Pedro Marques apoia Marcelo. “Família” socialista do Presidente continua a crescer

Eduardo Costa / Lusa

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O antigo ministro e eurodeputado do PS Pedro Marques manifestou esta segunda-feira o seu apoio à recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa ao cargo de Presidente da República, embora reconheça “mérito” na socialista Ana Gomes.

Pedro Marques, que foi cabeça de lista do PS nas últimas eleições europeias, em maio de 2019, manifesta o seu apoio a Marcelo Rebelo de Sousa “pelo que foi o seu primeiro mandato enquanto Presidente da República”.

Nesta mensagem que enviou à agência Lusa, Pedro Marques refere-se depois à candidatura presidencial da antiga dirigente e ex-eurodeputada socialista Ana Gomes.

“Reconheço competência, mérito e o legado de Ana Gomes, mas, nestes tempos de incerteza, apoio a recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa”, frisa o ex-ministro das Infraestruturas do primeiro Governo liderado por António Costa.

Além de Pedro Marques, já manifestaram publicamente o seu apoio ou, pelo menos, a intenção de votar em Marcelo nas presidenciais de janeiro próximo socialistas como o presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, o ex-ministro José António Vieira da Silva, o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, e o dirigente do PS Álvaro Beleza.

O atual Presidente da República conta ainda com o apoio do presidente do PS, Carlos César, e do antigo ministro socialista João Soares. O primeiro-ministro, que é também o secretário geral do PS, deixou no ar um eventual apoio a Marcelo Rebelo de Sousa, “empurrando-o” para a recandidatura, em maio deste ano.

“Foi assim em 2016, no primeiro ano de mandato do Presidente da República, e foi agora no último ano do seu atual mandato. Tenho uma boa data simbólica a propor para fazermos uma terceira visita em conjunto e para partilharmos uma refeição com os colaboradores da Autoeuropa: A terceira data é no primeiro ano do próximo mandato do senhor Presidente da República”, declarou António Costa durante uma visita em maior passado à fábrica da Autoeuropa, em Palmela

Em relação às eleições presidenciais, o Partido Socialista concedeu liberdade de voto aos seus militantes, tendo aprovado uma orientação em que se elogia a forma como Marcelo Rebelo de Sousa exerceu o mandato de Presidente da República desde março de 2016, embora também elogie a “coragem” de Ana Gomes.

As presidenciais realizam-se a 24 de janeiro e as últimas sondagens dão a Marcelo Rebelo de Sousa uma vitória confortável, sem necessidade de uma segunda volta.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Família socialista do presidente continua a crescer e já agora,a pouca vergonha também.Morte no aeroporto pela SEF,mortes e maus tratos pelos comandos,tudo sem ninguém a ser condenado e assim,vai o país socialista com o povo ignorante a assistir e a consentir toda esta pouca vergonha.Força Ventura o país precisa de ti.

  2. Marcelo é sobretudo um elemento do governo. Grande amigo pessoal de Costa também. Ambos precisam um do outro. Marcelo compactua bastante bem com a corrupção governativa, é cúmplice dos grandes lobbys e das injecções de capital nas grandes instituições. É fundamental no governo de Costa. É também suspeito no caso Tancos. É uma pessoa muito séria como vemos. Portanto é isto que os portugueses querem por mais 5 anos?

  3. Para quê tanto comentário?
    Basta dizer que Marcelo é um ferrenho socialista, o PSD e outros partidos da direita não deveriam votar em Marcelo.
    Eu votei em Marcelo, mas hoje nunca jamais…
    Nunca pensei que Marcelo fosse para a esquerda e amigo de unha e carne de Costa, por isso está muita coisa escondida e o povo não acorda…

RESPONDER

Rio impôs candidatos a Leiria e Castelo Branco (e causou desconforto no PSD)

Em Leiria e Castelo Branco as estruturas locais do PSD mostraram-se descontentes com as escolhas de Rui Rio para a corrida às autárquicas e imputam os resultados de outubro à direção nacional do partido. Ainda no …

José Mourinho despedido do Tottenham

José Mourinho foi despedido do comando técnico do Tottenham. Os maus resultados da equipa ditaram a saída do treinador português. A notícia é avançada esta segunda-feira pelo portal britânico The Athletic. O lugar do português já …

Começou a "fotografia perfeita da população". Já pode responder aos Censos pela Internet

Os Censos 2021, a maior operação estatística nacional, já arrancou. Com as cartas com os códigos que os recenseadores distribuíram pelas casas dos portugueses, já é possível responder ao inquérito pela Internet. Os Censos são o …

Foi descoberta a evidência mais antiga de um cão domesticado na Arábia

Os ossos de um cão, descobertos em 2018 na Arábia Saudita, podem representar o exemplo mais antigo da domesticação deste animal naquela região. De acordo com o site Live Science, os ossos do cão, com seis …

PS com pior resultado num ano. PSD também cai, Bloco e Chega sobem

PS e PSD, o chamado bloco central, continuam em queda nas intenções de voto. Já o Bloco de Esquerda e o Chega ganham peso. Com 36,2% das intenções de voto, o Partido Socialista (PS) continua a …

Sindicato dos médicos alerta para possível "catástrofe" na Saúde

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) alerta que os atrasos causados pela pandemia de covid-19 no Serviço Nacional de Saúde (SNS) podem provocar uma “catástrofe” na Saúde. O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) alertou, este domingo, …

Anunciada criação da Superliga Europeia. UEFA entra em guerra aberta e ameaça banir clubes

Doze clubes anunciaram, este domingo, a criação da Superliga Europeia. O FC Porto pode ser uma das equipas convidadas. A UEFA ameaça banir clubes das competições nacionais e internacionais. Depois de muita especulação, doze clubes anunciaram …

Luz solar pode neutralizar o SARS-CoV-2 oito vezes mais rápido do que se pensava

Uma nova investigação sugere que a luz solar pode inativar o SARS-CoV-2 oito vezes mais rápido do que se pensava anteriormente. Uma equipa de cientistas internacional - composta por investigadores da UC Santa Barbara, da Oregon …

Restaurantes, centros comerciais e cinemas perdem acesso ao lay-off

Esta segunda-feira, Portugal dá mais um passo no desconfinamento. Restaurantes, cafés, centros comerciais e cinemas perdem acesso ao lay-off simplificado. Restaurantes, centros comerciais, cafés, lojas, cinemas e teatros deixam de estar submetidos ao dever de encerramento …

CDS quer forçar reestruturação do SEF a passar pelo Parlamento

O CDS-PP defende que a reestruturação dos Serviços de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) tem de passar pela Assembleia da República e não pode ser concretizada através de legislação aprovada pelo Governo. Em causa está a extinção …