PAN admite que é mais fácil dialogar com PS (e diz que SNS para animais não faz sentido)

Manuel Farinha / Lusa

O líder do Partido das Pessoas, dos Animais e da Natureza, André Silva

O porta-voz do Pessoas-Animais-Natureza assumiu, esta quarta-feira, ser factual que o PS demonstrou maior abertura para dialogar ao longo da legislatura, mas salientou que isso não impede que o PAN o faça com outras forças políticas.

“É factual que o Partido Socialista, relativamente ao Partido Social-Democrata e ao CDS-PP, demonstrou sempre uma maior abertura em falar, dialogar e acolher medidas do PAN”, considerou André Silva, numa entrevista à TVI.

O cabeça de lista do partido por Lisboa lembrou que o “PAN tem uma tradição de diálogo com todos os partidos” e, apesar de reconhecer que foi possível “fazer aprovações quer à esquerda, quer à direita”, a recetividade diverge em função do partido com o qual as conversas são tidas.

“Não é indiferente na medida em que, neste momento, temos um PSD que não é social-democrata e que tem tido posições mais conservadoras em determinadas matérias e bastante mais fechado”, explicou, salientando, por isso, que “tem-se revelado muito mais difícil falar e dialogar” com os sociais-democratas do que com os socialistas.

No entanto, a aproximação ao PS durante a última legislatura não significa que “o PAN não dialogue com outros partidos, seja com o CDS-PP, seja com o PCP”. André Silva vincou ainda que entre conversas com os partidos com assento parlamentar e acordos há uma grande distância: “Daí a chegar a entendimentos são coisas completamente diferentes”.

“Nunca estaremos neste Governo”

Na mesma entrevista à TVI, o candidato do PAN afirmou que o partido não fará parte de um Governo na próxima legislatura, mas que está disponível para formar um acordo parlamentar.

“Nunca estaremos neste Governo. O PAN ainda tem um caminho para fazer, é um partido em crescimento, é um partido que tem ainda de aprender e que tem de fazer o seu percurso. O papel do PAN, neste momento, não é estar no Governo. Se poderá estar num Governo daqui a uns anos? Talvez, mas neste momento não“.

André Silva tinha avisado que só haverá apoio ao Governo de António Costa com um acordo por escrito. Questionado sobre essa matéria, o deputado diz que não vê outra forma de o fazer. “É absolutamente claro e transparente sabermos todos àquilo que vamos, àquilo que estamos comprometidos e, acima de tudo, àquilo que não estamos comprometidos”, explicou.

Relativamente às perspetivas orçamentais, o candidato respondeu que não quer estar ligado a um desequilíbrio orçamental. “O PAN apresenta-se nestas eleições com um enorme sentido de responsabilidade norteado pela boa gestão das contas publicas e apontamos para um objetivo de médio prazo de um défice de 0,5%, ao contrário do PS e dos partidos de direita, que querem apresentar resultados à custa de não garantirem investimento nos serviços públicos, e ao contrário de alguns partidos de esquerda que também não se estão a precaver para uma eventual recessão”.

“SNS para cães e gatos não faz sentido”

Sobre a questão da saúde dos animais, André Silva esclareceu que as notícias de um SNS para cães e gatos são infundadas. “Há muitas mensagens do PAN que são deturpadas e esta é uma delas. O PAN propôs um serviço público médico-veterinário de apoio a famílias comprovadamente carenciadas ou associações legalmente constituídas”.

“Esta é uma medida social e que nada tem que ver com aquilo que tem sido veiculado: um Serviço Nacional de Saúde para cães e gatos. Isso não faz qualquer sentido. Trata-se de uma proposta que seria implementada após o levantamento das necessidades existentes nas grandes áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto e das capitais de distrito”.

Relativamente à saúde das pessoas, André Silva diz que essa é uma das prioridades do programa do PAN. “É preciso uma aposta enorme nos serviços públicos, que estão cada vez mais depauperados, nomeadamente no SNS”.

“Dentro do Serviço Nacional de Saúde, distanciamo-nos dos outros partidos devido à nossa aposta na prevenção. É fundamental prevenir. A sustentabilidade do SNS passará inequivocamente por conseguirmos evitar que doentes cheguem aos hospitais”.

“As doenças crónicas não transmissíveis, nomeadamente stress e maus hábitos alimentares, têm aumentado enormemente. É por isso que temos de fazer prevenção junto das pessoas e criar uma sustentabilidade cada vez maior no SNS”.

Questionado ainda sobre se o partido vai apoiar uma eventual recandidatura do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o deputado único do PAN declarou que “ainda é cedo para responder a essa questão” e assinalou “nunca” ter pensado no assunto.

“Não sabemos se vamos ter candidato próprio ou não, mas queria reiterar a minha admiração pelo Presidente da República, que tem sido bastante construtivo e não tem contribuído, como o seu antecessor, para a crispação política”, rematou, admitindo, contudo, não ter votado em Marcelo Rebelo de Sousa na eleição presidencial de 2016.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Eis o primeiro enxame de (pequenos) buracos negros num aglomerado globular

Uma equipa de cientistas, que esperava encontrar um buraco negro de massa intermédia no coração do aglomerado globular NGC 6397, encontrou, em vez disso, evidências de uma concentração de buracos negros mais pequenos. Por vezes, na ciência, …

Ruth, a "humana digital" da Nestlé ensina como fazer as bolachas perfeitas

Graças à Inteligência Artificial, nasceu Ruth, um "humano digital" da Nestlé que interage connosco e nos ajuda a fazer as melhores bolachas com pepitas de chocolate. A internet é o maior livro de receitas a que …

“Ditador egoísta e despótico”. Margaret Tatcher comparou Saddam Hussein a Hitler após ataque ao Kuwait

Documentos do início da Guerra do Golfo revelam que a antiga primeira-ministra britânica Margaret Thatcher comparou Saddam Hussein a Adolf Hitler após a invasão do Kuwait pelo ditador iraquiano. De acordo com os documentos anteriormente confidenciais …

Cientistas criam "televisão" ultravioleta para animais (que nos vai ajudar a entendê-los melhor)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, desenvolveu uma "televisão" ultravioleta para ajudar os especialistas a entender melhor a forma como os animais veem o mundo. Os monitores de televisões ou computadores têm …

Watakano, a “ilha da prostituição” que teve o seu auge nos anos 80, está agora vazia

Conhecida como “ilha da prostituição”, Watakano já foi considera um pequeno paraíso sexual. No seu auge, do final dos anos 70 a meados dos anos 80, homens faziam um curta viagem de barco até ao …

Deputado norte-americano quer banir GTA 5 e outros jogos violentos. Tudo para diminuir roubos de carros

O deputado norte-americano Marcus Evans quer proibir a venda de videojogos violentos que promovam atividades criminosas, como o GTA 5, face ao aumento dos roubos de automóveis em Chicago e um pouco por todo o …

Estudante projetou um casaco que se transforma num saco-cama para os sem-abrigo. E deu-lhes um emprego

Nos Estados Unidos, há pelo menos 567.715 pessoas que vivem nas ruas. Embora há quem vire as costas a essas estas, também há quem esteja disposto a fazer tudo para ajudar os necessitados e tirá-los …

Um livro e uma reclusa-mediterrânica. Aranhas venenosas obrigam a encerramento temporário de biblioteca nos EUA

Aranhas venenosas da espécie reclusa-mediterrânica apareceram na cave de uma biblioteca na Universidade do Michigan, nos Estados Unidos. Os funcionários de uma biblioteca da Universidade do Michigan, nos Estados Unidos, foram obrigados a encerrar temporariamente o …

Bolsonaro diz que máscaras causam "efeitos colaterais"

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse que as máscaras causam "efeitos colaterais" e citou um alegado estudo alemão, sem acrescentar mais detalhes. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, causou polémica esta quinta-feira ao dizer que as …

Pilotos aprovam acordo de emergência na TAP

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou esta sexta-feira o acordo de emergência na TAP, adiantaram vários pilotos à Lusa. O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou o acordo de emergência na …