Nóvoa colocou Marcelo em sentido (e nunca se tinha visto o professor assim)

Sampaio da Nóvoa / Facebook

Sampaio da Nóvoa e Marcelo Rebelo de Sousa no debate presidencial na SIC.

Sampaio da Nóvoa e Marcelo Rebelo de Sousa no debate presidencial na SIC.

Marcelo Rebelo de Sousa e Sampaio da Nóvoa protagonizaram um dos mais acesos debates das eleições presidenciais com o ex-reitor a obrigar o professor, de quem até é amigo, a deitar as garras de fora pela primeira vez.

Os dois ex-colegas da Universidade de Lisboa ainda há dias foram fotografados às gargalhadas e em amena cavaqueira, nos bastidores de um dos debates presidenciais, dando sinais da boa relação que os une há vários anos.

Amigos, amigos, candidaturas à parte! E durante o debate mediado por Clara de Sousa, na SIC, a jornalista teve que chamar os candidatos à “ordem”, por várias vezes.

Nóvoa obrigou Marcelo a empenhar-se naquele que terá sido o debate mais difícil do professor, eventualmente apanhado de surpresa pela postura de ataque permanente do amigo e adversário.

O ex-reitor começou desde o primeiro minuto a ofensiva contra Marcelo, acusando-o de ser “a pessoa que ainda há três meses defendeu o Governo de Passos Coelho e Paulo Portas”.

O ex-comentador da TVI atirou que Nóvoa “alinha com uma parte do país contra a outra parte do País”, notando que “o Presidente não pode ser de facção”.

“O que é sempre impressionante é ouvir 20 citações suas a dizer uma coisa e outras 20 a dizer o contrário”, ripostou Nóvoa.

Marcelo não se ficou e falou na “história de vazio, de ausência” do ex-reitor, salientando que “apareceu agora virgem, a tomar posição política”.

“Onde estava no 25 de Novembro? Os portugueses sabem onde estive no 25 de Novembro, na Constituinte, na Revisão Constitucional, na moeda única”, considerou Marcelo.

Nóvoa lamentou então o “argumentário pobre” e realçou que “os portugueses precisam de ter renovação na política”.

E quando o ex-reitor acusou Marcelo de querer extinguir o Serviço Nacional de Saúde, por causa de um decreto-lei de 1982 quando era Secretário de Estado, o ex-comentador atirou para cima da mesa os gastos da campanha, notando que não anda como o opositor “a desembarcar de uma carrinha com seis assessores”.

Afirmações “anti-democráticas”, ripostou Nóvoa, realçando a sua “preocupação de levar a mensagem às pessoas” e acusando Marcelo de participar “em campanhas para Presidente com quatro vezes mais gastos”.

Quanto ao estilo presidencial que vão assumir se forem eleitos, Marcelo promete ser uma espécie de árbitro para “coadjuvar” um “governo em situação complexa”.

Já o ex-reitor diz querer ser “um Presidente de causas” para não “deixar tudo na mesma”.

SV, ZAP

PARTILHAR

28 COMENTÁRIOS

  1. O Sampaio da Nóvoa é um VAZIO TOTAL. Não tem substância, não tem rumo direto ou indireto. Ah! mas tem muitas,muitas palavras, que nada dizem e a nada conduzem. Creio até que nem os “padrinhos” (Eanes, Soares e Sampaio) não çlhe poderão valer. Fica-se com a sensação de estarmos perante um boneco cobduzido por um ventiloquo. Patético. Se for Presdiente, não me representará. Seguramente.

    • Bem, não é preciso exagerar!
      Não é a marcar uma posição através de um exagero que o fará ter razão!
      O Nóvoa pode até parecer um pouco insosso, mas faz parte da maneira de estar dele, não quer dizer com isto que seja pior ou melhor que Marcelo!
      É certo que Marcelo tem o dom da palavra e para isso contribuiu também o palco semanal no telejornal da TVI, bem como o facto de ser um bom professor.
      Mas isto não é propriamente como escolher um clube de futebol… lá porque não vai com a cara de uma pessoa, não lhe dá o direito que dizer que é um “vazio total”.
      Um vazio total será a sua falta de argumentação para justificar o facto de não ir com a cara de uma pessoa!
      Mas o ser humano é assim e não o podemos culpar por isso… talvez tenha sido a sua educação menos certa. E nesse caso os culpados são os seus paizinhos!
      E já agora não vou votar no Nóvoa mas sim no Marcelo, só não gostei dessa atitude banal e de um vazio total.
      Embrulha que esta é de graça!

      • Não conheço o Sr. Gil Reis, mas pareceu-me expressar apenas uma mera opinião, nada ofensiva no meu entender, sobre também apenas um candidato a presidente da republica, apesar do termo pat´tico ter sido escusado, no entanto não passa de uma opinião que deve ser respeitada.
        E algo que Rui não fez, foi respeitar a opinião do Sr. Gil Reis, porque até poderia contra-argumentar, mas nunca faltar ao respeito, e comentários sobre a educação ou sobre os pais do Sr. Gil Reis, isso sim, mostra uma falta de educação muito grande e um vazio de respeito e uma falta de atitude muito grande. Ofender toda gente é capaz, contra argumentar com argumentos válidos não é para qualquer um, e pelos vistos não é mesmo para si Sr. Rui Esteves, por isso limite-se a ler os comentários se quiser mas abstenha-se de escrever, porque fartos de ler porcaria estamos todos nós, não é necessário mais o seu contributo.

        Obrigado

        • Dizer que uma pessoa é um vazio total, é apenas uma mera opinião, claro!
          Dizer que é um ignorante sem qualquer conteúdo, também é apenas uma mera opinião…
          E já agora dizer que é uma besta, um palhaço e por aí fora é também apenas uma mera opinião!
          Resumindo, uma insulto pode ser uma mera opinião, mas não deixa de ser um insulto!
          E a “mera opinião” desse senhor, foi exagerada, extremista apenas com o único objectivo de vincar uma posição!
          É uma questão de educação, e não foi a melhor como se comprova!
          Também é uma “mera opinião”
          Embrulha…

    • Tens razão, Gil. Já o Marcelo não tem VÁCUO NENHUM, fala pouco e tudo o que diz é coerente e conduz a muito. Basta conhecer a história. E se não tem “padrinhos” ´´e porque renega o seu único padrinho vivo, que se chama Cavaco Silva, e o seu padrinho defunto que se chama Marcello Caetano.

  2. Um debate entre um quase incógnito caído de pára-quedas, contra o Professor Sabichão, talvez o maior bluff da política em Portugal desde Abril de 74 (a par de Santana Lopes). Quem é que fecha a porta e apaga a luz quando sair?

  3. Marcelo foi de facto confrontado com algumas das suas declarações ditas não há muito tempo, nomeadamente quando achou, antes das eleições, que o programa da PAF (psd-cds) era o melhor para manter Portugal no rumo certo. É bom não esquecer que Marcelo é o candidato apoiado pelos partidos de direita e espero que os eleitores de esquerda não se deixem levar por uma personagem que ganhou algum “encanto” apenas e só atravez da televisão (não esqueçam do Berlusconi).

  4. O professor Marcelo é filho de um ex-governante que serviu a ditadura, pertence a uma área política onde se “escondem” muitos dos descendentes que serviram o antigo regime ditatorial, área política essa que serve a “coligação de interesses” que desgraçou a vida a muitos portugueses e portuguesas, principalmente, nos últimos quatro anos, coligação essa que defende os interesses dos exploradores/corruptos/parasitas por isso, é o candidato apoiado pelo PSD/CDS. Quer o professor Marcelo, quer o ex-reitor Sampaio da Nóvoa seguramente são pessoas que nos merecem respeito fora da política, no contexto político atual, devem ser analisados como tal e o que defendem e como o pretendem fazer, no respeito pela Constituição da República, para bem dos portugueses e de Portugal. O professor Marcelo, qdo critica os gastos dos adversários devia ser mais “honesto”, o professor Marcelo, no mínimo, há dez anos que “faz campanha”, além do partido a que pertence por isso, chega de demagogia e alé disso, para quem está atento, as contradições são gritantes: visitar a festa do Avante de “boné” e visitar o Alentejo de “samarra” é típico de um básico demagogo: o ex-reitor Sampaio da Nóvoa é uma pessoa culta, não está manchado pela promiscuidade política, é um verdadeiro candidato independente e os portugueses é que têm o direito de decidir. É indecente, o modo como determinados indivíduos atacam o ex-reitor Sampaio da Nóvoa, ou são “amamentados” pela “ex-coligação de interesses” ou são analfabetos/ignorantes infelizmente, a população portuguesa está bem preenchida nesta componente da qual aliás, se alimentam os Exploradores/corruptos/parasitas. Professor Paulo Morais incomoda? Claro que sim…

  5. O professor Marcelo é filho de um ex-governante que serviu a ditadura, pertence a uma área política onde se “escondem” muitos dos descendentes que serviram o antigo regime ditatorial, área política essa que serve a “coligação de interesses” que desgraçou a vida a muitos portugueses e portuguesas, principalmente, nos últimos quatro anos, coligação essa que defende os interesses dos exploradores/corruptos/parasitas por isso, é o candidato apoiado pelo PSD/CDS. Quer o professor Marcelo, quer o ex-reitor Sampaio da Nóvoa seguramente são pessoas que nos merecem respeito fora da política, no contexto político atual, devem ser analisados como tal e o que defendem e como o pretendem fazer, no respeito pela Constituição da República, para bem dos portugueses e de Portugal. O professor Marcelo, qdo critica os gastos dos adversários devia ser mais “honesto”, o professor Marcelo, no mínimo, há dez anos que “faz campanha”, além do partido a que pertence por isso, chega de demagogia e alé disso, para quem está atento, as contradições são gritantes: visitar a festa do Avante de “boné” e visitar o Alentejo de “samarra” é típico de um básico demagogo: o ex-reitor Sampaio da Nóvoa é uma pessoa culta, não está manchado pela promiscuidade política, é um verdadeiro candidato independente e os portugueses é que têm o direito de decidir. É indecente, o modo como determinados indivíduos atacam o ex-reitor Sampaio da Nóvoa, ou são “amamentados” pela “ex-coligação de interesses” ou são analfabetos/ignorantes infelizmente, a população portuguesa está bem preenchida nesta componente da qual aliás, se alimentam os Exploradores/corruptos/parasitas. Professor Paulo Morais incomoda? Claro que sim…

  6. marcelo entrou para o debate confiante e sorridente. Piscava o olho a Clara de sousa em tom de gozo como que a dizer “este passarinho já está no papo”. Aos poucos nóvoa foi ganhando o meio campo (como se diz em gíria futebolística), tomou conta do debate e no final marcelo só se defendia com um rosto carregado e muito preocupado. O marcelo do inicio não era o mesmo marcelo do final. Parabéns pois ao Nóvoa que sem experiencia politica encostou às cordas um dinossauro da politica portuguesa. Não é para todos.

  7. São todos muito bons rapazes e raparigas, nesta campanha para a Presidência da Republica, ninguém fala em reduzir as mordomias (gabinetes, secretárias, adjuntos, assessores, suportes burocráticos respectivos, carros, motoristas, et., dos quatro ex-Presidentes da Republica. Todos são de esquerda.Pobre Pais com gente desta, como está na lei feita por eles, paga o contribuinte.

  8. Não perco tempo com tretas de políticos!
    O A acusa o B e o B diz que é o A.
    Quase 42 anos após a instauração deste sucedâneo de democracia, continuamos com elevado índice de pobreza, excessiva emigração, poucos mas cada vez mais ricos, bancos falidos/roubados, três vezes em bancarrota e um desfilar pomposo de gestores inimputáveis desfrutando de aposentadoria milionária.
    Assim vamos andando e vivendo no país das comissões parlamentares de inquérito ou comissões independentes, todas elas para nada, mas sempre, sempre com carácter de urgência…
    Sim, de urgência, porque este país vive numa urgência permanente, onde tudo é feito à pressa e sempre a dar uns pontos aqui e ali para o doente não morrer.
    Os Portugueses merecem melhores políticos que estas zurrapas falantes e nojentas, que em tempo de eleições nos aparecem precedidos de um utilitário – com uns altifalantes em altos berros e bem amarrado no tejadilho – e a quererem dirigir-se a mim com um grande sorriso para me darem um aperto de mão e uma saca de plástico com asas – cheia de autocolantes, com uma ou duas esferográficas e um monte de papelada.
    Temo pensar que a nossa democracia se resuma a isto,… a política e os políticos indígenas são uma praga e uma poluição que nos vai empobrecendo década após década, geração após geração, a troco de uma saca plástica cheia de nada…

  9. Alguém ainda se recorda, de quando o Prof. Marcelo, no tempo de antena da TVI que o celebrizou (sem isso seria apenas mais um comum político), que para suavizar a falta de competência do governo anterior, dizia consecutivamente que o problema deste era apenas deficiente comunicação!
    Ah e tal… eles não sabem é explicar ao povo… (era uma frase repetitiva)
    Como estes políticos, são astuciosos a enganar o pobre povinho de memória curta…

  10. Vi o debate e gostei. De uma forma isenta acho que o Sampaio da Nóvoa goleou e explico porquê. Porque apontou a Marcelo os defeitos que tem feito com que nunca ganhasse eleições, querer estar de bem com Deus e com o Diabo, ou seja dizer uma coisa e o contrário. Ainda por cima a única coisa que Marcelo apontou a Nóvoa foi o facto de ser recente na política, o que digamos até cosntitui uma grande virtude, pela ausência de culpas dos desastres a que os políticos tem conduzido o País. Por outro lado, preparou-se muito melhor para o debate e apontou factos concretos ainda que de 1982 e deixou Marcelo embatucado. Embora nesta altura tudo aponte que Marcelo vá ganhar tenho a convicção que Portugal ficaria melhor servido com Nóvoa. Espero no entanto que a globalidade dos Portugueses tenha um assomo de coragem e ouse arriscar com Paulo Morais. Cumprimentos

  11. Se posso dizer votem neles povo ignorante e depois voltem aqui todos a defender mais este ou aquele.Desta vez por mim ninguém lá metia o beiço pois simplesmente nāo vou votar ou então vai para o calceteiro que pelo menos é do povo e sabe o que é trabalhar a sério

  12. Acho que o debate teve o mérito de revelar as personalidades dos dois candidatos.
    Sempre disse que me faltava ver o Prof. Marcelo a falar com contraditório. Vi e gostei.

  13. Farto de políticos com canudo que nada sabem sobre a realidade do País e apenas defendem grandes grupos económicos e sistemas financeiros a custa do trabalhador comum

  14. Acho os camaleões animais muito simpáticos, até gosto de os ver a apanhar moscas incautas.
    Um presidente tipo camaleão, não!

    `

    e preciso sabermos à partida aquilo com que podemos contar.

  15. Nunca se viu o “Professor” (O Nóvoa também é Professor e talvez mais Professor ainda) assim, porque, finalmente, alguém fez o seu dever e o confrontou com a sua vigarice. Mas, se o “Professor” ganha as eleições, é melhor irmo-nos habituando.

  16. Quando uma pessoa nada fez nada tem para apontar a não ser a inércia e fácil será a esta apontar o dedo àquele que fez alguma coisa e que muito provavelmente não será do seu agrado por natureza.

  17. Conheci o Sampaio da Nóvoa pessoalmente e nunca vi uma pessoa honesta junta dele. Diz-me com quem andas e eu digo-te quem és, lá diz o ditado. Todos os Professores que andavam sempre junto do Novoa, eram e continuam a ser uns arrogantes como a merda, mal-educados e corruptos. A linguagem do Nóvoa neste debate podia mas não se distingue do nível de arrogância e imbecilidade que conheci durante muitos anos. O Marcelo ao menos tem uma excelente reputação em todos os aspectos. Tenho mais confiança numa pessoa sem interesses pessoais na Presidência, e essa pessoa é o Marcelo. O Nóvoa que volte aos seus tachos do costume e vá papaguiar as suas teorias comunas para onde lhe apeteça, que a última coisa que Portugal precisa é um pseudo-humanitário disfarçando totalitarismos com linguagem pseudo-académica. Reparem que aos 24min o Nóvoa admite receber donativos privados, e indirectamente admite também que o Marcelo não os tem. De onde vem essa quantia privada? Aí está a diferença óbvia.

  18. Depois deste debate, tenho ainda mais certeza de que Paulo Morais é mesmo o candidato que Portugal precisa… E que precisa com muita urgência… Acho que os Portugueses não deviam desperdiçar esta oportunidade.

RESPONDER

"Burrolandia". Parque temático de burros no México está a tentar salvar estes animais

Um parque temático de burros no México serve de santuário a estes animais que estão aos poucos a desaparecer no país. "O burro ajudou o homem por muito tempo. É hora de retribuirmos o favor", …

Uma mão robótica que joga Super Mario Bros na Nintendo? Sim, existe

Uma equipa de investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, imprimiu em 3D peças para criar uma mão robótica capaz de jogar Super Mario Bros na Nintendo.  A mão robótica é totalmente montada com circuitos …

"Narco Drones" apanhados a entregar drogas numa prisão chilena

Reclusos e cúmplices no exterior estão a usar drones para contrabandear droga para a prisão mais antiga do Chile. As autoridades chilenas descobriram que o esquema de contrabando tinha como objetivo transportar drogas para a Ex …

Erupção do vulcão Etna causa problemas económicos na Sicília

Nos últimos meses, o vulcão Etna tem estado em constante erupção e o custo de limpeza das cinzas está a deixar muitas cidades da Sicília à beira da falência. O vulcão Etna – um dos mais …

Argentina cria documento de identidade para pessoas não binárias

O Presidente da Argentina anunciou, esta semana, que o país tem um novo documento de identidade para incluir pessoas não binárias. É o primeiro país da América Latina a fazê-lo. De acordo com o chefe de …

Costa diz que Portugal vai ter "o dobro" de fundos comunitários para investir

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que Portugal vai contar, nos próximos sete anos, com "o dobro" de fundos comunitários para investimento, considerando que esta "é uma oportunidade única" que não pode ser desperdiçada. "Vamos ter a …

Chinesa morre após salvar a filha de deslizamento de terra. Bebé esteve 24 horas nos escombros

Uma mulher morreu após salvar o seu bebé quando um deslizamento de terra e uma forte inundação atingiram a sua casa na China, revelam as equipas de resgate. Como noticia a BBC, a bebé foi resgatada …

Caso Ihor. IGAI pede expulsão do ex-diretor de fronteiras do SEF

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) já entregou ao ministro Eduardo Cabrita o relatório final do processo disciplinar contra o inspetor coordenador do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) António Sérgio Henriques, que propõe a …

Chuvas torrenciais fazem mais de uma centena de mortos na Índia

Pelo menos 136 pessoas morreram na Índia, em consequência de chuvas torrenciais que assolaram o país e causaram fortes enchentes e deslizamentos de terra, enterrando casas e submergindo ruas. Numa altura em que as alterações climáticas …

China inaugurou o comboio mais rápido do mundo

O comboio-bala maglev, que pode atingir uma velocidade de 600 quilómetros por hora, fez a sua estreia em Qingdao, na China, esta semana. Tal como conta a cadeia televisiva CNN, este comboio-bala maglev foi desenvolvido pela …