OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

Miguel A. Lopes/ Lusa

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo “manifestamente exagerado dizer que há um processo de negociação”.

“Não vai haver negociações. O que vai haver é uma reunião normal de relacionamento institucional existente com o PS, com o Governo. É nisso que estaremos. Não vamos para negociar. Vamos para colocar aquilo que são preocupações e objetivos da nossa parte. O Governo dirá o mesmo, mas será manifestamente exagerado dizer que há um processo de negociação”, afirmou, à margem de uma visita ao Infarmed (Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde), em Lisboa.

Segundo o líder comunista, “o objetivo é fazer uma abordagem sobre a realidade nacional, os problemas que afetam a sociedade portuguesa”, sendo que o PCP está disponível para “encontrar soluções”, embora não haja “um pressuposto de compromisso, de negociação e de acordo prévio”.

“Está marcado um encontro no quadro de relações normais existentes entre os dois partidos. Não é público. As questões do orçamento poderão estar presentes, mas que não queria adiantar sem conhecer o objetivo das questões a colocar. Da nossa parte, diálogo sempre, diálogo com concretização”.

“Mais importante: é com os votos que os portugueses nos deram que vamos continuar a intervir para que haja um sentido de progresso nos avanços, na defesa dos direitos dos trabalhadores, e não retrocessos, novas imposições, recuos que não seriam bons para trabalhadores e povo”, descrevera o secretário-geral do PCP.

O Governo começa esta terça-feira à tarde com o PAN uma ronda de reuniões sobre o OE2020, na residência oficial do primeiro-ministro em São Bento. Seguem-se “Os Verdes” e o BE. Quarta-feira, após o debate quinzenal com o chefe do Governo no parlamento, será a vez dos comunistas, tendo o Livre ficado com encontro agendado para quinta-feira, igualmente depois da reunião plenária da Assembleia da República.

“Há quatro anos, nós, desde a primeira hora, declarámos ao PS e, posteriormente ao seu Governo, que contassem connosco em relação à contribuição para avanços, reposição de rendimentos e direitos. Não acompanharíamos qualquer medida negativa que o Governo tomasse. Mesmo em relação ao próprio Orçamento do Estado, embora o PS, pretendesse o aval na votação, nós sempre dissemos que seria resultante do produto final que decidiríamos e votaríamos“, continuou Jerónimo de Sousa.

Sobre o futuro sentido de voto do PCP em relação ao OE2020 e se os comunistas estariam mais libertos de constrangimentos para se absterem ou votarem contra, o líder do PCP não adiantou uma tendência. “Não nos sentimos nem amarrados nem descomprometidos em relação a uma coisa que nunca fizemos. Contem com esta força para resolver problemas e manter e conquistar novos avanços. Não contem com esta força se quiserem retroceder tanto no plano económico como social”, concluiu.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …