Pais e professores arrasam solução do IAVE para exame de Matemática

Pais e professores consideram que, tendo em conta a polémica dos critérios de avaliação do exame de Matemática A, os alunos deveriam poder repetir a prova na 2.ª fase.

Face às orientações do Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), responsável pela elaboração e correção dos exames nacionais, dadas aos professores -corrigirem os exames de Matemática A de forma diferente do que estava prevista nos critérios – pais e professores já estão a pedir que todos os alunos possam repetir o exame na 2.ª fase.

Caso disso é o diretor da Escola Secundária de Camões, em Lisboa, João Jaime, que lançou ontem um apelo no Facebook da escola, “em nome da equidade”, a propósito deste exame que foi realizado por 320 dos seus alunos, avança o Público.

Também os dois presidentes das confederações de pais não têm dúvidas de que o IAVE “prejudicou os alunos que cumpriram as regras” para a realização do exame, que para muitos é decisivo no acesso ao Ensino Superior.

“É óbvio que há alunos que vão sair prejudicados e que o IAVE criou com esta decisão um sentimento de injustiça”, afirma Jorge Ascenção, presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais (Confap), citado pelo mesmo jornal.

Por sua vez, Rui Martins, presidente da Confederação Nacional Independente de Pais e Encarregados de Educação (CNIPE), “lamenta o que está a acontecer e o que foi sugerido pelo IAVE porque vai lesar muitos alunos”, frisando que “não faz sentido que as alterações sejam decididas a posteriori”.

Na sequência destas críticas, o IAVE esclareceu que “não existe nenhuma alteração aos critérios” porque “não estão definidos quaisquer procedimentos ou instruções que se apliquem à situação descrita”.

A alteração acontece porque, esclarece o instituto, alguns alunos não seguiram o que se pedia na prova e, em vez de responderem a um só item, responderam aos dois, apesar destes serem apresentados em alternativa.

Confrontado com esta justificação, o presidente da Sociedade Portuguesa de Matemática, Jorge Buescu, questiona se também vai ser assim na 2.ª fase: “Vão todos responder às duas perguntas?”, lamentando ainda a “ligeireza” com que o exame foi concebido.

“Bastava que o IAVE tivesse feito um teste intermédio com a mesma estrutura do exame [o que foi rejeitado], em meados do ano letivo passado, para que tudo isto tivesse sido evitado”, cita o Público.

A presidente da Associação de Professores de Matemática (APM), Lurdes Figueiral, considera que se as alterações forem “em benefício dos alunos” deve ser esse o critério a prevalecer, no entanto, nota que os critérios “deveriam estar definidos” com antecedência. E também defende que a “divulgação de uma prova-modelo teria sido importante para atenuar efeitos indesejáveis das várias alterações que ocorreram nesta prova”.

Na terça-feira, a Sociedade Portuguesa de Matemática arrasou a prova, considerando que o exame foi “inadequado” e colocava em causa a igualdade de acesso ao Ensino Superior.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

A montanha pariu um rato? (Ou nem tanto) Sócrates ainda arrisca 12 anos de prisão

José Sócrates livrou-se dos crimes de corrupção na Operação Marquês, mas o juiz Ivo Rosa acusou declaradamente o ex-primeiro-ministro de se ter "vendido" ao amigo Carlos Santos Silva. Só que o crime já prescreveu e, …

China multa Alibaba em 2,33 mil milhões de euros por violações antimonopólio

As autoridades chinesas multaram o gigante' de comércio online Alibaba em 18,2 mil milhões de yuan (equivalente a 2,33 mil milhões de euros) por abuso de posição dominante, noticiou este sábado a imprensa estatal na …

PSD disse "não" ao Chega no continente, mas não nos Açores. Rio teme "impacto nacional"

O PSD rejeitou acordos autárquicos com o Chega no continente e a possibilidade de coligações no arquipélago dos Açores entram em choque frontal com política autárquica da direção do partido de Rui Rio. Na quarta-feira, quando …

Dezenas de pessoas estiveram presentes no último adeus do "sempre fundamental" Jorge Coelho

Várias dezenas de pessoas compareceram este sábado de manhã na Basílica da Estrela para a missa de corpo presente do antigo dirigente e ministro socialista Jorge Coelho, "um elemento sempre fundamental nos momentos mais difíceis …

Desconfinamento já se faz sentir nos internamentos. R(t) já está acima de 1

O número de casos está a aumentar e este efeito já se começa a sentir nos internamentos. Esta foi a segunda semana consecutiva com aumento de casos, com uma média de 495 novos casos diários. De …

Plano contra o racismo. Bloco de Esquerda é o único partido a favor de quotas no ensino superior

O Governo colocou em consulta pública o Plano de Combate ao Racismo e Discriminação, que prevê que alunos socialmente desfavorecidos poderão aceder ao Ensino Superior através de contingente especial. O Bloco de Esquerda é o …

Novo Banco vendeu carteiras ao melhor preço (e só depois avaliou conflitos de interesses)

A venda das três carteiras de crédito do Novo Banco em 2019 foi feita pelo preço mais alto e em conformidade com o Acordo de Capitalização Contingente (CCA), segundo a auditoria da Deloitte às operações. “Nos …

UE investiga possível ligação entre tromboses e vacina da Johnson&Johnson nos EUA

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) anunciou esta sexta-feira ter iniciado uma investigação sobre casos de coágulos sanguíneos após toma da vacina da Johnson & Johnson/Janssen contra a covid-19, antes de o fármaco estar disponível …

Cabras

"É um terror. Nunca vi disto". Relâmpago matou 68 cabras no Alto Minho

Um relâmpago matou 68 cabras na freguesia de Gondoriz, em Arcos de Valdevez, distrito de Viana do Castelo. O pastor que perdeu os animais, Dário Silva, diz que, em "40 anos de serra", nunca viu …

Placa de pedra da Idade do Bronze poderá ser o mapa mais antigo da Europa

Uma placa de pedra da Idade do Bronze, redescoberta em 2014 em França, poderá ser o mapa tridimensional mais antigo já conhecido da Europa. De acordo com a BBC, a laje de pedra, conhecida como placa …