Sentença de Oscar Pistorius agravada de 6 para 13 anos de prisão

Chris Eason / Wikimedia

Oscar “Blade Runer” Pistorius

A sentença do atleta paralímpico foi, esta sexta-feira, aumentada de seis para 13 anos e cinco meses de cadeia, decidiu o Tribunal Supremo de Apelação da África do Sul.

Caso Pistorius

A Justiça sul-africana aumentou hoje a pena de Oscar Pistorius para 13 anos e cinco meses de prisão pelo assassinato de sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp.

O tribunal confirmou a acusação dos procuradores que, no processo de recurso, consideravam que a sentença inicial era “demasiado indulgente”.

O atleta paralímpico sul-africano, de 31 anos, tinha sido condenado a seis anos de cadeia pela morte da namorada, em 2013, tendo já cumprido um ano de prisão. Pistorius disparou quatro vezes contra Steenkamp, na casa de ambos em Pretória, através da porta fechada da casa-de-banho. Na altura, o atleta alegou que disparou com medo, ao confundir a namorada com um suposto ladrão.

Esta foi a segunda vez que o Ministério Público apelou da sentença, depois de ter feito o mesmo com a primeira condenação, em outubro de 2014, quando o sul-africano foi condenado a cinco anos de prisão por se considerado que não teve intenção de matar.

Depois do recurso, a Justiça sul-africana anulou, em dezembro de 2015, a condenação por homicídio involuntário e declarou Pistorius culpado de assassinato, concluindo que o atleta teve intenção de matar a pessoa que estava na casa-de-banho, independentemente de ser, ou não, Reeva Steenkamp.

O caso voltou ao Tribunal Superior de Pretória, em julho do ano passado, quando a juíza, Thokozile Masipa, sentenciou a pena de seis anos de prisão, considerando que existiam circunstâncias atenuantes.

Esta decisão não satisfez os procuradores, que pediam uma pena mínima de 15 anos, como contempla a lei sul-africana para crimes de homicídio voluntário. Entre os argumentos apresentados, afirmaram que Pistorius nunca deu uma razão convincente para esclarecer o motivo para ter disparado quatro vezes e que era um indivíduo treinado, não vulnerável. Também foi colocado em dúvida se o atleta sentiria realmente remorsos.

Pistorius nasceu com um problema genético, que fez com que tivesse de amputar as duas pernas quando tinha apenas onze meses, e alcançou o topo do atletismo mundial ao correr sobre duas próteses de carbono.

Tornou-se no primeiro atleta com as duas pernas amputadas a competir nos Jogos Olímpicos, em Londres (2012), e tornou-se num ícone de coragem e superação. O assassinato da namorada fê-lo cair em desgraça e terminou com a sua carreira.

EFE ZAP // EFE

PARTILHAR

RESPONDER

ROUGHIE. Planador subaquático observa silenciosamente os mares (sem perturbar a vida selvagem)

Os veículos subaquáticos autónomos tornaram-se ferramentas versáteis para explorar os mares. Porém, estas ferramentas podem ser prejudiciais para o meio ambiente ou ter problemas em movimentar-se em espaços confinados. Uma equipa de investigadores da Purdue University, …

Igreja cipriota pede que a música "demoníaca" da Eurovisão seja cancelada. Governo rejeita

El Diablo foi a canção escolhida para representar o Chipre no festival da Eurovisão, que terá lugar em Roterdão, em maio. A música cipriota da Eurovisão está a causar polémica. A Igreja Ortodoxa do Chipre pediu, …

Cientistas propõem que indústria da moda pague "royalties" pelo padrão leopardo

Cientistas de Oxford, no Reino Unido, propõem que a indústria da moda comece a pagar royalties pelo uso do padrão que imita a pele de leopardo, para tentar ajudar a reverter o declínio deste felino. "O …

André Ventura foi reeleito presidente do Chega com 97,3% (e deixou recados ao PSD)

André Ventura foi reeleito este sábado, com 97,3% dos votos nas eleições internas para a presidência do Chega. O presidente demissionário do Chega foi reeleito este sábado com 97,3% dos votos, percentagem que considerou legitimá-lo para …

Uma das maiores camas do céu. JetBlue revela a nova classe executiva do Airbus A321neo

Uma das maiores camas no céu deverá estrear dentro de alguns meses, quando a JetBlue começar a voar com os seus A321neo de Boston e Nova Iorque a Londres. No dia 26 de fevereiro, a norte-americana …

Putin diz que Internet pode destruir a sociedade se não for regida pela moral

 Internet pode destruir a sociedade a partir se não não for regida por valores e leis da moral, considerou Vladimir Putin. O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, advertiu que a Internet pode destruir a sociedade a …

China torna-se o primeiro país do mundo a ter mais de mil multimilionários

A China tornou-se o primeiro país do mundo a ultrapassar a marca dos mil multimilionários, tendo neste momento um total de 1058 pessoas que têm a sorte de poder fazer parte desse grupo restrito. De acordo …

Gil Vicente 0-2 Porto | Vida fácil para o “dragão” em Barcelos

O FC Porto venceu o Gil Vicente em Barcelos, por 2-0. Pepe e Corona saíram ao intervalo com problemas físicos. O Porto foi a Barcelos conquistar três pontos de forma tranquila, perante um Gil Vicente que …

Na Índia, o comércio ilegal de burros está a crescer. A sua carne é considerada afrodisíaca

Viagra? Não, a população do estado de Andhra Pradesh, na Índia, tem um novo método para aumentar o desejo sexual: carne de burro. Esta crença está a fazer com que o comércio ilegal de carne …

Com as fronteiras fechadas, companhia aérea australiana lança "voos mistério"

A companhia aérea australiana Qantas anunciou “voos mistério”, nos quais os passageiros não fazem ideia para onde vão, numa tentativa de atrair mais clientes. As fronteiras internacionais da Austrália estão atualmente fechadas e parece improvável que …