A pandemia chegou à Lapónia e até o Pai Natal já a sente

O turismo da Lapónia prepara-se para sofrer um duro golpe com a pandemia de covid-19. As restrições de viagens deixam a economia da “residência oficial do Pai Natal” em risco.

A Lapónia, na Finlândia, é conhecida como a terra do Pai Natal. Esta região vive fundamentalmente do turismo, com milhares de turistas a viajarem até lá entre novembro e março. No entanto, devido à pandemia de covid-19, as restrições às viagens fazem antever um ano complicado, escreve a TSF.

A cidade de Rovaniemi autointitula-se a “residência oficial do Pai Natal” e depende da época natalícia para assegurar a subsistência no resto do ano.

“Estaremos falidos depois de dezembro se não conseguirmos nenhuma reserva”, disse à AFP a operadora de turismo Sini Jin. “Atualmente temos uma ou duas reservas por semana, mas maioritariamente estamos a fazer reembolsos”.

Normalmente, a Sini Jin contrata cerca de 80 trabalhadores sazonais no inverno, mas este ano, devido à pandemia, vai apenas contratar dois ou três. Outras empresas turísticas vão fazer o mesmo, segundo a AFP.

As empresas pedem mais fundos estatais para fazer frente à crise: “Tudo aquilo porque trabalharmos vai desaparecer rapidamente se não tivermos ajuda”. O alívio das restrições de viagens na Finlândia não será suficiente se os outros países não fizerem o mesmo.

Apenas 243 dos casos de covid-19 na Finlândia são na Lapónia, onde o turismo é responsável por 10 mil postos de trabalho e gera receitas de mil milhões de euros todos os anos.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Ah pois é … Com a pandemia como vão os papás explicar aos meninos as prendas de Natal? Sim, porque não vão dizer que foi um velhinho cheio de covid que entrou pela chaminé!! Com a estória do menino Jesus era muito mais simples. O menino Jesus não anda de aerorrenas, não precisa de se máscara nem se constispa! Vá… Continuem a brincar ao Pai Natal, mas com cuidadozzz

  2. Mas qual pandemia?
    As grandes pandemias da História mataram MILHÕES de pessoas e infectaram milhões de pessoas. Ninguém se safava depois de infectado.
    O Covid está longe disso. Mais parece uma gripe com aspirações comerciais a pandemia. A maioria não foram infectados e os que foram infectados muitos nem sintomas tiveram e os que tiveram sintomas trataram-se na sua maioria em casa com ben-u-ron. Isto é Pandemia?
    Quanto ao uso da máscara é bluff pois não protege de vírus mas sim de bactérias. O fundamental como dizem os médicos é a distância social e a higiéne de mãos. Assim se entende por que razão os médicos são constantemente contaminados na sua profissão pelos mais diversos vírus apesar de andarem sempre de máscara.
    A pandemia mais grave é deixar morrer pessoas de outras doenças por causa do Covid e no fim dizerem que foi de Covid.

RESPONDER

Há uma geringonça (sem Bloco) a discutir quinzenalmente a execução orçamental

No ano passado, a abstenção do PCP de um empurrão na aprovação do Orçamento do Estado. O partido de Jerónimo de Sousa não desiste de exercer influência e de se consolidar como parceiro do Governo, …

Um jogo tem hora e meia, mas em Portugal só se jogam, em média, 49 minutos

Esta época, em média, o tempo útil de jogo na primeira divisão portuguesa é de apenas 49,26 minutos. Os árbitros são bodes expiatórios deste registo. Dizem as regras do futebol que um jogo tem 90 minutos, …

Governo não tem "qualquer intenção de nacionalizar a Groundforce"

O ministro das Infraestruturas garantiu, esta quinta-feira, que "o Governo não tem qualquer intenção de nacionalizar a Groundforce", dizendo acreditar que "o acionista privado vai compreender" que tem de dar garantias à TAP para receber …

Marcelo cria nova equipa em Belém para controlar "bazuca" europeia

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, criou uma equipa para manter uma vigilância apertada sobre a gestão do dinheiro que chega da "bazuca" europeia. Marcelo Rebelo de Sousa criou uma nova equipa para a …

Jogador mais caro da história do FC Porto vai reforçar o Portimonense

O FC Porto pagou 20 milhões de euros por Giannelli Imbula em 2015. O médio franco-congolês prepara-se agora para assinar pelo Portimonense como jogador livre. Giannelli Imbula está esta sexta-feira em Portimão para assinar contrato com …

Medina, ameaçado pela união das direitas, segura-se ao voto útil para ganhar Lisboa

Fernando Medina tem um duro desafio pela frente, depois de a direita ter dado as mãos em Lisboa, numa megacoligação encabeçada por Carlos Moedas. O socialista Fernando Medina está a ser ameaçado pela união da direita, …

Antigo manual egípcio revela novos detalhes sobre a mumificação

Uma equipa de investigadores descobriu um papiro médico com 3.500 anos que permitiu ajudar a recriar o processo de embalsamento para preparar os antigos egípcios para a vida após a morte. Este é o mais …

Lewandowski investigado por fuga ao fisco nos rendimentos publicitários

O polaco Robert Lewandowski, eleito pela FIFA melhor futebolista em 2020, não pagou impostos pelos seus rendimentos publicitários até 2016, de acordo com uma investigação revelada hoje pela revista Der Spiegel. Segundo a publicação germânica, que …

Independentes "esperançados". Após maratona negocial, PSD dá braço a torcer (mas nega recuo)

Os autarcas independentes reuniram-se os representantes dos partidos com maior presença parlamentar esta quinta-feira, numa ronda negocial devido à nova Lei Autárquica. Em causa está uma lei aprovada no verão pelo PS e PSD, que obriga …

É oficial. Portugal volta a receber a Fórmula 1 a 2 de maio

O Autódromo Internacional do Algarve (AIA), em Portimão, vai acolher, no fim-de-semana de 30 de abril a 2 de maio, a terceira corrida do Mundial de Fórmula 1, pelo segundo ano consecutivo. "Estamos de volta a …