Coligações negativas no OE custam mais de 20 milhões. Governo apela ao PSD

Nuno Fox / Lusa

O ministro das Finanças, João Leão

As 21 propostas de alteração ao Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) aprovadas com ‘coligações negativas’ têm um impacto na despesa superior a 20 milhões de euros, segundo o Ministério das Finanças.

“O Ministério das Finanças fez as contas à despesa inerente às 21 propostas de alteração que o PSD fez aprovar através de coligações negativas no primeiro dia de votações (sexta-feira)” do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), na especialidade, e, “destas propostas aprovadas pelo PSD, 14 agravam as contas públicas”, disse fonte oficial do Ministério das Finanças em declarações à agência Lusa.

De acordo com o ministério liderado por João Leão, “as 21 propostas de alteração aprovadas através de maioria negativa têm um impacto preliminar negativo superior a 20 milhões de euros.” “O Governo espera que o PSD mostre maior sentido de responsabilidade nos próximos dias de votação em consonância com a mensagem do seu líder”, afirmou a fonte oficial das Finanças.

O ministério sublinhou que “este comportamento do PSD está em forte contradição com o discurso do líder” do partido: “Rio afirmou que este orçamento já dava tudo a todos e que o tem e o que não tem, e que era um orçamento irresponsável que não cuidava do futuro”.

O líder social-democrata, sublinha a tutela, disse que “ele, pelo contrário, iria ser responsável na votação na especialidade e ter em conta os interesses do país”.

O ministério acrescentou que nos próximos dias “são votadas normas com maior peso” como a redução das portagens na SCUT, o que “obrigará o Estado a compensar as concessionárias pela perda anual de até 100 milhões de euros, num valor superior a 1.000 milhões de euros do período de vida de concessão”.

“A evidência mostra que o aumento de tráfego nestas autoestradas, e outros impactos laterais, teria efeitos residuais para compensar a perda de receita”, continuam as Finanças, adiantando que “a única alternativa seria renegociar os prazos de concessão, o que se afigura extremamente difícil, com o Estado a partir para a negociação numa situação de grande fragilidade negocial na eventualidade de aprovação desta norma sem qualquer enquadramento negocial prévio”.

Coligações negativas já aprovadas

Entre as propostas de alteração aprovadas na sexta-feira através de ‘coligações negativas’ (em que os partidos votaram favoravelmente, à exceção do PS, que votou contra) está a iniciativa do PSD que prevê que não possam ser aplicadas às entidades reguladoras cativações de receitas próprias, excluindo ainda os reguladores de autorização do Governo para celebrar contratos ou realizar despesa.

Outra das propostas do PSD aprovadas com ‘maioria negativa’ estabelece que as verbas para os deficientes das forças armadas ficam também excecionadas de cativações.

O PSD viu ainda aprovada a proposta que aumenta as verbas do Fundo de Emergência Municipal (FEM) dos três milhões previstos na proposta do Governo para 5,6 milhões de euros, bem como a iniciativa que obriga a garantir aos estudantes do ensino superior dos cursos de saúde equipamentos de proteção individual contra a covid-19.

Foi ainda aprovada com ‘maioria negativa’ a proposta que prevê a contabilização de tempo de serviço dos profissionais da pesca para cálculo da reforma, entre outras iniciativas.

As votações do OE2021 na especialidade arrancaram na sexta-feira na Comissão de Orçamento e Finanças e decorrem até quarta-feira, estando a votação final global agendada para quinta-feira.

A proposta orçamental foi aprovada na Assembleia da República, na generalidade, em 28 de outubro, com os votos favoráveis do PS e as abstenções do PCP, PAN, PEV e das deputadas Joacine Katar Moreira e Cristina Rodrigues.

Apesar da viabilização na generalidade, os partidos que para ela contribuíram através da abstenção ainda não indicaram de que forma vão votar na quinta-feira.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Olha agora pedem a mão do PSD… Está bonito… Até aqui diziam que se o governo não conseguisse aprovar o orçamento à esquerda então não haveria mais governo. Agora querem namorar com o PSD. Parece-me que se o Andrézito tivesse mais votos ainda iam dar um encosto no Chega-lhe.

  2. Sentido de responsabilidade !!! Tens memoria Curta, vocês que Nunca tiveram responsabilidade nenhuma. Quando estão no poder são uns mãos largas deixam o país sempre na bancarrota, Roubam quanto querem.
    Se queres apelar á responsabilidade baixa á despesa publica, que em vez de reduzir neste orçamento ainda aumentam que é uma loucura. Conclusão: Não sabem governar, está mais do que provado.

  3. Até agora criticavam cheios de raiva por o PSD se juntar à direita e por terem levado uma ‘cabazada’ nos Açores, agora apelam! Se eu fosse Rui Rio, mandava-vos dar uma grande curva!

RESPONDER

Cobertura global de corais caiu para metade desde 1950, revela relatório

A cobertura global de recifes de coral caiu para metade desde 1950, cenário originado pelo aquecimento global, pesca excessiva, poluição e destruição de habitats naturais, revelou uma análise divulgada esta sexta-feira. Desde a Grande Barreira de …

O sonho de Christo concretizou-se, 60 anos depois. O Arco do Triunfo foi embrulhado como um presente

Já desde o início dos anos 60 que Christo imaginava como seria cobrir o Arco do Triunfo em tecido. A sua visão foi finalmente concretizada e pode ser visitada entre 18 de Setembro e 3 …

Holanda. Ministra da Defesa renuncia devido à crise de evacuação do Afeganistão

Após a ministra das Relações Externas holandesa, Sigrid Kaag, renunciar devido ao desastre da evacuação do Afeganistão, esta sexta-feira foi a vez da ministra da Defesa, Ank Bijleveld. Segundo relatou o Guardian, acredita-se que os ministros …

Tribunal da África do Sul recusa anular pena de prisão do ex-Presidente Jacob Zuma

O mais alto tribunal da África do Sul rejeitou o pedido do ex-Presidente Jacob Zuma para anular a sua sentença de 15 meses de prisão por não comparecer a uma sessão de inquérito por corrupção. Em …

EUA. Advogado planeou o próprio assassinato para o filho receber seguro. Foi detido por fraude

Um influente advogado norte-americano, cuja esposa e um dos filhos foram assassinados, foi acusado de fraude contra uma empresa de seguros e falso testemunho por organizar o seu próprio assassinato. Segundo avançou a agência France-Presse, …

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …

Governo quer proibir empresas de recorrer ao 'outsourcing' após despedimento coletivo

O Governo quer proibir as empresas que façam despedimentos coletivos de recorrerem ao 'outsourcing' (contratação externa) durante os 12 meses seguintes, disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. No final …

Barcelona: Cruyff afasta-se e perder com o Benfica seria "um drama"

Ronald Koeman até poderá sair mas não será Jordi Cruyff a substituir o seu compatriota. O Barcelona atravessa uma fase perturbada, já há algum tempo, mas o panorama financeiro piorou o cenário fora de campo e …