Países menos corruptos com melhor resposta à covid-19, revela estudo

Minsa

Os países com menos corrupção estão em melhor posição para enfrentar os desafios económicos e de saúde originados pela pandemia do novo coronavírus, segundo um estudo anual divulgado na quinta-feira pela organização Transparency International.

O Índice de Perceção de Corrupção de 2020 – que mede a perceção da corrupção no setor público de acordo com especialistas e empresários -, concluiu que os países que tiveram um bom desempenho investiram mais, forneceram maior cobertura de saúde e “têm menos probabilidade de violar as normas democráticas”, noticiou no domingo o Huffpost.

“A covid-19 não [se trata] apenas uma de crise económica e de saúde. É uma crise de corrupção, que atualmente não conseguimos administrar”, disse a diretora da organização, Delia Ferreira Rubio.

O índice deste ano mostrou que os Estados Unidos (EUA) atingiram uma nova mínima em meio a um declínio constante sob a presidência de Donald Trump, com uma pontuação de 67, numa escala em que 0 é “altamente corrupto” e 100 é o oposto.

“Além de alegados conflitos de interesse e abuso de cargo no nível mais alto, em 2020, a fraca supervisão do pacote de ajuda à covid-19, de 1 bilião de dólares, levantou sérias preocupações e marcou um recuo das normas democráticas de longa data que promovem um governo responsável”, apontou o relatório da organização, sediada em Berlim.

A ligação entre a corrupção e a resposta ao coronavírus pode ser vista em todo o mundo, de acordo com o documento. O Uruguai, por exemplo, obteve 71 pontos – ocupando o 21º lugar da lista -, com um forte investimento em saúde e um sistema de vigilância epidemiológica, que tem ajudado com a covid-19, a febre amarela e a Zika.

Mohammed Saber / EPA

Em contraste, Bangladesh, que obteve 26 pontos e ocupou o 146º lugar na lista, “investe pouco em saúde, enquanto a corrupção floresce durante a covid-19, variando de suborno em clínicas de saúde a ajuda indevida”, referiu o relatório. “A corrupção também é generalizada na aquisição de suprimentos médicos”, acrescentou.

Mesmo na Nova Zelândia, que ficou em primeiro lugar como a nação menos corrupta, com uma pontuação de 88, há espaço para melhorias, observou a Transparency International. “Embora o governo comunique abertamente as medidas e políticas que implementa, é necessária mais transparência em torno das aquisições públicas para a recuperação do covid-19”, escreveu a organização.

No geral, dos 180 países analisados, dois terços pontuaram abaixo de 50, com a pontuação média nos 43.

A Dinamarca e a Nova Zelândia empataram em primeiro lugar como os países menos corruptos, seguidos pela Finlândia, pela Singapura, pela Suíça e pela Suécia (85 pontos), pela Noruega (84), pela Holanda (82) e pela Alemanha e Luxemburgo (80). A Austrália, o Canadá, Hong Kong e a Grã-Bretanha pontuaram 77, ficando no 11º lugar.

A Somália e o Sudão do Sul tiveram os piores resultados (12 pontos), ficando em 179º lugar, atrás da Síria (14), Iémen e Venezuela (15), Sudão e Guiné Equatorial (16), Líbia (17) e Coreia do Norte, Haiti e República Democrática do Congo (18).

Desde 2012, 26 países melhoraram significativamente, incluindo a Grécia, que aumentou 14 pontos para 50, Myanmar, que aumentou 13 pontos para 28, e Equador, que aumentou 7 pontos para 39.

Ao mesmo tempo, 22 países diminuíram significativamente: o Líbano caiu 5 pontos, para 25; o Malauí e a Bósnia e Herzegovina caíram 7 pontos, para 30 e 35, respetivamente.

Taísa Pagno Taísa Pagno //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. BEM…..POR OS TEMPOS QUE CORREM !…………Há Estudos e Estatísticas mais ou menos credíveis para todos os gostos…é um fartote!…. cada Un que se entenda !

RESPONDER

Áustria reitera rejeição de acordo comercial UE-Mercosul

O Governo austríaco, numa carta enviada ao primeiro-ministro, António Costa, reiterou a sua rejeição do acordo comercial UE-Mercosul e apelou a que Portugal, enquanto presidência da União Europeia (UE), “assegure” que a sua votação seja …

Em Málaga, pode comer-se o pão mais caro do mundo. É feito com ouro e prata

É na padaria espanhola Pan Piña que se confeciona aquele que é, de momento, o pão mais caro de todo o mundo. Este é vendido por uma quantia que pode chegar até aos 3.700 euros …

Novas evidências apontam eventual localização dos destroços do MH370. Jornalista sugere que foi abatido

O chefe da busca fracassada pelo voo MH370 da Malaysia Airlines está a pedir um novo inquérito com base em novas evidências que podem finalmente resolver o mistério do desaparecimento da aeronave há sete anos. De …

Cidade nos EUA testou o rendimento básico universal. "Os números foram incríveis"

Além de a percentagem de pessoas que tinham um emprego a tempo inteiro ter subido, os participantes da iniciativa também relataram sentir-se menos ansiosos. De acordo com o estudo publicado esta quarta-feira, citado pela agência …

Belenenses 0-3 Benfica | Vendaval suíço após o descanso

O Benfica venceu o dérbi com a Belenenses SAD, em jogo a contar para 22ª jornada da Liga NOS, por 3-0. Uma partida que teve uma primeira parte mal jogada e com muitas dificuldades para as …

Investigador apresenta nova geração de drones minúsculos e ágeis. São inspirados em mosquitos

Os mosquitos são insetos incrivelmente acrobáticos e resistentes durante o voo, o que os ajuda a navegar entre rajadas de vento, obstáculos e incertezas. Agora, uma equipa de investigadores construiu um sistema que se aproxima …

OMS considera que a pandemia podia ter sido evitada se alguns países não tivessem sido lentos a reagir

O diretor-geral da OMS afirmou esta segunda-feira que alguns países reagiram lentamente à declaração de emergência sanitária global em janeiro de 2020, desperdiçando-se uma "janela de oportunidade" para evitar a pandemia de covid-19. "A 30 de …

Louvre recupera armadura do século XVI roubada há quase 40 anos

O peitoral e o capacete elaboradamente decorados, que estavam desaparecidos desde 1983, datam do século XVI e voltaram finalmente ao museu do Louvre, em França. Quase quatro décadas depois, um peitoral e um capacete do século …

Queixas por cibercrime disparam. Fraude com MB Way foi o crime mais denunciado

O Ministério Público (MP) da Comarca de Lisboa registou 6676 denúncias por crimes informáticos em 2020, um aumento de 15% (mais 998) face a 2019. MB Way é um dos sistemas onde estão associadas mais …

Centro Hospitalar Lisboa Norte vai alargar uso de medicamento para fibrose quística a mais cinco doentes

O diretor clínico do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN), Luís Pinheiro, disse hoje que a instituição já usa há cerca de um mês um novo medicamento para a fibrose quística, que poderá chegar em …