“Não é prudente”. Países Baixos adiam vacinação para janeiro

Abir Sultan / EPA

Os Países Baixos decidiram iniciar a campanha de vacinação contra a covid-19 em janeiro, apesar de já toda a União Europeia ter começado, considerando que “a pressa” visa dar “um espetáculo simbólico”, mas é perigosa.

“Temos de seguir um caminho seguro, não é responsável começar mais cedo“, explicou o ministro da Saúde holandês, Hugo de Jonge, aos deputados, sublinhando que o que os seus parceiros europeus estão a fazer “não é prudente”.

De acordo com o ministro, embora algumas doses da vacina estejam a ser administradas a algumas pessoas no resto da União Europeia, “demorará semanas até que as vacinas cheguem a todos” e Haia prefere seguir “uma série de critérios cuidadosos” antes de começar a sua campanha.

A decisão de não cumprir os “dias de vacinação da UE”, agendados pela Comissão Europeia (CE) para 27, 28 e 29 de dezembro, não foi uma surpresa nos Países Baixos: antes de a Agência Europeia de Medicamentos ter dado sinal verde à vacina Pfizer/BioNtech, no dia 21, Haia já tinha decidido só começar a usar o medicamento em 2021.

De Jonge criticou a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, por fazer com que países que ainda não estão prontos para a vacinação em massa “se vejam obrigados a fazer um início simbólico”, que tem “um duvidoso valor acrescentado”.

“Vale a pena desviar-nos da nossa estratégia e do necessário cuidado por uma questão de simbolismo?”, questionou o ministro, alertando que as próprias autoridades de saúde locais lhe pediram para não dar início à vacinação antes de janeiro.

De acordo com as autoridades sanitárias holandesas, ainda há muitas questões para resolver antes de dar o pontapé inicial oficial às campanhas de vacinação como, por exemplo, o desenvolvimento de um guia de saúde pelo Instituto de Saúde Pública e de testes dos sistemas informáticos do país pelos técnicos.

Isto porque um dos grandes obstáculos é precisamente o sistema de registo nacional, já que cada injeção administrada deve ser registada num banco de dados nacional a ser estabelecido pelo instituto, mas que só deverá estar pronto esta semana.

Este sistema, explicaram as autoridades, não só ajudará a saber quem recebeu que vacina, mas também a rastrear a cobertura vacinal.

Além disso, adiantaram as autoridades, é preciso capacitar os 350 funcionários, que vão atuar nos 25 postos de vacinação do país, e cerca de 800 operadores de call centers, que atenderão e esclarecerão as dúvidas dos cidadãos sobre a vacinação.

O Parlamento holandês não compreende, no entanto, que todas estas questões técnicas e logísticas demorem quase duas semanas mais do que no resto da União Europeia.

“Quão difícil pode ser testar sistemas informáticos?”, questionou o deputado social-democrata Lodewijk Asscher.

O líder da extrema direita (PVV), Geert Wilders, acredita que a abordagem oficial “é errada” e classificou-a de “amadorismo”, enquanto os socialistas lamentaram que os Países Baixos “estejam a ficar para trás novamente”, como aconteceu, segundo referiram, com a aplicação móvel de rastreamento do coronavírus ou com a capacidade de fazer testes.

As críticas também chegaram de grupos parlamentares dos partidos do Governo. Os liberais pediram que se iniciasse um “teste piloto” de vacinação, enquanto o partido União Cristã considerou a abordagem do sistema de saúde “demasiado complicada”, lamentando que os processos administrativos atrasem a campanha de vacinação.

Apesar das críticas, o ministro da Saúde decidiu manter o calendário inicial, começando a vacinação no dia 4 de janeiro e enviando as primeiras convocações aos grupos de maior risco quatro dias depois.

“Não se trata de começar uma semana antes ou depois, trata-se de uma cobertura vacinal, que será determinada pelo cuidado que tivermos”, justificou.

Cerca de 225 mil profissionais de saúde de lares de idosos, instituições de atendimento a pessoas com deficiência e atendimento domiciliar receberão, em primeiro lugar, a vacina.

O Governo estima que a primeira ronda de vacinação termine a 1 de março.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

FC Porto 1-0 Guimarães | Dragão já vê Sporting no horizonte

O Porto venceu no fecho da 28ª jornada da Liga NOS pela margem mínima, na recepção ao Vitória SC, e conseguiu o principal objectivo, que passava por somar os três pontos e reduzir para quatro …

Italiano faltou ao trabalho durante 15 anos, mas ganhou quase 600 mil euros

Um funcionário de um hospital no sul de Itália recebeu o salário durante 15 anos, apesar de nunca ter aparecido para trabalhar. De acordo com a polícia italiana, citada pela cadeia televisiva CNN, Salvatore Scumace está …

Google ficou sem o domínio na Argentina (e Nicolás achou que ia ser o novo dono)

Na última quarta-feira, um jovem argentino achou que ia ficar rico à custa da distração da Google no seu país. Acabou por não acontecer e tudo ficou resolvido. "Que pague a dívida externa", "que compre vacinas", …

Lola, a robô humanóide, dá "passos de bebé" (e equilibra-se com as mãos)

Uma equipa de cientistas está a ensinar a robô humanóide Lola a dar "passos de bebé", equilibrando-se com as suas mãos em vários pontos de contacto. Há muito tempo que os investigadores estudam a locomoção de …

Presidente da República veta decreto sobre inseminação post mortem

O Presidente da República vetou, esta quinta-feira, o decreto do Parlamento sobre inseminação post mortem, considerando que suscita dúvidas no plano do direito sucessório e questionando a sua aplicação retroativa. Na mensagem dirigida à Assembleia da …

Primeiro-ministro francês está a receber centenas de peças de lingerie no correio

O primeiro-ministro francês tem estado a receber roupa interior feminina na sua caixa de correio. Foi a forma encontrada pelas lojas de lingerie para protestarem contra as restrições da pandemia que as obrigam a estar …

Inteligência artificial "identifica" autores dos Manuscritos do Mar Morto

Investigadores da Universidade de Groningen, nos Países Baixos, recorreram à inteligência artificial para concluir que os Manuscritos do Mar Morto foram redigidos por vários escribas, o que abre uma "nova janela" para o estudo do …

Inteligência Artificial vai ajudar a identificar fontes de poluição no Bangladesh

A produção de tijolos é uma fonte de poluição que ameaça a saúde da população e do planeta, mas regular esta indústria pode ser uma tarefa difícil para as autoridades. Para resolver o problema, uma …

Portimonense 1-5 Benfica | "Águia" arrasa em solo algarvio

O Benfica regressou aos triunfos depois de ter vencido o Portimonense por 5-1, numa partida relativa à 28.ª jornada da Liga NOS, após o desaire registado na recepção ao Gil Vicente.  Porém, não foi um duelo …

Vigaristas burlaram mulher de 90 anos em 32 milhões de dólares

Uma mulher de Hong Kong, de 90 anos, foi defraudada em 32 milhões de dólares por burlões que se fizeram passar por agentes policiais chineses, via chamada telefónica. A Agence France-Presse (AFP) escreve que um jovem …