Orçamento sem favas contadas. Governo depende mais do PCP (que aproveita para apertar o cerco)

Manuel de Almeida / Lusa

Jerónimo de Sousa, António Costa

A aprovação do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, que contou com o voto contra do Bloco de Esquerda e a abstenção do PCP, deixou o Governo mais dependente da apreciação final do documento pelos comunistas.

O documento foi esta quinta-feira aprovado na Assembleia da República, na generalidade, com os votos favoráveis do PS e as abstenções do PCP, PAN, PEV e das deputadas não inscritas Joacine Katar Moreira e Cristina Rodrigues.

O PSD, BE, CDS-PP e os deputados únicos do Chega, André Ventura, e da Iniciativa Liberal, João Cotrim de Figueiredo, votaram contra o diploma do executivo.

Os sentidos de voto dos partidos parecem indicar o fim da geringonça, afastando eventuais entendimentos entre o Governo e o Bloco de Esquerda. Com a saída de cena do outro parceiro, o PCP ganha assim mais peso na aprovação final deste documento, mas já fez saber que a abstenção ou aprovação na votação final global não está garantida.

A abstenção do PCP não é um ponto de chegada. É assumida com o objetivo de abrir a discussão que falta fazer, confrontando as necessidades do povo e do país com as medidas que lhes garantem resposta, apesar da sistemática recusa do Governo em lhes corresponder (…) O voto contra impediria essa possibilidade”, disse o líder parlamentar dos comunistas, João Oliveira, esta quarta-feira, no Parlamento.

Tal como escreve o Jornal de Negócios, o PCP parece aproveitar a saída do Bloco de Esquerda da equação para apertar o cerco ao Governo, insuflando o poder com o objetivo de ver incluídas ou melhoradas medidas na proposta de OE2021.

Também o semanário Expresso faz a mesma leitura da situação: após o voto contra do Bloco de Esquerda, o PCP deixou o Governo “preso por arames”, devendo procurar tirar ganhos futuros para este OE, que passa agora para a especialidade.

“Isto não é como começa, senhor ministro, é como acaba”, disse também no Parlamento Bruno Dias, deixando claro a António Costa que nada está garantido.

PEV e PAN também deixam avisos

À semelhança do PCP, PEV e PAN também aproveitaram o debate desta quarta-feira no Parlamento para deixar claro que a abstenção na generalidade, que permitiu que o documento passasse à especialidade, pode não corresponder ao voto final.

“[A abstenção] tem um propósito claro”, “dar mais uma oportunidade ao PS” para melhorar o documento e em nada “condiciona e em nada compromete” o voto final, disse o deputado do PEV José Luís Ferreira.

Também o PAN deixou o aviso: “Na especialidade, o PAN não se demitirá de fazer o seu trabalho . A partir de amanhã começará uma nova fase e saberemos o grau de compromisso do Governo”, disse Inês Sousa-Real, a líder parlamentar do PAN.

Feitas as contas, com o Bloco fora da equação – e com um difícil caminho para voltar a integrá-la – e com três abstenções que nada garantem sobre o voto final, o Governo de António Costa fica “na mãos” do PCP, que deverá aproveitar esta situação para conseguir contemplar no Orçamento algumas das suas bandeiras.

Nada está garantido para o Governo e com a saída do Bloco de Esquerda, o PCP ganha espaço para as próximas rondas negociais. O regresso da geringonça parece cada vez mais improvável, mas todos os partidos se comprometeram a dialogar na especialidade.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Vou ver se o PCP vai pedir para cortarem no aumento no Orçamento da Presidência da República duplica de 15,8 para 32,5 Milhões de Euros, Assembleia da República aumenta 47,6% passando para mais de 140 milhões, as entidades dependentes da A.R. a despesa triplica de 101,4% para 320,3 Milhões de Euros, o Conselho Superior da Magistratura duplica de 152,8 Milhões de Euros, para 309,3 Milhões de Euros, Tribunal Constitucional cujo orçamento passa de 8,9 para 18,8 Milhões de Euros, só aqui poupava-se muito dinheiro para a Saúde mas isso os políticos fogem disso como o Diabo foge da cruz.

  2. Alguma vez os históricos do PS aceitariam estar na dependência do PCP ? Muitas voltas está a dar Mario Soares. Onde chegou este magnífico habilidoso político que, deve ao PCP o lugar de primeiro ministro.

  3. Uma vaca só voa se tiver um impulso externo permanente que contrarie o somatório das forças que a atraem para a terra. Se falhar esse impulso, a vaca estatela-se com estrondo! É claro que enquanto dura o tal impulso externo, o ignaro até se convence que de facto as vacas podem voar. Nessa situação, o vigarista aproveita para tentar convencer todos que de facto a vaca pode voar. O pior é quando falha o tal impulso!

  4. PCP E BLOCO Não aprenderam nada. Estiquem a corda e depois queixem-se.
    Já esticaram quando votaram contra o PEC IV e viu-se o resultado: TROIKA.
    O outro disse que vinha o diabo e infelizmente veio, não só para Portugal mas para o Mundo
    PCP E BLOCO Pensem bem no que andam a fazer. Pensem no País e nos Portugueses

RESPONDER

Uniforme da II Guerra Mundial encontrado num pacote "cheio de história"

Um uniforme de piloto da Força Aérea Real (RAF), usado na II Guerra Mundial, foi descoberto embrulhado num pacote feito de folhas de jornais e vai agora a leilão. De acordo com a cadeia televisiva CNN, …

Primeiro motociclo voador do mundo pode alcançar uma velocidade de quase 490 km/h

A empresa Jetpack Aviation concluiu os testes referentes ao projeto Speeder, para o desenvolvimento de uma aeronave que faz descolagens e aterragens na vertical. Segundo a companhia, o veículo, que se assemelha a um motociclo, …

Scarlett Johansson processa Disney por estreia de "Viúva Negra" no streaming

A atriz norte-americana processou a Disney, esta quinta-feira, por violação do contrato, na sequência do lançamento digital do filme "Black Widow" na plataforma de streaming, adiantando que o seu salário estava dependente das receitas de …

Incidente com módulo russo fez EEI mudar de posição

A Estação Espacial Internacional (EEI) perdeu, esta quinta-feira, o controlo de orientação e saiu da posição configurada, na sequência de um incidente com o módulo russo Nauka. A situação, que se prolongou durante 47 minutos, aconteceu …

Relatório dos CDC indica que variante Delta é tão contagiosa como a varicela

Um relatório interno dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos indica que a variante Delta é tão contagiosa como a varicela. O jornal Washington Post teve acesso a este relatório interno …

Task force concorda que número de mortos e internados vacinados seja divulgado

A sugestão apresentada pelo presidente da Assembleia da República, de se divulgar os dados da vacinação nos internamentos e óbitos por covid-19, "é muito sensata", defendeu o coordenador da task force do plano de vacinação. Em …

Lucro da CGD sobe 18% para 294 milhões de euros no primeiro semestre

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) registou 294 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, mais 18% do que no período homólogo, foi anunciado esta sexta-feira. "A Caixa Geral de Depósitos registou 294 milhões de …

Acordar uma hora mais cedo diminui (muito) o risco de depressão

Estudo envolveu mais de 800 mil pessoas. Risco de cair em depressão desce 23%. Um estudo recente indica que, se uma pessoa se levantar uma hora mais cedo do que o habitual, o risco de cair …

Adeptos no Dragão: acabou o "enorme vazio no coração do FC Porto"

O Estádio do Dragão vai voltar a ter pessoas nas bancadas em jogos do FC Porto, 17 meses depois. O regresso vai acontecer na estreia na I Liga, contra o Belenenses SAD, e o clube …

México planeia libertar milhares de reclusos idosos ou que foram torturados

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta quinta-feira que vai libertar por decreto reclusos detidos em circunstâncias especiais, como os que foram torturados, os maiores de 75 anos e os que estão …