Pedras com 5 mil anos podem ser os mapas mais antigos do mundo

Bornholms Museum / Facebook

“Pedra Solar” com 5000 anos descoberta em Vasagard, Dinamarca.

Arqueólogos dinamarqueses descobriram mais de 200 pedras cobertas de gravuras de linhas e quadrados que podem ter sido os primeiros mapas do mundo, usados há cinco mil anos.

Estas pedras planas foram descobertas em escavações num local sagrado com cinco mil anos que é conhecido como Vasagard, em Bornholm, uma ilha dinamarquesa situada no Mar Báltico.

Neste lugar, que é alvo de escavações desde a década de 1990, foram encontradas mais de 200 pedras partidas, cobertas de gravuras de linhas e quadrados, que os arqueólogos acreditam terem sido uma espécie de mapas simbólicos antigos.

Chamadas de “pedras do sol” ou “pedras solares”, estes objectos com padrões de linhas direitas são associados pelos investigadores às crenças de uma religião neolítica que venerava o sol, há cerca de cinco mil anos, conforme nota o site Live Science.

O arqueólogo Flemming Kaul, curador e investigador de pré-história do Museu Nacional da Dinamarca, explica na publicação que estas pedras milenares podem ter sido mapas simbólicos de paisagens e que terão sido, provavelmente, usadas em rituais pelos agricultores da Idade da Pedra, com o intuito de influenciar magicamente o sol e a fertilidade das suas terras.

Bornholms Museum / Facebook

"Pedra Solar" com 5000 anos descoberta em Vasagard, Dinamarca.

“Pedra Solar” com 5000 anos descoberta em Vasagard, Dinamarca.

“Há uma pedra em particular que parece ser bastante complicada e concordamos todos que parece uma espécie de mapa – não um mapa no nosso sentido moderno, mas um mapa estilizado“, sublinha Flemming Kaul em declarações ao Live Science.

Apresentando linhas e quadrados que parecem campos, cercas e plantas, o arqueólogo diz que vê “algumas semelhanças com as gravuras rupestres dos Alpes no norte de Itália, datadas do mesmo período de tempo e que são interpretadas como paisagens simbólicas”.

Este dado não significa porém, que houvesse contacto entre os povos que viviam na Escandinávia e os que habitavam outras zonas da Europa, há cinco mil anos, conforme constata o investigador.

Contudo, pode ser sinal de que havia ideias comuns e uma espécie de “tendência de desenvolvimento europeu geral”, também num “sentido espiritual ou religioso”, aponta Kaul.

“As imagens do sol devem ter algo a ver com o culto solar – e temos muitas outras indicações europeias disso, tal como Stonehenge em Inglaterra, por volta da mesma altura, e sepulturas de passagem na Irlanda que estão orientadas em função do nascer-do-sol do solstício de Inverno”, acrescenta o arqueólogo.

Do leque de pedras descobertas na Dinamarca, a mais detalhada tem cerca de 5 centímetros de largura e foi partida em três peças, uma das quais ainda não foi encontrada, conforme constata o Live Science.

Kaul descreve-a como “muito complexa”, com “diferentes tipos de campos e algo que parecem plantas”, e conclui que pode simbolizar “uma colheita como a cevada” e que terá sido usada num ritual religioso algures entre 2900 e 2700 a.C..

Os arqueólogos publicaram detalhes científicos sobre a descoberta na revista científica dinamarquesa Skalk.

SV, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas produziram um processador quântico em larga escala feito apenas de luz

Uma equipa internacional de cientistas da Austrália, Japão e Estados Unidos produziu um protótipo de um processador quântico em larga escala feito apenas de luz laser. O mais recente processador quântico é baseado num projeto com …

FIFA investe 449 milhões de euros para desenvolver o futebol feminino

A FIFA anunciou que vai investir 500 milhões de dólares no desenvolvimento do futebol feminino. Em cima da mesa está uma Liga das Nações, um mundial de clubes e torneios para camadas jovens. A FIFA vai …

Escritor famoso escreve livro para ser lido apenas em 2114

O famoso escritor norueguês Karl Ove Knausgaard, autor de romances como A Morte do Pai e a Ilha da Infância, onde explora a sua história pessoal e o seu dia a dia, aceitou escrever um …

PS deverá aprovar recandidatura de Ferro à presidência da Assembleia da República

O Grupo Parlamentar do PS vai reunir-se na quinta-feira, com a presença do secretário-geral, António Costa, ocasião em que deverá aprovar a recandidatura de Ferro Rodrigues ao cargo de presidente da Assembleia da República. Fonte oficial …

Perito revela que arma que investigação diz que matou Luís Grilo foi adulterada

O perito que examinou a arma que, segundo o Ministério Público, António Joaquim usou para matar o triatleta Luís Grilo revelou hoje em tribunal que o revólver foi adulterado, não conseguindo garantir se essa foi …

Cientistas criam vasos sanguíneos artificiais funcionais

Cientistas nos Estados Unidos usaram impressão 3D para fabricar vasos sanguíneos funcionais que poderão vir a ser usados clinicamente em casos de doenças vasculares. O resultado das experiências é relatado num estudo publicado esta terça-feira no …

Ordem suspende durante seis meses obstetra do caso do bebé sem rosto

O Conselho Disciplinar do Sul da Ordem dos Médicos decidiu suspender preventivamente o obstetra envolvido no caso do bebé que nasceu em Setúbal com malformações graves. A informação foi avançada à Lusa por fonte oficial da …

A China está a criar porcos gigantes (tão grandes como ursos polares)

https://vimeo.com/368036025 Porcos tão pesados como ursos polares. Esta é a solução encontrada por produtores chineses de porcos que tentam resolver o problema da falta de carne no mercado, muito por culpa da gripe suína africana dizimou …

Rússia e Síria vão partilhar controlo do nordeste sírio

O Presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse hoje que a Turquia e a Rússia alcançaram um acordo pelo qual as forças curdas da Síria vão recuar 30 quilómetros a partir da zona fronteiriça do nordeste …

Câmara dos Comuns aprova acordo do Brexit (mas rejeita calendário apertado)

A Câmara dos Comuns aprovou esta terça-feira a primeira votação do acordo para o Brexit. No entanto, a calendarização da saída foi rejeitada numa segunda votação, deixando um impasse na data para o Brexit. Pela primeira …