Parlamento aprova fim dos exames do 4º ano

wwworks / Flickr

-

O Parlamento aprovou esta sexta-feira o fim dos exames do 4º ano de escolaridade, com os votos favoráveis do PS, do PCP, do Bloco de Esquerda, do PEV e do PAN.

PSD e CDS-PP votaram contra os projetos de lei apresentados pelo Bloco de Esquerda e pelo PCP com vista à eliminação das provais finais do 1º Ciclo, realizadas pelos alunos no 4º ano de escolaridade.

Os exames neste nível de ensino foram criados por Nuno Crato, enquanto ministro da Educação do governo de coligação PSD-CDS.

As medidas agradam aos pais e aos professores, mas há visões distintas entre os principais interessados nesta matéria.

A Confederação Nacional Independente de Pais e Encarregados de Educação (CNIPE) vê como positiva a eliminação dos exames do 1º Ciclo, mas a Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP) entende que, apesar destes exames serem desadequados, não devem deixar um vazio.

Para a Federação Nacional dos Professores (FENPROF) acabar com os exames dos alunos mais jovens e com a Prova de Avaliação de Conhecimentos e Capacidades (PACC) dos docentes – outro diploma votado esta sexta-feira – é um sinal positivo, mas que deve ter continuidade na eliminação das provas finais do 6º ano e na revisão da formação inicial dos professores.

A Federação Nacional da Educação (FNE) afirma-se também contra os exames e a PACC, mas entende que as questões de avaliação dos alunos não devem ser alvo de medidas isoladas e reclama uma visão integrada também para a formação dos professores, desde a licenciatura à formação contínua durante o exercício da profissão.

O PCP sustenta no projeto de lei apresentado ao plenário que as provas finais do 4º ano “não avaliam as aprendizagens” e ainda “põem em causa uma avaliação contínua e consistente” do trabalho dos alunos e dos professores.

O Bloco de Esquerda alega mesmo que Portugal ficou isolado na Europa, como “um dos dois únicos países a considerar que uma criança de 9/10 anos deve ser avaliada com um exame final”.

Depois da discussão destes diplomas, os deputados debruçam-se agora sobre o fim da PACC, a prova que a FENPROF e os professores independentes contestaram e que acabou por ser considerada inconstitucional no mês passado.

No projeto do Bloco de Esquerda sublinha-se que nunca foi reconhecida à prova “qualquer validade científica, muito menos pedagógica, para avaliar as capacidades dos professores”.

O PCP apresenta um diploma que prevê a anulação dos efeitos da PACC e estabelece os requisitos de acesso à profissão docente, assente na Lei de Bases do Sistema Educativo ou de formação adequada.

/Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Muito bem, mas falta a alteração às famigeradas metas curriculares em vigor, que deixam alunos, pais e professores em estado de nervos! Há uma petição entregue na A.R. sobre o assunto!

  2. Depois de ter sido abolido após a queda do regime fachista e reentruduzido novamente durante o governo do Coelho e do Irrevogável, volta movamente a cair um exame que apenas servia para favorecer as classes mais endinheiradas que podem pagar explicações de 50 euros á hora para os filhos e aproveitar bem os 25% de ponderação para o acesso mais tarde á universidade. Tratava-se apenas de uma medida de classe para complicar o acesso a níveis de estudo mais altos ás classes com menos posses pois como alguém disse “A Educação Liberta” e isso assusta muito boa gente que prefere ter a “maltinha” a ver a Quinta e as novelas da noite.

    • Faço minhas as palavras de “CHE” – Quanto mais obscurantismo e ignorância existir, mais fácilmente eles dominam o rebanho…

Pela primeira vez, os norte-americanos querem mais imigração - e não menos

Pela primeira vez, os norte-americanos querem ver aumentar a imigração no seu país, escreve o Business Insider citando uma sondagem da Gallup. De acordo com os números apresentados pelo jornal norte-americano, 34% dos cidadãos dos …

Porto 5-0 Belenenses | Segunda parte demolidora no Dragão

O FC Porto respondeu de forma categórica à vitória do Benfica sobre o Boavista por 3-1 na noite de sábado. Na recepção ao Belenenses, os “azuis-e-brancos” golearam por expressivos 5-0, com quatro golos a serem apontados …

Foi exposto o primeiro núcleo exoplanetário. Pode pertencer a gigante gasoso "planeta falhado"

Astrónomos da Universidade de Warwick descobriram o núcleo sobrevivente de um gigante gasoso em órbita de uma estrela distante, oferecendo uma visão sem precedentes do interior de um planeta. O núcleo, que é do mesmo tamanho …

As águas profundas provocam terramotos e tsunamis (e já se sabe como)

Uma nova investigação vincula diretamente o ciclo da água na Terra com a produtividade magmática e a atividade sísmica. A água (H2O) e outros elementos voláteis (como o CO2 e o enxofre) que circulam nas profundezas …

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …