OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

Miguel A. Lopes/ Lusa

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo “manifestamente exagerado dizer que há um processo de negociação”.

“Não vai haver negociações. O que vai haver é uma reunião normal de relacionamento institucional existente com o PS, com o Governo. É nisso que estaremos. Não vamos para negociar. Vamos para colocar aquilo que são preocupações e objetivos da nossa parte. O Governo dirá o mesmo, mas será manifestamente exagerado dizer que há um processo de negociação”, afirmou, à margem de uma visita ao Infarmed (Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde), em Lisboa.

Segundo o líder comunista, “o objetivo é fazer uma abordagem sobre a realidade nacional, os problemas que afetam a sociedade portuguesa”, sendo que o PCP está disponível para “encontrar soluções”, embora não haja “um pressuposto de compromisso, de negociação e de acordo prévio”.

“Está marcado um encontro no quadro de relações normais existentes entre os dois partidos. Não é público. As questões do orçamento poderão estar presentes, mas que não queria adiantar sem conhecer o objetivo das questões a colocar. Da nossa parte, diálogo sempre, diálogo com concretização”.

“Mais importante: é com os votos que os portugueses nos deram que vamos continuar a intervir para que haja um sentido de progresso nos avanços, na defesa dos direitos dos trabalhadores, e não retrocessos, novas imposições, recuos que não seriam bons para trabalhadores e povo”, descrevera o secretário-geral do PCP.

O Governo começa esta terça-feira à tarde com o PAN uma ronda de reuniões sobre o OE2020, na residência oficial do primeiro-ministro em São Bento. Seguem-se “Os Verdes” e o BE. Quarta-feira, após o debate quinzenal com o chefe do Governo no parlamento, será a vez dos comunistas, tendo o Livre ficado com encontro agendado para quinta-feira, igualmente depois da reunião plenária da Assembleia da República.

“Há quatro anos, nós, desde a primeira hora, declarámos ao PS e, posteriormente ao seu Governo, que contassem connosco em relação à contribuição para avanços, reposição de rendimentos e direitos. Não acompanharíamos qualquer medida negativa que o Governo tomasse. Mesmo em relação ao próprio Orçamento do Estado, embora o PS, pretendesse o aval na votação, nós sempre dissemos que seria resultante do produto final que decidiríamos e votaríamos“, continuou Jerónimo de Sousa.

Sobre o futuro sentido de voto do PCP em relação ao OE2020 e se os comunistas estariam mais libertos de constrangimentos para se absterem ou votarem contra, o líder do PCP não adiantou uma tendência. “Não nos sentimos nem amarrados nem descomprometidos em relação a uma coisa que nunca fizemos. Contem com esta força para resolver problemas e manter e conquistar novos avanços. Não contem com esta força se quiserem retroceder tanto no plano económico como social”, concluiu.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …