“Pessoas nos estádios e nas discotecas não vai ocorrer nos próximos tempos”

Manuel De Almeida / Lusa

Esta quarta-feira, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, deu a garantia de que “pessoas nos estádios e nas discotecas não vai ocorrer nos próximos tempos”.

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, disse, esta quarta-feira, que os estádios de futebol e as discotecas e bares terão de esperar mais tempo até poderem ter pessoas a frequentá-los de novo.

Segundo a Renascença, a responsável não apontou qualquer data, mas enquadrou estes dois temas com o movimento de regresso às aulas que acontecerá em massa entre 14 e 17 de setembro. “Pessoas nos estádios e nas discotecas não vai ocorrer nos próximos tempos”, disse a diretora-geral da Saúde, acrescentando ser necessário esperar para ver como “corre a entrada nas escolas“.

Sobre a possibilidade de haver público nos estádios de futebol e pessoas a frequentar espaços de diversão noturna, Graça Freitas disse querer enquadrar o tema numa lógica mais vasta das várias fases da pandemia. “Já tivemos muitas fases nesta epidemia, e estamos agora numa fase diferente.”

A responsável frisou que, neste momento, no período pós-férias, estamos a “caminhar para a normalidade”, mas isso acarreta um conjunto acrescido de riscos. “Mais mobilidade gera mais contatos, e mais contatos mais casos.”

“Faz parte do ciclo da nossa vida social. Por precaução o Governo já tinha acautelado voltarmos à contingência”, referiu. O regresso às aulas é uma das razões para, neste momento, bloquear outras atividades que juntem grupos grandes de pessoas.

Assim, Graça Freitas diz que a opção é ser cauteloso e só abrir quando estiverem sedimentados os resultados do regresso às aulas.

Nas últimas 24 horas, Portugal registou 646 novos casos de covid-19, o maior número de novos casos diários desde 20 de abril. Jamila Madeira, secretária de Estado Adjunta e da Saúde, referiu que este “não é um número que nos deixe felizes nem satisfeitos”, explicando que estará em causa o regresso das férias e a retoma do trabalho.

A secretária de Estado referiu também que, face a esta “realidade de retoma”, está-se “perante um foco sobretudo na transmissão familiar“.

Em relação à suspensão dos testes da fase final da vacina que a AstraZeneca está a desenvolver contra a covid-19, Rui Ivo, presidente do Infarmed, referiu que “a paragem foi feita no sentido de perceber a sua reação” no paciente, que “pode estar relacionada com a administração da vacina ou não”.

“A fase três trata-se de uma fase de ensaios”, pelo que o objetivo é “podermos perceber efetivamente todos os aspetos relacionados com a eficácia da vacina, mas também com a sua segurança”, para se “chegar à etapa final”. No entanto, a vacina só chegará quando houver garantias da sua eficácia e segurança.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Holanda. Ministra da Defesa renuncia devido à crise de evacuação do Afeganistão

Após a ministra das Relações Externas holandesa, Sigrid Kaag, renunciar devido ao desastre da evacuação do Afeganistão, esta sexta-feira foi a vez da ministra da Defesa, Ank Bijleveld. Segundo relatou o Guardian, acredita-se que os ministros …

Tribunal da África do Sul recusa anular pena de prisão do ex-Presidente Jacob Zuma

O mais alto tribunal da África do Sul rejeitou o pedido do ex-Presidente Jacob Zuma para anular a sua sentença de 15 meses de prisão por não comparecer a uma sessão de inquérito por corrupção. Em …

EUA. Advogado planeou o próprio assassinato para o filho receber seguro. Foi detido por fraude

Um influente advogado norte-americano, cuja esposa e um dos filhos foram assassinados, foi acusado de fraude contra uma empresa de seguros e falso testemunho por organizar o seu próprio assassinato. Segundo avançou a agência France-Presse, …

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …

Governo quer proibir empresas de recorrer ao 'outsourcing' após despedimento coletivo

O Governo quer proibir as empresas que façam despedimentos coletivos de recorrerem ao 'outsourcing' (contratação externa) durante os 12 meses seguintes, disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. No final …

Barcelona: Cruyff afasta-se e perder com o Benfica seria "um drama"

Ronald Koeman até poderá sair mas não será Jordi Cruyff a substituir o seu compatriota. O Barcelona atravessa uma fase perturbada, já há algum tempo, mas o panorama financeiro piorou o cenário fora de campo e …

Casa Branca oferece "telefonema educativo" a Nicki Minaj para acalmar apreensões sobre a vacina

Depois de um tweet de Nicki Minaj se ter tornado viral por associar a vacina contra a covid-19 à impotência, a Casa Branca convidou a rapper para um telefonema com especialistas para esclarecerem as suas …

Baterias de lítio-enxofre melhores e mais baratas? O segredo é uma pitada de açúcar

Uma colher cheia de açúcar pode ser o suficiente para permitir que um veículo elétrico faça uma viagem de Melbourne a Sidney (878 km) com uma única carga. Atualmente, os automóveis elétricos e os telemóveis utilizam …