Pais e professores arrasam solução do IAVE para exame de Matemática

Pais e professores consideram que, tendo em conta a polémica dos critérios de avaliação do exame de Matemática A, os alunos deveriam poder repetir a prova na 2.ª fase.

Face às orientações do Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), responsável pela elaboração e correção dos exames nacionais, dadas aos professores -corrigirem os exames de Matemática A de forma diferente do que estava prevista nos critérios – pais e professores já estão a pedir que todos os alunos possam repetir o exame na 2.ª fase.

Caso disso é o diretor da Escola Secundária de Camões, em Lisboa, João Jaime, que lançou ontem um apelo no Facebook da escola, “em nome da equidade”, a propósito deste exame que foi realizado por 320 dos seus alunos, avança o Público.

Também os dois presidentes das confederações de pais não têm dúvidas de que o IAVE “prejudicou os alunos que cumpriram as regras” para a realização do exame, que para muitos é decisivo no acesso ao Ensino Superior.

“É óbvio que há alunos que vão sair prejudicados e que o IAVE criou com esta decisão um sentimento de injustiça”, afirma Jorge Ascenção, presidente da Confederação Nacional das Associações de Pais (Confap), citado pelo mesmo jornal.

Por sua vez, Rui Martins, presidente da Confederação Nacional Independente de Pais e Encarregados de Educação (CNIPE), “lamenta o que está a acontecer e o que foi sugerido pelo IAVE porque vai lesar muitos alunos”, frisando que “não faz sentido que as alterações sejam decididas a posteriori”.

Na sequência destas críticas, o IAVE esclareceu que “não existe nenhuma alteração aos critérios” porque “não estão definidos quaisquer procedimentos ou instruções que se apliquem à situação descrita”.

A alteração acontece porque, esclarece o instituto, alguns alunos não seguiram o que se pedia na prova e, em vez de responderem a um só item, responderam aos dois, apesar destes serem apresentados em alternativa.

Confrontado com esta justificação, o presidente da Sociedade Portuguesa de Matemática, Jorge Buescu, questiona se também vai ser assim na 2.ª fase: “Vão todos responder às duas perguntas?”, lamentando ainda a “ligeireza” com que o exame foi concebido.

“Bastava que o IAVE tivesse feito um teste intermédio com a mesma estrutura do exame [o que foi rejeitado], em meados do ano letivo passado, para que tudo isto tivesse sido evitado”, cita o Público.

A presidente da Associação de Professores de Matemática (APM), Lurdes Figueiral, considera que se as alterações forem “em benefício dos alunos” deve ser esse o critério a prevalecer, no entanto, nota que os critérios “deveriam estar definidos” com antecedência. E também defende que a “divulgação de uma prova-modelo teria sido importante para atenuar efeitos indesejáveis das várias alterações que ocorreram nesta prova”.

Na terça-feira, a Sociedade Portuguesa de Matemática arrasou a prova, considerando que o exame foi “inadequado” e colocava em causa a igualdade de acesso ao Ensino Superior.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Lisboa pode receber a final deste ano da Liga dos Campeões

Istambul não está agradada com a ideia de receber a final da Liga dos Campeões sem adeptos no estádio. Por isso, outras hipóteses estão a ser consideradas, nomeadamente Lisboa. A final da Liga dos Campeões está …

Há mesmo algo de reconfortante quando dizemos palavrões

Um novo estudo sugere que, nas circunstâncias certas, dizer palavrões em voz alta parece fazer as pessoas sentirem menos dor. Exatamente como e porque é que o ato de dizer asneiras consegue fazer com que as …

"Paraministro" de Costa. Gestor independente chamado para negociar plano económico de retoma

O primeiro-ministro, António Costa, convidou o diretor executivo da petrolífera Partex, António Costa Silva, para estudar o plano de recuperação económica. De acordo com o semanário Expresso, que avança a notícia na sua edição deste …

Termina o dever cívico de confinamento

O Conselho de Ministros aprovou esta sexta-feira o fim do “dever cívico de recolhimento”, que entrará em vigor na próxima segunda-feira, prevê a resolução que prolongou a situação de calamidade até 14 de junho. A situação …

"Ratos" de musgo espalham-se pelos glaciares do Ártico (e intrigam cientistas)

A presença de estranhas bolas de musgos nos ecossistemas de glaciares tem atraído a atenção da comunidade científica. Estas estranhas criatura proliferam no Ártico, mas também em regiões da Islândia e América do Sul. Especialistas de …

Há 29 países que podem visitar a Grécia a partir de 15 de junho. Portugal ficou de fora

A partir de 15 de junho, cidadãos oriundos de 29 países poderão visitar a Grécia, revelou esta sexta-feira o Governo helénico, dando conta que a lista elaborada teve em conta a situação epidemiológica de cada …

Portugal Continental não vai ter quarentena para turistas

O primeiro-ministro, António Costa, garantiu esta sexta-feira que Portugal continental não vai aplicar normas de quarentena para quem vier de fora do país. No final de um Conselho de Ministros de quase oito horas, que se …

Jovem de 19 anos morre atingido por disparos durante protesto pela morte de George Floyd

Um jovem de 19 anos morreu depois de alguém que seguia num carro ter disparado sobre uma multidão de pessoas que protestavam contra o homicídio do afro-americano George Floyd, indicou uma porta-voz da polícia de …

O campo magnético da Terra está a enfraquecer misteriosamente

Novos dados de satélite da Agência Espacial Europeia (ESA) mostram que o campo magnético da Terra está a enfraquecer entre África e a América do Sul. O enfraquecimento do campo magnético da Terra está relacionado com …

Morreram os primeiros dois capacetes azuis vítimas da covid-19

Dois militares da força de manutenção da paz das Nações Unidas no Mali morreram devido à covid-19, os primeiros entre cerca de 100.000 soldados e polícias destacados em 15 missões no mundo. "Infelizmente, ontem [quinta-feira] e …