Onde tudo começou. Amesterdão destitui Londres e volta a ser o principal centro financeiro da Europa

Amesterdão destituiu Londres para se tornar o maior centro de negociação de ações da Europa, levando a negociação de volta para onde tudo começou.

No início do século XVII, o centro financeiro do mundo não era Londres, Nova Iorque nem Tóquio. Era um prédio de câmbio construído por mercadores no rio Amstel, em Amesterdão. Foi a época da Idade de Ouro holandesa, quando a sua ciência, cultura e comércio estavam entre os mais celebrados do mundo.

Embora os certificados de ações tenham sido emitidos pela primeira vez em 1288, quando a empresa sueca de mineração de cobre Stora concedeu ao bispo de Västerås a propriedade de 12,5%, não foi até o início do século XVII que a negociação de ações organizada começou a surgir.

Aconteceu pela primeira vez em Amesterdão, quando a Companhia Holandesa das Índias Orientais emitiu ações ao público pela primeira vez. Esta foi a primeira oferta pública inicial (IPO) do mundo e forneceu o capital para alimentar o crescimento desta trading company para se tornar uma das maiores multinacionais da época.

No seu auge, a Companhia Holandesa das Índias Orientais valia mais do que a Apple, Google e Facebook juntos.

Dois fatores geográficos desempenharam um papel importante para que Amesterdão se tornasse um importante centro financeiro. Uma parte significativa da famosa planície da Holanda costumava ficar submersa, o que significava que os holandeses costumavam emprestar dinheiro para financiar projetos de recuperação de terras.

A Holanda também foi fortemente urbanizada, com um grande número de pessoas disponíveis e dispostas a investir o seu dinheiro.

Os mercado de futuros, que permitem às pessoas apostar no preço futuro de certos ativos, também surgiram em Amesterdão durante o século XVII, refletindo a sofisticação crescente das atividades financeiras na cidade.

A atividade mais notável centrava-se na tulipa, que eram transportadas para países como a  Turquia. À medida que os preços de alguns bulbos de flores atingiam níveis extraordinariamente altos e depois desabavam drasticamente, a “mania das tulipas” é geralmente considerada a primeira bolha especulativa registada na História.

A ascensão de Londres

Apesar do domínio holandês inicial no comércio financeiro, o comércio de ações organizado tomou forma com o advento da Joint Stock Corporation Act no Reino Unido em 1844. Juntamente com a revolução industrial, isto estimulou o crescimento das atividades financeiras em Londres.

Os locais e os estrangeiros começaram a fazer investimentos, o que permitiu ao Reino Unido atender às imensas necessidades de capital durante a revolução industrial e foi parte integrante da produtividade sustentada e das melhorias de bem-estar que se seguiram.

Mais tarde, outras cidades europeias também desenvolveram as suas próprias atividades financeiras, impulsionadas por uma incrível expansão do comércio multinacional.

O que realmente fez de Londres um íman para a atividade financeira global foi o “Big Bang” de 1986. Até então, a bolsa de valores da cidade estava limitada a parcerias relativamente pequenas de corretores de ações, formadores de mercado e semelhantes. Porém, em 27 de outubro de 1986, reformas abrangentes aboliram várias restrições às transações financeiras e à concorrência, abrindo o comércio a uma série de novos atores, incluindo estrangeiros.

A cidade de Londres tornou-se uma potência financeira global e cresceria cada vez mais nos 35 anos seguintes.

O efeito Brexit

O acordo comercial firmado entre o Reino Unido e a União Europeia (UE) na véspera de Natal não cobria serviços financeiros. Por enquanto, os financiadores de Londres foram impedidos de certas atividades, como a negociação de ações e títulos denominados em euros, que foram transferidos principalmente para Amesterdão como resultado.

Amesterdão está a emergir como vencedor porque a cidade abriga a sede operacional da bolsa de valores Euronext. As origens da Euronext remontam à fundação da Bolsa de Valores de Amesterdão pela Companhia Holandesa das Índias Orientais, que já há algum tempo é a maior bolsa de valores da Europa.

Para continuar como uma potência global, a cidade de Londres espera que os reguladores do Reino Unido e da UE cheguem a um acordo sobre a “equivalência”, que é um sistema que a UE usa para conceder acesso ao mercado doméstico a empresas estrangeiras em certas áreas de serviços financeiros. Porém, a perspetiva de um acordo parece pequena.

Embora os efeitos duradouros do Brexit em Londres provavelmente não sejam conhecidos durante anos, o primeiro dia de negócios após a saída do Reino Unido do mercado único foi um ponto de viragem simbólico.

Dados públicos de 1 de janeiro mostraram que Londres perdeu quase 45% do volume normal. Além de ações e títulos, outros mercados afetados incluem o comércio de carbono, com mil milhões de euros em volumes diários a ser transferidos para a capital holandesa.

Quatrocentos anos após o início da primeira era da preeminência financeira holandesa, Amesterdão volta a ser lar para o comércio de ações do continente.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Tenho pena dos ingleses (não responáveis pelo Brexit). Neste momento arrepelam os cabelos, afogados em burocracia, custos extras, perda de negócios e influência.
    É o que dá se deixarem levar por espertalhices de ilusionistas.

  2. Venha o diabo e escolha entre os dois países que mais roubaram Portugal na Era dos descobrimentos e não só. Holanda nação de piratas. País da droga e da prostituição mas que depois tem a distinta lata de dizer que os países do Sul só gastam dinheiro em mulheres e bebida… O dinheiro da Europa, em “boas” mãos.

RESPONDER

Uma mão robótica que joga Super Mario Bros na Nintendo? Sim, existe

Uma equipa de investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, imprimiu em 3D peças para criar uma mão robótica capaz de jogar Super Mario Bros na Nintendo.  A mão robótica é totalmente montada com circuitos …

"Narco Drones" apanhados a entregar drogas numa prisão chilena

Reclusos e cúmplices no exterior estão a usar drones para contrabandear droga para a prisão mais antiga do Chile. As autoridades chilenas descobriram que o esquema de contrabando tinha como objetivo transportar drogas para a Ex …

Erupção do vulcão Etna causa problemas económicos na Sicília

Nos últimos meses, o vulcão Etna tem estado em constante erupção e o custo de limpeza das cinzas está a deixar muitas cidades da Sicília à beira da falência. O vulcão Etna – um dos mais …

Argentina cria documento de identidade para pessoas não binárias

O Presidente da Argentina anunciou, esta semana, que o país tem um novo documento de identidade para incluir pessoas não binárias. É o primeiro país da América Latina a fazê-lo. De acordo com o chefe de …

Costa diz que Portugal vai ter "o dobro" de fundos comunitários para investir

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que Portugal vai contar, nos próximos sete anos, com "o dobro" de fundos comunitários para investimento, considerando que esta "é uma oportunidade única" que não pode ser desperdiçada. "Vamos ter a …

Chinesa morre após salvar a filha de deslizamento de terra. Bebé esteve 24 horas nos escombros

Uma mulher morreu após salvar o seu bebé quando um deslizamento de terra e uma forte inundação atingiram a sua casa na China, revelam as equipas de resgate. Como noticia a BBC, a bebé foi resgatada …

Caso Ihor. IGAI pede expulsão do ex-diretor de fronteiras do SEF

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) já entregou ao ministro Eduardo Cabrita o relatório final do processo disciplinar contra o inspetor coordenador do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) António Sérgio Henriques, que propõe a …

Chuvas torrenciais fazem mais de uma centena de mortos na Índia

Pelo menos 136 pessoas morreram na Índia, em consequência de chuvas torrenciais que assolaram o país e causaram fortes enchentes e deslizamentos de terra, enterrando casas e submergindo ruas. Numa altura em que as alterações climáticas …

China inaugurou o comboio mais rápido do mundo

O comboio-bala maglev, que pode atingir uma velocidade de 600 quilómetros por hora, fez a sua estreia em Qingdao, na China, esta semana. Tal como conta a cadeia televisiva CNN, este comboio-bala maglev foi desenvolvido pela …

Quatro portugueses detidos em Espanha por alegada violação de duas mulheres

A polícia espanhola anunciou, este sábado, ter detido quatro cidadãos portugueses por suposta violação múltipla e abusos sexuais a duas mulheres de 22 e 23 anos, numa pensão em Gijón, no norte do país. Segundo a …