Nova Zelândia abre exceção e deixa James Cameron entrar no país para filmar sequela de Avatar

Universe SoundTrack / YouTube

A Nova Zelândia abriu uma exceção para o realizador cinematográfico James Cameron viajar até ao país para gravar a sequela do filme Avatar.

Desde o início da epidemia, o arquipélago do Pacífico Sul, com uma população de cinco milhões de habitantes, registou 1.154 casos e 22 mortos. Havia 11 casos ativos a 24 de junho, todos eles residentes que regressaram do exterior e estão em quarentena obrigatória.

Com a situação aparentemente sob controlo, a Nova Zelândia permitiu que Cameron e a sua equipa de 30 profissionais entrassem no país, que está há três meses fechado para estrangeiros. Segundo o diário britânico Time, a produção da sequela de Avatar vai trazer emprego a 400 neozelandeses.

“Temos um novo superpoder, que é estar livre de covid num mundo infetado pelo vírus”, disse Roger Partridge, presidente do think tank The New Zealand Initiative. “Devemos pensar como é que podemos tirar proveito disso para trazer alguma vida de volta à economia”.

A sequela de Avatar está a ser produzida em Wellington em parceria com a Weta Digital, do realizador neozelandês Peter Jackson. Cameron alugou um avião e pagou a conta da quarentena de duas semanas no hotel da cidade para regressar ao trabalho.

“É um sinal para outros filmes de que eles podem voltar a trabalhar aqui com segurança e para outras empresas que talvez não pensassem em vir para a Nova Zelândia antes”, disse o produtor Jon Landau. “As oportunidades são imensas e somos o calço na porta que, esperançosamente, abre muito para a economia”.

O filme Avatar estreou nos cinemas em 2009, gerando 2,79 mil milhões de dólares em bilheteira e conquistando dois Óscares.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Decisão do Reino Unido é "absurda", "errada" e "desapontante"

O chefe da diplomacia portuguesa considerou hoje a decisão do Reino Unido de excluir Portugal dos “corredores de viagem internacionais” como um “absurdo”, “errada” e que causa “muito desapontamento”, trazendo ainda graves consequências económicas e …

"Peixe racista". Estátua da Pequena Sereia novamente vandalizada

A icónica estátua da "Pequena Sereia" em Copenhaga, um dos monumentos mais famosos da Dinamarca, foi novamente vandalizada, ao ter sido pintada com uma frase antirracismo, divulgou hoje a polícia dinamarquesa. “A Pequena Sereia foi vandalizada …

Itália admite segunda vaga e defende restrições a viagens

Itália abriu esta terça-feira fronteiras aos viajantes de países que não integram o espaço europeu de livre circulação Schengen, mas com restrições. O ministro da Saúde de Itália afirmou, esta quinta-feira, não poder afastar uma segunda …

Menos férias e mais dias de aulas para quem não tem exames no próximo ano letivo

O próximo ano letivo vai ter menos dias de férias e mais dias de aulas para os alunos que não tenham exames. Os alunos terão aulas presenciais e aulas à distância. O ministro da Educação, Tiago …

FC Porto revela camisola para a próxima época (e as opiniões dividem-se)

O FC Porto revelou a camisola oficial do clube para a próxima temporada. Pelas redes sociais, as opiniões dividem-se, havendo quem não esteja satisfeito com a mudança. Os adeptos portistas acordaram esta sexta-feira com a imagem …

Veto da Índia ao TikTok pode custar mais de 5 mil milhões de euros à ByteDance

O executivo indiano anunciou o bloqueio de 59 aplicações móveis chinesas, assegurando que as aplicações roubam dados dos utilizadores e partilham informações com o governo chinês. O grupo chinês de tecnologia ByteDance, que desenvolveu o TikTok, …

Covid-19. “Exemplo de Portugal mostra muito claramente como a situação é frágil”

A comissária europeia da Saúde, Stella Kyriakides, considerou que a situação pandémica é ainda "frágil", dando o exemplo da evolução da covid-19 em Portugal para sustentar que é necessário continuarmos vigilantes. “Penso que o exemplo de …

Catarina Martins diz que há neste momento um acordo entre PS e PSD

A líder do BE, Catarina Martins, considerou hoje que "o Orçamento Suplementar não é uma primeira parte do Orçamento do Estado", mas avisou que o que está a acontecer neste momento no país "é um …

Quase 40% dos restaurantes tenciona avançar para insolvência

Quase 40% das empresas de restauração e bebidas e 18% do alojamento turístico tencionam avançar para insolvência. Os números são resultado de um inquérito mensal da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) esta …

Cientistas ingleses acreditam que um número significativo da população tem imunidade natural ao coronavírus

Cientistas ingleses que estão a desenvolver uma vacina para a covid-19 acreditam que um largo número de pessoas pode ter imunidade natural contra o novo coronavírus, mesmo que nunca tenha sido infetado. Ao Telegraph, citado esta …