A Inteligência Artificial pode destruir a humanidade

workinpana / Flickr

-

Salvem Sarah Connor, por favor

Stephen Hawking, um dos mais proeminentes físicos do mundo, afirmou à BBC que os esforços da humanidade para criar máquinas pensantes é uma ameaça à existência do homem.

“O desenvolvimento da inteligência artificial total poderia significar o fim da raça humana”, afirmou Stephen Hawking.

Hawking fez a advertência na resposta a uma pergunta sobre os avanços na tecnologia que ele próprio usa para comunicar, que envolve uma forma básica de inteligência artificial.

O físico britânico, que sofre de esclerose lateral amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa, usa para comunicar um novo sistema, desenvolvido pela Intel, em colaboração com especialistas da britânica Swiftkey.

A tecnologia, já usada em aplicações para teclados de smartphones, “aprende” a forma como Hawking pensa e sugere palavras que ele pode querer usar a seguir.

Hawking diz que as formas primitivas de inteligência artificial desenvolvidas até agora têm-se mostrado muito úteis, mas teme eventuais consequências de se criar máquinas que sejam equivalentes ou superiores aos humanos.

“Essas máquinas avançariam por conta própria, e estariam constantemente a reinventar-se, a um ritmo sempre crescente”, afirmou. “Os humanos, limitados pela evolução biológica lenta, não conseguiriam competir e seriam ultrapassados.”

NASA

O físico Stephen Hawking

O físico Stephen Hawking

Ao comando

Nem todos os cientistas, porém, partilham da visão negativa de Hawking sobre a inteligência artificial.

“Acredito que continuaremos ao comando da tecnologia por um período razoável de tempo, e o potencial que a tecnologia tem de resolver muitos dos nossos problemas globais será concretizado”, defendeu o especialista em inteligência artificial Rollo Carpenter, criador do Cleverbot, cujo software aprende a imitar conversas humanas com crescente eficácia.

Carpenter afirma que ainda estamos longe de ter o conhecimento de computação ou de algoritmos necessário para alcançar a inteligência artificial plena, mas acredita que isso acontecerá nas próximas décadas.

“Não podemos saber exactamente o que acontecerá se uma máquina superar a nossa inteligência, logo não sabemos se nos ajudará para sempre ou se nos destruirá”, diz Carpenter.

Apesar disso, Carpenter está optimista. “Acredito que a inteligência artificial será uma força positiva”, diz o cientista à BBC.

Mas ao mesmo tempo, Hawking não está sozinho nos seus receios.

A curto prazo, há preocupação quanto à eliminação de milhões de postos de trabalho por conta de máquinas capazes de realizar tarefas humanas.

Mas alguns líderes de empresas de alta tecnologia, como Elon Musk, fundador do PayPal, da Tesla e da Space X, acreditam que, a longo prazo, a inteligência artificial poderá tornar-se “a nossa maior ameaça existencial“.

Blake Drake / krypted.com

-

A voz do génio

Na entrevista à BBC, Hawking alerta também para os perigos da internet, citando o argumento usado por centros de inteligência britânicos de que a rede estaria a tornar-se “um centro de comando para terroristas“.

Mas o físico afirma-se um entusiasta de todas as tecnologias de comunicação e espera, com o novo sistema de comunicação, conseguir escrever com mais rapidez.

Um aspecto tecnológico que não mudou no sistema é a voz robotizada que verbaliza os pensamentos de Hawking. Mas o cientista diz que não faz questão de ter uma voz que soe natural.

“A voz robótica tornou-se a minha marca registada, e não a trocaria por uma mais natural, com sotaque britânico”, diz Hawking.

“Ouvi até dizer que crianças que precisam de vozes computorizadas querem uma igual à minha.”

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …

Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas …

Sérgio Conceição sai do FC Porto no fim da época

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, deixará o comando dos dragões no final da temporada. A derrota em casa com o Braga terá ditado a saída do técnico azul e branco. O técnico do FC …

Joacine quer mais direitos para deputados sem partido. "Está a antecipar" o futuro

A deputada Joacine Katar Moreira, do partido Livre, defendeu esta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos. A deputada única do Livre assumiu esta posição no final de uma reunião do …

França confirma 3 casos de coronavírus chinês. Já chegou à Austrália e Malásia

Depois de França ter confirmado três pessoas infetadas com o novo coronavírus oriundo da China, também a Austrália e Malásia reportaram casos. As autoridades da Malásia anunciaram este sábado terem registado os primeiros três casos de …

Amadora. Agredido motorista de autocarro que denunciou Cláudia Simões

Foi agredido o motorista de autocarro que chamou a PSP para denunciar a passageira Cláudia Simões, que alegou posteriormente ter sido agredida pelos agentes da polícia. As agressões tiveram lugar na noite desta sexta-feira, em …

"Dos 4 mil euros que ganho, 3 mil vão para os frades". O padre Vítor Melícias recusa que Tomás Correia ainda controle o Montepio

O padre Vítor Melícias, presidente da Assembleia Geral do Montepio, diz que Tomás Correia "faz falta, mas fez muito bem" em abandonar a liderança da mutualista Montepio. "Dizer que Tomás Correia continua a controlar através …

Amesterdão prepara-se para comprar dívidas dos seus jovens

A partir de fevereiro, a capital dos Países Baixos vai comprar dívidas dos seus jovens para ajudá-los a recomeçar e a construir um futuro. Numa nota publicada esta semana na página oficial do Governo local …