Oscar Pistorius condenado a seis anos de prisão

Pistorius foi condenado pelo tribunal de Pretoria a uma pena de seis anos de prisão.

Caso Pistorius

O atleta paralímpico Oscar Pistorius foi esta quarta-feira condenado a seis anos de prisão, na sequência do homicídio da namorada, no ano de 2013.

O atleta, de 29 anos, tinha sido condenado a cinco anos de prisão em primeira instância, tendo sido libertado em outubro do ano passado para cumprir o resto da pena em prisão domiciliária.

Porém, em dezembro do mesmo ano, o Supremo Tribunal de Recurso da África do Sul alterou o seu veredicto, passando a sentença de homicídio involuntário para voluntário.

O Estado sul-africano pedia em tribunal que o atleta cumprisse uma pena mínima de 15 anos, a pena mínima por homicídio.

Pistorius sempre defendeu a versão de que o homicídio da ex-modelo, Reeva Steenkamp, não tinha sido premeditado, tendo matado a namorada a tiro, através da porta fechada da casa de banho, por achar que se tratava de um intruso.

Os advogados de Pistorius já anunciaram que não vão contestar a nova sentença.

Outrora um ídolo do desporto, o atleta, apelidado de “Blade Runner”, ascendeu à fama global quando competiu com atletas sem deficiência nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Computador quântico ajuda a criar um computador quântico melhor

Um computador quântico foi usado para projetar um qubit aprimorado que poderá alimentar a próxima geração de computadores quânticos mais pequenos, de alto desempenho e mais confiáveis. Da mesma forma que um bit binário é a …

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …