Ordem dos Médicos quer alargar proibição de circulação aos dias entre os feriados

José Coelho / Lusa

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães

O Gabinete de Crise para a covid-19 da Ordem dos Médicos está a pedir ao Governo que pondere a possibilidade de manter a proibição de circulação entre concelho nos 12 dias das duas pontes – desde as 23h de 27 de novembro até às 5h de 9 de dezembro.

Este sábado, o Governo anunciou as novas medidas a vigorar a partir de terça-feira, dia em que se renova o estado de emergência, que se inicia às 0h do dia 24 de novembro e termina às 23h59 do dia 8 de dezembro.

O primeiro-ministro anunciou que o país será dividido em quatro zonas de risco e haverá recolher obrigatório e restrições à circulação entre concelhos. Nas vésperas de feriados, as escolas serão fechadas e haverá tolerância de ponto.

Em comunicado citado pelo semanário Expresso, a Ordem dos Médicos (OM) propõe “equacionar a junção dos dois períodos associados aos feriados de 1 e 8 de dezembro, mais concretamente entre as 23h do dia 27 de novembro até às 5 hh de 9 de dezembro, de modo a evitar a circulação entre concelhos, com as exceções previstas, nomeadamente de âmbito profissional e escolar, nos 12 dias das duas pontes dos feriados de dezembro”.

A OM expressa “preocupação pelo aparecimento de sinais crescentes de saturação e fadiga pandémica na população portuguesa e de outros países europeus” e teme uma eventual “menor adesão” às medidas de restrição.

Para a OM, é essencial “reforçar a necessidade de simplicidade, clareza, coerência e uniformidade nas medidas a implementar e no esclarecimento da população, essencial ao seu envolvimento”.

No mesmo comunicado, a OM critica o atual modelo de zonas de diferenciação conforme o nível de risco, dizendo que já deveria ter sido aplicado há vários meses.

A Ordem considera ainda necessário o “reforço de recursos humanos e técnicos” e uma “efetiva coordenação a nível nacional das camas de internamento em enfermaria e medicina intensiva.”

Em relação aos Testes Rápidos de Antigénio (TRAg), a OM diz que deveriam ser usados de forma generalizada nos doentes sintomáticos que recorram às Áreas Dedicadas para Doentes Respiratórios nos centros de saúde, deixando os testes PCR para casos negativos “com forte suspeita clínica.”

Além disso, os testes rápidos ser usados no “rastreio de populações em zonas de risco extremamente elevado (>960) e com variação semanal crescente” de casos”.

Por fim, a OM sublinha que é preciso “impedir a acumulação de mais inquéritos em atraso”. A Ordem diz que o Governo deve reforçar “as equipas no terreno” que estão a fazer inquéritos epidemiológicos “e concentrar os recursos nos novos casos”.

“Relembramos que, para esmagarmos a 2.ª onda e salvarmos a saúde e a economia nacionais, todos, coletivamente, e cada um de nós, individualmente, somos indispensáveis para com serenidade e responsabilidade enfrentarmos e vencermos esta ameaça global”, remata a nota.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Hidilyn Diaz dá primeira medalha de ouro de sempre às Filipinas

A filipina Hidilyn Diaz deu esta segunda-feira a primeira medalha de ouro de sempre ao seu país em Jogos Olímpicos, ao conquistar a categoria de -55 kg de halterofilismo em Tóquio2020. Depois de ter sido segunda …

Londres e Paris assinam acordo de segurança marítima para o Canal da Mancha

Os governos britânico e francês assinaram esta segunda-feira um tratado de cooperação em segurança marítima em caso de ameaças, como ataques a navios que operam no Canal da Mancha. O Governo do Reino Unido explicou, em …

Estudantes ingleses deverão estar vacinados contra a covid-19 para assistir a aulas nas universidades

Governo britânico estará a considerar a obrigatoriedade de apresentação de certificado de vacinação contra a covid-19 nas salas de aula, auditórios e residências das universidades, não estando previstas na medida alternativas como um teste negativo …

Mali. Morreu o homem suspeito de tentar matar Presidente interino

O governo do Mali anunciou a morte do homem acusado de tentativa de homicídio do Presidente de transição do Mali, coronel Assimi Goita, sob detenção dos serviços de segurança malianos. "Durante as investigações, o estado …

Pré-candidato à presidência da Nicarágua é detido a mando do governo. É já o sétimo

Legislação do país impede que os indivíduos que se encontrem a ser investigados ou detidos concorram a cargos públicos. Daniel Ortega está na liderança do país desde 2007, promovendo ao longo dos anos diversas estratégias …

Bruxelas propõe alívio das regras para slots das companhias aéreas até 2022

A Comissão Europeia propôs esta segunda-feira prolongar, até março de 2022, o alívio das regras da União Europeia (UE) para faixas horárias de descolagem e aterragem das companhias aéreas, devido aos efeitos ainda visíveis da …

Termos associados à pandemia foram os mais pesquisados no Google

Num ano marcado pela pandemia, os termos mais pesquisados no Google em Portugal estão relacionados com a covid-19, sendo a primeira vez em que a liderança do 'ranking' de pesquisas não está associada à meteorologia. "O …

Dois dos portugueses suspeitos de violarem jovens espanholas podem ficam em "prisão provisória"

A justiça espanhola espanhol emitiu duas ordens de "prisão provisória" para dois dos portugueses suspeitos de violarem duas jovens espanholas. Os quatro jovens dizem que as relações sexuais foram consentidas. O Ministério Público (MP) espanhol pediu …

Trofense: todos os titulares portugueses, todos os suplentes brasileiros

Curiosidade à volta da equipa da Trofa, que não foi além do primeiro jogo na Taça da Liga. "É a equipa Roberto Leal". O Trofense conseguiu o regresso às competições profissionais de futebol e, por isso, …

Polícia encerra escritório do canal de televisão Al-Jazeera na Tunísia

A polícia encerrou esta segunda-feira o escritório em Tunes do Catar Al-Jazeera, depois de expulsar todos os jornalistas das suas instalações, disse o diretor do canal televisivo, Lotfi Hajji, à agência de notícias France-Presse (AFP). "Cerca …