/

Um em cada quatro norte-americanos apagou o Facebook do telemóvel

Os norte-americanos estão a abandonar o Facebook. Mais de metade dos utilizadores desta rede social alteraram o modo como se relacionam com o Facebook, alterando os procedimentos de privacidade.

Que o Facebook tem estado envolvido em vários escândalos nos últimos tempos não é novidade para ninguém, mas parece que muitos estão a mudar o seu comportamento na rede social devido à sua política de dados e privacidade.

Uma sondagem realizada nos Estados Unidos, pelo Centro de Investigação Pew, revelou que 54% dos utilizadores alteraram as suas definições de privacidade no último ano. O estudo foi realizado entre maio e junho, após as revelações de manipulações do Facebook pela Cambridge Analytica, acusada de ter usado dados de 87 milhões de utilizadores.

Segundo o Diário de Notícias, esta sondagem é o espelho de que a relação com o Facebook tem vindo a alterar-se, e que estas mudanças são mais drásticas entre os utilizadores entre os 18 e os 29 anos e menos após os 65 anos. Aliás, 44% dos primeiros apagaram a aplicação mais do que uma vez no último ano, enquanto só 12% dos segundos o fizeram.

No que diz respeito à frequência com que os utilizadores consultam a rede social, a sondagem concluiu que 42% deixou de ir ao Facebook durante várias semanas. Quanto às alterações de definições de privacidade, 64% dos utilizadores entre os 19 e os 49 anos efetuaram ajustamentos. No entanto, o mesmo só aconteceu com 33% nos utilizados com mais de 65 anos.

A verdade é que o Facebook passou a ser visto pelos americanos com outros olhos. Apesar de a rede social ter alterado os termos de privacidade após o escândalo da Cambridge Analytica, a sondagem mostra que apenas 1 em cada dez descarregou a aplicação.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE