de ter sido …

Neeleman continua na TAP, mesmo com a entrada da Lufthansa

David Neeleman vai manter-se como acionista da companhia aérea portuguesa, mesmo que a Lufthansa venha a entrar no capital da TAP. Sabe-se que a Lufthansa está a estudar, juntamente com a United Airlines, a aquisição dos …

Escócia aprova plano para dar tampões e pensos grátis a todas as mulheres

O Parlamento escocês aprovou, esta terça-feira, um projeto de lei para disponibilizar gratuitamente produtos de higiene feminina a todas as mulheres. A Escócia será o primeiro país a avançar com uma medida deste tipo. O plano …

Bruxelas regista lentidão no desenvolvimento da ferrovia e dos portos portugueses

A Comissão Europeia fez hoje várias observações sobre a lentidão do desenvolvimento de projetos na ferrovia e nos portos portugueses, num relatório elaborado no âmbito do pacote de inverno do semestre europeu. Abordando os setores ferroviário …