Oscar Pistorius vai passar para prisão domiciliária

agenciaandes_ec / Flickr

Oscar “Blade Runer” Pistorius

Oscar Pistorius, o atleta paralímpico condenado a cinco anos de prisão pelo assassínio da namorada, vai ser colocado em liberdade condicional na próxima semana, depois de cumprir um ano da pena, indicaram hoje os serviços prisionais sul-africanos.

Caso Pistorius

A comissão de liberdade condicional “aprovou a colocação do criminoso Oscar Pistorius sob supervisão correcional a partir de 20 de outubro de 2015″, indicou o departamento prisional em comunicado.

“O painel de liberdade condicional considerou todos os documentos apresentados, incluindo o relatório sobre o perfil do criminoso, as diretivas da comissão de revisão da liberdade condicional e os depoimentos da família da vítima”.

Os advogados da estrela paralímpica tinham argumentado que ele deveria ter sido libertado e colocado em prisão domiciliária em agosto, depois de ter cumprido um sexto da sua pena por ter matado Steenkamp a tiro em 2013.

Mas o atleta continuou atrás das barras, depois de uma intervenção de última hora do ministro da Justiça sul-africano, Michael Masutha, e de ter sido pedida a revisão do caso.

Depois de se ter reunido na semana passada, a comissão de liberdade condicional disse que queria consultar a família de Steenkamp sobre a sua possível libertação.

Os pais da rapariga sustentam que Pistorius matou a filha de propósito e já antes tinham contestado qualquer hipótese de liberdade condicional.

A família de Pistorius acusara as autoridades de se vergarem “à campanha política e mediática” ao negar a sua libertação condicional.

“Penso que os serviços prisionais devem ter considerado que ele foi tratado de forma injusta. Deveria ter sido libertado a 21 de agosto”, declarou Brian Webber, um dos advogados que representam Pistorius, na semana passada, citado pela AFP.

Num julgamento que fez manchetes um pouco por todo o mundo, Pistorius, agora com 28 anos, foi preso no ano passado por matar Steenkamp, modelo e licenciada em Direito.

Foi considerado culpado de homicídio involuntário, depois de ter dito que a matou através da porta trancada da casa de banho, porque a confundiu com um intruso.

Após a sua libertação, Pistorius enfrentará mais uma prova, a 3 de novembro, quando o ministério público recorrer ao Supremo Tribunal da África do Sul, pedindo uma condenação por homicídio e uma pena mais dura.

Outrora um ídolo do desporto paralímpico, Pistorius, conhecido como ‘Blade Runner’ por causa das próteses nas pernas que usava nas pistas de corridas, ascendeu à fama global quando competiu com atletas sem deficiência nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

O envelhecimento celular em humanos foi parcialmente revertido (com o uso de oxigénio)

Investigadores da Universidade de Tel Aviv, em Israel, descobriram uma forma de reverter o processo de envelhecimento celular e podem ter feito um avanço na procura pela juventude eterna. O novo estudo publicado na revista Aging …

Porto 0-0 Man City | Pragmatismo portista garante “oitavos”

O FC Porto está nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Os “azuis-e-brancos” precisavam apenas de um empate, ou que o Olympiacos não vencesse em França, em casa do Marselha, e ambos os pressupostos aconteceram – …

O céu tingiu-se de roxo na Suécia (e a culpa era de uma plantação de tomates)

O céu ficou misteriosamente tingido de roxo em Trelleborg, a cidade mais a sul da Suécia, por causa da luz vinda de uma plantação de tomate enuma cidade próxima. Há algumas semanas, os moradores de Trelleborg …

Maurícias estão a abater um morcego ameaçado de extinção por interesses económicos

O morcego das Maurícias, em perigo de extinção, é mais uma vez o centro de um polémico abate nas mãos do Governo, para alarme das organizações de conservação da vida selvagem. Sob pressão de agricultores e …

Procurador-geral dos EUA: não há provas de fraude eleitoral generalizada

O procurador-geral dos Estados Unidos da América, William Barr, reconheceu hoje que não houve fraude em dimensão suficiente para invalidar a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais norte-americanas. "Nesta altura, não vimos fraude a …

Parque de esculturas subaquático vai ser inaugurado em Miami

Miami vai servir de casa para um novo parque de esculturas subaquático como nunca viu. O ReefLine é projetado para servir como um recife artificial e vai estar disponível a receber visitantes em dezembro de …

Da "política do filho único" aos incentivos à natalidade: como a China tem mudado a sua estratégia populacional

A China está a planear incluir novas medidas para estimular a taxa de natalidade do país e lidar com o rápido envelhecimento da população. A estratégia passa pelo “plano de cinco anos” que deverá estar …

Vacinação será “grande prioridade” de presidência portuguesa da UE

O primeiro-ministro português, António Costa, referiu hoje que a vacinação contra a covid-19 deverá ser uma das “grandes prioridades” da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), após um encontro com o presidente do …

No Cambodja, os aldeões usam "espantalhos mágicos" para afastar a covid-19

Os aldeões do Cambodja têm evitado a pandemia de covid-19 sem máscaras nem distanciamento social, mas sim com "espantalhos mágicos" que espantam o vírus mortal. Os dois espantalhos de Ek Chan, um aldeão de 64 anos, …

O Arecibo desabou. É o fim de uma era à procura de vida extraterrestre

O Observatório de Arecibo, em Porto Rico, morreu. Três semanas depois de um dos principais cabos de sustentação da sua cúpula ter desabado, danificado irremediavelmente o radiotelescópio, o icónico caçador de vida extraterrestre antecipou-se à …