Parlamento poupou 4,5 milhões em 2015

A Assembleia da República de Portugal teve gastos superiores a 137 milhões de euros ao longo de 2015, um valor que representa uma poupança de mais de 4,5 milhões de euros relativamente a 2014.

Estas contas foram publicadas em Diário da República no passado dia 29 de Agosto e divulgadas pelo Público.

Os principais gastos do Parlamento prendem-se com o sector dos salários dos seus funcionários, nomeadamente com os deputados, cujos ordenados, incluindo ajudas de custo, foram da ordem dos 17,5 milhões de euros em 2015.

Os vencimentos dos demais funcionários do Parlamento e dos gabinetes dos partidos custaram cerca de 15,25 milhões de euros ao Parlamento.

Em subvenções estatais para campanhas eleitorais, os gastos do Parlamento foram superiores a 7,153 milhões de euros e no capítulo das subvenções anuais atribuídas aos partidos, houve gastos de 14,4 milhões de euros.

Os partidos não representados no Parlamento tiveram direito a 343.247 euros.

Quanto a “despesas domésticas”, frisa o Público, gastaram-se cerca de 116.090 euros com a factura da água, à roda de 675 mil euros com a electricidade e perto de 42.455 euros com o gás.

Os custos com Internet e telefones situaram-se nos 211 mil euros e a alimentação teve gastos de 645 mil euros.

Nos serviços de limpeza dos espaços do Parlamento gastaram-se 808.164 euros.

ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Com o dinheiro do povo, tudo é possível.
    ”… alimentação teve gastos de 645 mil euros. Afinal as ementas sempre são principescas, apesar dos desmentidos.
    ”… limpeza dos espaços do Parlamento gastaram-se 808.164 euros. Como é que é possível?
    São muitos milhões gastos por meia dúzia, que pouco ou nada acrescentam ao País.
    ATÉ QUANDO???????????????????????

  2. Não há nada como Governos ditatoriais , sejam de direita ou de esquerda. Ordem na casa. São boas notícias. Só espero que a “poupança” não tenha sido obtida via impostos.

  3. Agora que li melhor a notícia, apenas comento o seguinte.
    Como é possível uma casa conseguir gastar tanto? Já repararam na conta de Gás e de água? É fabuloso.Nem numa casa de luzes vermelhas se consegue justificar tantos banhos de jacuzi de água quente per capita.
    Sinceramente é vergonhoso. Mas não são os politiqueiros que têm culpa. É a máquina administrativa do Estado, que passou de Pais para filhos já desde o tempo da ditadurazita. Se investigarem bem ainda vamos ver a conta da água e da luz dos funcionários a ser paga pelo POVO. É que não é possível encontrar outra justificação.

    • Exactamente o que eu pensei quando li a notícia.
      Como é que é possível gastar tantos milhares de euros em gás, tendo em conta que, em principio, o gás só será usado para a confecção de refeições (admitindo que sejam feitas lá, porque se fôr em catering, então ainda mais inexplicável é).
      116 mil euros em água? Que é isto? Mas os gajos tomam lá banho? Que se saiba não!
      Limpeza quase um milhão? Realmente, mas que grande “limpeza” os contribuintes levam.

  4. Como é possível esses sanguessugas taxistas inúteis (refiro-me à grande maioria dos parlamentares, admito que haja alguns que encaram a função como serviço público) gastarem tanto? É um desrespeito por quem trabalha a sério e pelo país real extremamente endividado.

  5. Interessante, mas a menos que algo me tenha passado despercebido, as despesas aqui descritas e apresentadas não chegam a 60M€, ou seja, nem metade do total de gastos de 137M€. Qual o destino desses trocos?

RESPONDER

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …

Depois do coro de críticas, brasões da Praça do Império passam do jardim para a calçada

Os brasões florais que representam as capitais de distrito e as ex-colónias portuguesas vão mesmo ser retirados da Praça do Império, em Lisboa, mas passarão a estar representados em pedra da calçada. É a solução …

Vulcão, La Palma

Aeroporto de Las Palmas inoperacional devido à acumulação de cinzas

O aeroporto de La Palma, na Ilha de Tenerife, nas Canárias, está inoperacional por acumulação de cinzas, resultante da erupção do vulcão Cumbre Vieja, informou hoje a empresa gestora dos aeroportos e do tráfego aéreo …

Siza Vieira reforça que é "trabalho" dos Bancos discutir com os clientes o reembolso das moratórias

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, reforça que cabe aos Bancos "discutir com os seus clientes que têm moratórias nos sectores mais afectados" pela pandemia o reembolso das dívidas após o fim destes mecanismos …

Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica

Além de João Varandas Fernandes e José Eduardo Moniz, o administrador Domingos Soares de Oliveira também não vai integrar a lista de Rui Costa para as próximas eleições. Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato …

Depois do Bayern, Barcelona também está atento a Luis Díaz

Luis Díaz continua a somar boas exibições e clubes interessados na sua contratação. Agora fala-se do desejo do Barcelona em contratar o colombiano em janeiro. Luis Díaz atravessa um momento de forma excecional ao serviço do …

Fuse Valley, Matosinhos

Está a nascer em Matosinhos a Silicon Valley portuguesa (e até Siza Vieira está "espantado")

O "Fuse Valley" promete ser a Silicon Valley portuguesa, em Matosinhos, num empreendimento inovador da Farfetch e da Castro Group que até deixa o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, "espantado". A abertura está prevista …

Portugal aguarda "luz verde" da EMA para avançar com terceira dose aos idosos

Portugal aguarda a autorização da Agência Europeia de Medicamentos para avançar com a administração da terceira dose da vacina contra a covid-19 a maiores de 65 anos. Com base nos resultados de dois grandes estudos científicos …