Os brasileiros assobiaram e Lavillenie não conteve as lágrimas

Bernd Thissen / EPA

-

O atleta francês do salto com vara recebeu a medalha de prata em lágrimas, depois de ter sido novamente assobiado no Estádio Engenhão.

Depois de ter sido vaiado na passada segunda-feira, durante a disputa pela medalha de ouro, Renaud Lavillenie, campeão em Londres 2012, ficou em lágrimas durante a cerimónia do pódio.

A entrega das medalhas aconteceu ontem e a audiência voltou a assobiar o vice-campeão olímpico do salto com vara, que se mostrou claramente desgostoso com a reação do público.

O presidente do Comité Olímpico Internacional, Thomas Bach, considerou as vaias inaceitáveis.

“Comportamento chocante do público que assobiou Renaud Lavillenie no pódio. Inaceitável nos Jogos Olímpicos“, lê-se na mensagem reproduzida na conta oficial do COI no Twitter.

Um fotógrafo da AFP captou o momento depois da entrega das medalhas em que o brasileiro Thiago Braz, que conquistou a medalha de ouro, consola o atleta francês.

Na segunda-feira, já depois do brasileiro ter surpreendentemente superado a fasquia a 6,03 metros, Lavillenie, quando se preparava para tentar 6,08, foi brindado com uma vaia por parte do público presente e maioritariamente brasileiro.

O recordista mundial da especialidade condenou a conduta dos espetadores, comparando-a ao tratamento prestado ao norte-americano Jesse Owens, nos Jogos Olímpicos Berlim 1936, em plena época nazi.

“Em 1936, o público estava contra Jesse Owens. Nunca assistimos a isto desde então, mas temos de lidar com isto”, afirmou Lavillenie depois da prova.

O francês viria a desculpar-se por estas declarações, considerando que a comparação era despropositada, justificando-as com o facto de ter sido feitas a quente.

“Realmente perturbou-me, senti a maldade do público e pratico um desporto em que nunca se vê isto”, referiu.

Depois da segunda vaia, a organização dos Jogos já admitiu que o público brasileiro ultrapassou os limites.

“Como cidadãos brasileiros e como adeptos do desporto não achamos que vaias sejam a atitude certa, mesmo quando estão frente a frente e um jovem brasileiro tem a hipótese de bater um campeão do mundo”, afirmou o porta-voz do Rio 2016, Mario Andrada.

O representante assegurou que a organização “pretende intensificar o diálogo com os adeptos brasileiros nas redes sociais, para que se comportem de forma adequada e elegante, sem perderem a paixão pelo desporto”.

/Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Os brasileiros portaram-se mal.Eu se fosse o françês,virava as costas à competição e fazia um grande manguito ao público brasileiro,pois numa olimpíada temos que ser imparciais.Estes jogos olímpicos só mostram que o Brasil nunca sairá do 3º mundo,onde foi engavetado pelos políticos que o dirigiram!A corrupção quando se generaliza,altera os comportamentos sociais e branqueia-se o que é mais negativo!Um país com tanto potencial transformado num grande buracão…..

  2. A generalidade do brasileiro, não tem educação, fala alto, desconhece palavras tipo, obrigado, ótimo para o insulto e para a agressão.

RESPONDER

Cientista sugere construir abrigos em Marte com polímeros de insetos e solo marciano

Um cientista da Universidade de Tecnologia e Design de Singapura desenvolveu uma tecnologia à base de quitina que poderia ser utilizada para produzir ferramentas e abrigos marcianos. Javier Fernandez e os seus colegas utilizaram substâncias químicas …

Mergulhadores terão encontrado o USS Grenadier, um submarino norte-americano perdido na 2.ª Guerra

O submarino norte-americano USS Grenadier, perdido durante a II Guerra Mundial, terá sido encontrado por mergulhadores no estreito de Malaca, perto da Tailândia. Os mergulhadores acreditam ter encontrado no estreito de Malaca, a 150 quilómetros a …

Justiça angolana manda encerrar todos os templos da IURD em Angola

A justiça angolana ordenou o encerramento e apreensão de todos os templos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em Angola, estando o processo de selagem a ser feito “de forma gradual”, disse à …

"Reality show" afirma que vai enviar concorrente à Estação Espacial Internacional

Space Hero, uma unidade de produção com sede nos Estados Unidos que afirma ser a "primeira empresa de media espacial", alega que garantiu um lugar numa missão da SpaceX para a Estação Espacial Internacional de …

Oceanbird: O navio movido a energia eólica que vai revolucionar a indústria da navegação

A transportadora Oceanbird deverá transportar 7 mil carros e será movido a energia eólica, e por isso deverá tornar o processo de deslocação de veículos mais sustentável. De acordo com um relatório do The Driven, um …

"Esqueceu-se disto". Parque Nacional na Tailândia envia lixo deixado pelos visitantes por correio

Se deitar lixo ao chão no Parque Nacional Khao Yai, na Tailândia, esse mesmo lixo será enviado de volta para sua casa. Os infratores também serão registados na polícia local. O Parque Nacional Khao Yai, no …

Banco britânico HSBC permitiu branqueamento de esquema de Ponzi de milhões de dólares

O banco britânico HSBC permitiu que fossem transferidos milhões de dólares para todo o mundo de forma fraudulenta, mesmo depois de ter tomado conhecimento da fraude, de acordo com documentos secretos revelados, divulgou hoje a …

Este é o primeiro aeroporto 5 estrelas do mundo devido aos seus protocolos contra covid-19

A Skytrax, órgão que examina e classifica aeroportos em todo o mundo, costuma chamar a atenção do setor pelo menos uma vez por ano, durante a sua cerimónia de prémios. Este ano, o World Airline Awards, …

Há alguma ligação entre stress, insónias e sistema imunitário? Estudo americano sugere que sim

Um estudo realizado por neuro-cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, sugere que poderá existir uma relação entre o stress, as insónias e um fraco sistema imunitário. Investigadores do laboratório Cold Spring Harbor e da …

Governador das Filipinas diz que cantores de karaoke prejudicam combate à pandemia

Um governador de uma província das Filipinas voltou a sua atenção para um grupo de pessoas que, segundo ele, estão a prejudicar a luta contra a pandemia: cantores de karaoke. Numa publicação no Facebook na madrugada …