Ivo Rosa adia decisão sobre Operação Marquês para o fim da pandemia

Fernando Veludo / Lusa

O magistrado desmentiu ter previsto a decisão instrutória para o dia 18 de fevereiro e esclareceu que a lei publicada este mês suspendeu os prazos.

De acordo com o Correio da Manhã, o juiz Ivo Rosa esclareceu aos advogados que não existe um prazo para proferir a decisão, uma vez que, com a lei publicada a 1 de fevereiro, estão suspensos os prazos de processos não urgentes.

Assim sendo, não haverá qualquer decisão antes do final do estado de emergência e, segundo o jornal, há quem admita mesmo que isso não acontecerá antes do verão, altura em que se completa um ano após o debate instrutório.

Numa situação normal, a lei estabelece que deve ser tomada uma decisão dez dias após o debate instrutório, exceto em casos mais complexos. Ivo Rosa já tinha dito que era o caso deste processo e que esse prazo seria “humanamente impossível”.

Para o magistrado, que entretanto cessou a exclusividade para este processo, “é consensual que a demora na conclusão de um processo, ou de uma fase processual, nem sempre é um mal, podendo ser adequado à defesa dos direitos individuais e coletivos dos cidadãos, bem como à realização da Justiça“.

Chegou a ser anunciado que haveria decisão instrutória da Operação Marquês no dia 18 de fevereiro, uma informação que, na semana passada, foi desmentida pelo Tribunal Central de Instrução Criminal.

Ao deixar de ter o processo em exclusivo, Ivo Rosa volta a despachar os processos da EDP, que tem António Mexia como principal arguido, e a Máfia de Sangue, que levou à prisão de Lalanda de Castro, ex-patrão de José Sócrates, acrescenta o CM.

Segundo o mesmo jornal, a decisão do juiz ainda é passível de recurso para o Tribunal da Relação de Lisboa e, mesmo que a sua decisão seja confirmada, o processo só deverá chegar a julgamento dentro de dois ou três anos, o que poderá levar à prescrição de muitos dos crimes que estiveram a ser investigados.

O ex-primeiro-ministro, que já esteve preso preventivamente, está acusado de 31 crimes de corrupção passiva de titular de cargo político, branqueamento de capitais, falsificação de documento e fraude fiscal qualificada. Zeinal Bava, Carlos Santos Silva, Ricardo Salgado, Armando Vara são outros dos arguidos.

ZAP ZAP //

 

 

 

 

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Caro ZAP, o caso não deixou de ser um exclusivo de Ivo Rosa, este é que deixou de ter o caso como exclusivo, de “único”, continuará a ser do mesmo Juízo, juntando-se a outros, alguns referido na notícia, também não “prioritários”. Nada que surpreenda, sempre foi minha convicção que o “Processo Marquês”! era uma fraude política, o objectivo não era a “Justiça” e sim cortar as pernas a Sócrates, impedi-lo, por exemplo, de se candidatar à presidência ou cargos externos e o José tinha o respeito nacional e internacional para ser uma personagem política de primeira grandeza, cá ou lá. Prenderam-no sem provas, durante anos inventaram cenários, toneladas de papel e no final não se atrevem a proferir um veredito simples: vai a julgamento ou não? Culpado ou inocente? Lógica, a “especial complexidade” do processo, tem um destino: o caixote do lixo, a prescrição. E por cá continuaremos todos bem.

  2. Suspendem-se os Prazos, mas o Prazo para prescrição NÃO!
    Ora, portanto temos um Estado com Leis a proteger os deliquentes.
    Socialismos do “cada um puxa a brasa à sua Sardinha” e eles lá tem “alguem” perto do Conselho de Ministros a transformat PT num Bando de Piratas e um Covil de Ratazanas.
    Estado de Direito? Os Fariseus também era um “Estado de Direito” onde “eles é que mandam”

RESPONDER

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …

Afinal, Leonardo da Vinci não esculpiu o busto de Flora

Está terminada a controvérsia que durou mais de cem anos após a aquisição do Busto de Flora em 1909, por Wilhelm von Bode. A datação por radiocarbono revelou, recentemente, que a obra não foi …

Crise climática "implacável" intensificou-se em 2020, diz relatório da ONU

Houve uma intensificação "implacável" da crise climática em 2020, com a queda temporária nas emissões de carbono devido ao confinamento a ter um impacto pouco significativo nas concentrações de gases de efeito de estufa, revelou …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …

Carlos César reivindica papel do PS na construção da democracia e no combate à corrupção

O presidente do PS defendeu, esta segunda-feira, que se deveu ao seu partido o aprofundamento da democracia e os avanços no combate à corrupção, embora admitindo desvios", "erros" e "omissões num ou outro momento da …