Parlamento aquece, mas condena cancelamento de conferência de Nogueira Pinto

parlamento.pt

-

O parlamento aprovou esta sexta-feira votos de condenação pelo cancelamento da conferência de Jaime Nogueira Pinto na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade Nova de Lisboa após um duro debate, sobretudo entre Bloco e PSD/CDS-PP.

Todos os votos aprovados (do PS/Bloco/PAN, do CDS e uma das duas alíneas do texto do PSD) tiveram em comum posições de defesa do pluralismo, da liberdade de expressão e uma “condenação veemente” dos obstáculos colocados para que Jaime Nogueira Pinto realizasse na passada terça-feira a conferência cancelada naquela faculdade.

O debate antecedeu as votações, porém, começou a endurecer quando o vice-presidente da bancada socialista Pedro Delgado Alves defendeu a tese de que a associação de estudantes da FCSH “nunca fez qualquer ameaça física” a quem quisesse estar presente na conferência de Jaime Nogueira Pinto.

Pedro Delgado Alves responsabilizou antes as “milícias” de extrema-direita, com “ameaças físicas” a dirigentes associativos, pelo clima gerado em torno do colóquio de Jaime Nogueira Pinto – uma interpretação dos acontecimentos que mereceu imediato repúdio da parte do dirigente da bancada social-democrata Carlos Abreu Amorim.

O PS teve aqui uma intervenção extraordinária quando nos tenta fazer crer que não se passou nada antes da suspensão da conferência e que tudo foi uma ilusão de ótica. Isto é sintomático de como, na realidade, o PS está cada vez mais refém de forças da extrema-esquerda”, declarou Carlos Abreu Amorim.

A seguir, falou o dirigente do Bloco de Esquerda Jorge Costa e a confusão instalou-se no plenário.

Jorge Costa considerou legítima a atuação da associação de estudantes, falou em “razões de segurança” na origem da decisão da direção da faculdade de suspender a conferência, e condenou o “alinhamento” do PSD e do CDS-PP com os movimentos de extrema-direita, o que gerou, imediatamente, uma pateada geral entre deputados sociais-democratas e democratas-cristãos.

Pela parte do CDS-PP, Telmo Correia, que antes tivera uma intervenção condenatória tanto “do estalinismo como do saudosismo”, na sua segunda intervenção classificou como “inaceitável” a posição assumida pelo dirigente do Bloco de Esquerda.

“O CDS-PP está neste parlamento porque combateu quem pretendia instalar em Portugal um Estado totalitário. Quem liderou esse processo em defesa da liberdade foram grandes figuras da nossa democracia, algumas delas do PS”, referiu, num recado de caráter histórico dirigido à bancada socialista.

Neste contexto, o presidente do Grupo Parlamentar do PS, Carlos César, pediu a palavra para defender “a honra” e “clarificar” a posição da sua bancada, deixando a garantia de que “o PS estará sempre mais próximo de quem mais defender a liberdade e o pluralismo”.

Carlos César fez também uma interpretação sobre anos o período que se seguiu ao 25 de Abril de 1974, o PREC – Processo Revolucionário em Curso: “Em matéria de liberdades, o CDS-PP deve mais ao PS do que o PS deve ao CDS-PP”, disse.

Nas votações destes documentos, os deputados socialistas Miranda Calha, Ascenso Simões, Vitalino Canas e Helena Roseta demarcaram-se da posição oficial da bancada do PS e aprovaram o texto proposto pelo CDS-PP e uma das alíneas do documento do PSD.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Algarve escolhido como melhor destino de golfe do Mundo para 2020

A Associação Internacional de Operadores de Turismo de Golfe (IAGTO) escolheu o Algarve como "melhor destino de golfe do mundo para 2020", distinção que o presidente do Turismo do Algarve atribuiu à qualidade dos 40 …

Balakov deixa cargo de selecionador da Bulgária

O treinador Krasimir Balakov deixou nesta sexta-feira o cargo de seleccionador de futebol da Bulgária, na sequência da goleada (6-0) sofrida na recepção à Inglaterra, num jogo de qualificação para o Euro 2020 marcado por …

Fez-se História no Espaço com o primeiro passeio espacial feminino

As astronautas Jessica Meir e Christina Koch saíram esta sexta-feira da Estação Espacial Internacional (EEI) no primeiro passeio orbital sem a participação de homens, durante o qual repararão um controlo das baterias da estação. A saída …

UEFA proíbe Ajax de vender bilhetes

O Comité de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA proibiu o Ajax de vender bilhetes para o próximo encontro da Liga dos Campeões, em Londres, frente ao Chelsea, a 5 de Novembro, devido ao mau …

Aumenta para cinco número de mortos em desabamento de prédio no Brasil

O número de mortos no desabamento de um prédio residencial em Fortaleza, capital do estado do Ceará, no nordeste do Brasil, aumentou para cinco, segundo informações do corpo de bombeiros divulgadas esta sexta-feira pelas autoridades …

Cartel de Sinaloa abre fogo e obriga polícia a libertar filho de “El Chapo”

O filho de El Chapo, Ovidio Guzmán López, foi libertado depois de várias horas de violência que se seguiram à sua detenção e o ministro da Defesa argumentou com medidas de segurança para o fazer. O …

Portugal tem 796 mil “eleitores-fantasma”

Portugal tem mais 796 mil eleitores do que população residente com 18 e mais anos. O número de inscritos nos cadernos eleitorais, em território nacional, apresenta uma diferença de 9,3% face ao número de residentes …

Lenine Cunha e Ana Filipe conquistam mais duas medalhas nos INAS Global Games

Os portugueses Lenine Cunha e Ana Filipe conquistaram esta quinta-feira medalhas de prata e bronze, respetivamente, nos INAS Global Games, competição mundial para atletas com deficiência intelectual, que decorre em Brisbane, na Austrália. Os dois pódios …

Homem detido em França por ameaça de ataque inspirado no 11 de setembro

Um indivíduo identificado como sendo um radical islâmico foi detido em França acusado de terrorismo devido a uma ameaça de sequestro e ataque inspirado no atentado às Torres Gémeas, nos Estados Unidos, em 2001, anunciaram …

Nick Cave and The Bad Seeds regressam a Portugal em 2020

Dois anos depois do concerto no NOS Primavera Sound, no Porto, Nick Cave and The Bad Seeds vão regressar a Portugal no Campo Pequeno, em Lisboa. Os dois concertos, marcados para 22 e 23 de abril, …