Os robôs vão conquistar o mundo e nós seremos suas mascotes

Steve Wozniak, o conhecido co-fundador da Apple juntamente com Steve Jobs, antecipa um futuro controlado pela inteligência artificial e acredita que robôs super-inteligentes vão conquistar o mundo – e manter os humanos como suas mascotes.

“Os robôs vão ser mais inteligentes do que os Humanos, e quando isso acontecer, vão aperceber-se de que precisam de nós”, disse Steve Wozniak a uma audiência de 2.500 pessoas durante a conferência Freescale Technology 2015, em Austin, no Texas, EUA.

Wozniak foi o companheiro de aventura do mítico Steve Jobs, em cuja garagem desenvolveu o protótipo do primeiro computador Macintosh. Wozniak é considerado o verdadeiro “génio tecnológico” por trás do Mac, que Jobs viria a transformar num dos computadores mais populares do mundo.

Segundo o Tech Republic, Wozniak conta que costumava perder o sono perante esta perspectiva, mas que acabou por perceber que “isto acabará por se revelar bom para os humanos”.

“Além disso, os robôs serão tão inteligentes, que perceberão que terão que preservar a Natureza, e manter os Humanos como parte da Natureza”, diz o pioneiro da revolução informática.

The DEMO Conference / Flickr

O futuro já não assusta Steve Wozniak

O futuro já não assusta Steve Wozniak

“Antes de mais, levará centenas de anos até que os robôs possam ter mais inteligência do que os humanos”, diz Woz, “serão necessários muitos anos até que tudo o que nos rodeia seja controlado por computadores e robôs”.

“Isso já está a acontecer, lentamente, com a Internet das Coisas”, acrescenta, “mas na realidade eu quero a Internet das Coisas“.

O futuro já não me assusta“, diz Woz.

Se a “singularidade tecnológica”, o momento em que a inteligência artificial se torna suprema e auto-consciente, já não assusta Wozniak, são muitas as personalidades ligadas às tecnologias que têm manifestado preocupações com o assunto.

O ano passado o conceituado astro-físico Stephen Hawking, considerado um dos mais importantes físicos dos últimos 100 anos,  alertava que a Inteligência Artificial pode destruir a humanidade.

E em fevereiro, Bill Gates, fundador da Microsoft e (às vezes) homem mais rico do mundo, e o visionário Ellon Musk, fundador da Tesla e Space-X, manifestaram a sua preocupação com os avanços com a inteligência artificial.

Entre um futuro apocalíptico em que a Humanidade desaparece, ou um outro alternativo em que seremos bem tratadas mascotes de robôs, Steve Wozniak aposta claramente no segundo.

E é mesmo a pensar nisso, conta Woz, que há alguns anos que apenas dá de comer o melhor bife e carne de galinha ao cão da família.

AJB, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Observem:- Si a máquina foi feita pelo homem, obviamente está com certeza deverá funcionar através de muitas tecnologias mas, que sem a mão do homem para ligar e controlar a engenhoca todo esforço da criação servirá apenas como atração em museu de ciência.

RESPONDER

"Indiana Jones do mundo da arte" recupera manuscrito do poeta persa Hafez

Uma das primeiras cópias do reverenciado Divan do autor do século XIV Hafez, iluminado com ouro, será leiloado no início de abril. O famoso poeta persa do século XIV, Hafez, escreveu uma coleção de versos místicos …

O palco onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda

O palco de madeira onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda. Agora, alguém poderá replicar o primeiro concerto da famosa banda. A 10 de abril, em comemoração dos 50 anos da separação da …

Células estaminais podem ajudar a proteger os astronautas da radiação espacial

Assim que os astronautas deixam a proteção do campo magnético da Terra, ficam automaticamente expostos a níveis elevados de radiação cósmica. A Agência Espacial Europeia (ESA) está cada vez mais focada em investigações para reduzir …

Pandemia pode trazer nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas

A pandemia de Covid-19 pode trazer uma nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas como limpeza de superfícies infetadas ou vigiar pessoas em quarentena, afirmam esta quarta-feira alguns dos principais investigadores internacionais em …

Multimilionários refugiam-se da Covid-19 a bordo de iates

Vários multimilionários têm procurado refugiar-se da pandemia de Covid-19, que nasceu em dezembro passado na China, em alto mar, a bordo de iates de luxo. Em declarações ao jornal The Telegraph, Jonathan Beckett, executivo da …

Este mamífero consegue sobreviver a quase sete mil metros de altura

Cientistas pensam ter confirmado que um pequeno rato descoberto no vulcão Llullaillaco, nos Andes, é o mamífero que consegue viver à maior altitude já conhecida (6739 metros). Segundo o IFLScience, o Phyllotis xanthopygus rupestris foi descoberto, …

O glaciar Denman recuou quase cinco quilómetros nos últimos 22 anos

O glaciar Denman, na Antártica Oriental, recuou cerca de cinco quilómetros nos últimos 22 anos. Investigadores da Universidade da Califórnia, Irvine e do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA estão preocupados coma topografia exclusiva …

Gruta em Setúbal mostra que os Neandertais também eram pescadores

Cientistas encontraram restos de alimentos numa gruta, no distrito de Setúbal, que comprovam que os Neandertais também se alimentavam de espécies marinhas. De acordo com o jornal espanhol ABC, restos encontrados por uma equipa de arqueólogos …

Associação alerta para riscos da mudança da hora em tempos de confinamento

O presidente da Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono advertiu hoje que os efeitos potencialmente adversos causados pela mudança da hora podem acentuar-se devido ao confinamento obrigatório das pessoas na sequência da pandemia …

Governo português legaliza estrangeiros ilegais. "A prioridade é a defesa da saúde"

O Governo português decidiu regularizar os estrangeiros com pedidos pendentes no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, medida em vigor desde a declaração do estado de emergência, no dia 19, e que lhes garante os mesmos …