Benjamin Netanyahu deverá ser acusado de crimes de fraude e suborno

Abir Sultan / EPA

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel

O procurador-geral de Israel indicou que tem planos para acusar o primeiro-ministro israelita de corrupção, a meros 40 dias das eleições.

Num comunicado do Ministério da Justiça, Mandelblit indica ter aceitado as recomendações da polícia para acusar Netanyahu em três diferentes casos, que aguardam uma audiência final.

O procurador refere ter a intenção de acusar Netanyahu por ter recebido subornos para promover alterações ao nível da regulação que valiam centenas de milhões de dólares para a empresa de telecomunicações Bezeq, em troca de uma cobertura favorável no portal de informação Walla, propriedade daquela empresa.

Mandelblit também acusará o chefe do governo israelita de fraude e abuso de confiança em dois outros casos.

Num deles, Netanyahu, assim como a sua mulher Sara e o filho Yaur são suspeitos de terem recebido benefícios e presentes avaliados em centenas de milhares de euros de vários milionários, como o produtor de Hollywood israelita Arnon Milchan, em troca de ajuda em várias questões.

O outro é sobre um alegado acordo secreto entre Netanyahu e Arnon Mozes, editor do jornal diário Yedioth Ahronoth. O primeiro-ministro criaria dificuldades ao jornal Israel Hayom, rival do Yedioth Ahronoth, em troca de uma cobertura mais favorável.

Embora esperada há semanas, a decisão de Mandelblit, 40 dias antes das legislativas antecipadas de 9 de abril, pode alterar a situação eleitoral e ameaça o longo “reino” de Netanyahu, 69 anos, que disputa um quinto mandato após perto de 13 anos no poder.

Netanyahu nega qualquer irregularidade e o seu partido, o Likud, já denunciou uma “perseguição política”. De acordo com a lei israelita, mesmo acusado, o primeiro-ministro não é obrigado a demitir-se.

Benjamin Netanyahu, ou “Bibi” como é também conhecido, é, de acordo com as sondagens, o mais bem colocado para formar uma coligação governamental após as legislativas antecipadas, mas analistas consideram que a pressão política devido aos processos judiciais poderá ser muito forte e obrigar qualquer nova coligação a refletir sobre se o mantém ou não como líder.

As suspeitas foram conhecidas em 2017, quando um documento policial foi divulgado pela imprensa. Netanyahu tem negado as acusações, que classificou no passado como uma “caça às bruxas” contra si e a sua família.

Netanyahu classificou o momento escolhido pelo procurador-geral para anunciar tal decisão como “ultrajante”, acusando os opositores de esquerda de estarem a conduzir uma “caça às bruxas sem precedentes”. Disse ainda que as acusações são mentiras e um “libelo (ou calúnia) de sangue”, assegurando que tenciona desmascarar todas as denúncias.

O primeiro-ministro terá oportunidade de se defender, numa audição, antes que seja emitida a acusação. Se os ser argumentos não convencerem o tribunal, esta será a primeira vez que um primeiro-ministro de Israel terá de enfrentar um julgamento por este tipo de crimes, refere a BBC.

A recomendação feita pelo procurador-geral indica que as autoridades acreditam existirem elementos suficientes para levar o caso a tribunal.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “De acordo com a lei israelita, mesmo acusado, o primeiro-ministro não é obrigado a demitir-se.”

    Isto significa que a lei Israelita deixa à descrição da honradez e da decência do Primeiro-Ministro, a opção de escolher entre comportar-se com dignidade, ou sem ela. E Nethanyahu prepara-se para se comportar sem ela, obviamente.

    “O primeiro-ministro terá oportunidade de se defender, numa audição, antes que seja emitida a acusação.”

    A “acusação” ou a condenação? É que eu não sei de que é que uma pessoa se vai defender se ainda não foi acusada de nada.

Morreu John Hume, artífice da paz na Irlanda do Norte

O político da Irlanda do Norte, Prémio Nobel da Paz e artífice da reconciliação na província britânica marcada por décadas de conflito morreu, esta segunda-feira, aos 83 anos, anunciou a família. "John Hume morreu de madrugada na …

OMS admite que pode nunca vir a existir "uma panaceia" contra a covid-19

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou, esta segunda-feira, que talvez nunca venha a existir "uma panaceia" contra a pandemia de covid-19, apesar das investigações em curso que procuram conseguir uma vacina contra a doença. "Não …

"Lei fundamental é violada por todos os lados". Oposição venezuelana recusa-se a participar nas eleições

Os 27 partidos políticos venezuelanos que se opõem ao chavismo decidiram no domingo não concorrer às eleições legislativas agendadas para dezembro por considerá-las uma "fraude". Entre os partidos, estão aqueles com representação parlamentar, que assinaram um …

Médias dos exames nacionais subiram. Só MACS teve média negativa

As médias nos exames nacionais deste ano subiram em todas as disciplinas em relação ao ano passado, com exceção de duas provas, segundo dados oficiais divulgados esta segunda-feira. De acordo com os dados do Júri Nacional …

Mortes por covid-19 no Irão são quase o triplo dos números oficiais

O número de mortes causadas pela covid-19 no Irão pode ser quase três vezes superior aos números oficiais, o que significa que as autoridades iranianas estão a tentar esconder a gravidade da pandemia no país. Segundo …

Revelado contrato oferecido pelo Real Madrid a Lewandowski. Só faltava assinar

O diário polaco Onet Sport revelou esta domingo o contrato oferecido pelo Real Madrid a Robert Lewandowski no verão de 2014. De acordo com o jornal, Lewandowski esteve muito próximo de rumar a Madrid e …

Capturado El Marro, líder de um cartel dedicado ao tráfico de gasolina no México

Este domingo, as autoridades mexicanas capturaram José Antonio Yépez Ortiz, um dos criminosos mais procurados do país. Forças militares capturaram no domingo José Antonio Yépez, apelidado de "El Marro", líder de um poderoso cartel dedicado ao …

Editoras criticam prazo apertado para distribuir manuais escolares

Uma vez que os alunos não vão ter de devolver os manuais escolares este ano, as editoras são obrigadas a responder ao aumento da procura num "curtíssimo" período de tempo. Este ano, face à pandemia, os …

Portugal sem registo de mortes nas últimas 24 horas. Há 106 novos casos

Portugal regista, esta segunda-feira, mais 106 novos casos de infeção por covid-19 em relação a domingo e nenhuma morte, mostra o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS). Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde, …

Reino Unido terá novos testes à covid-19 que permitem saber resultados em 90 minutos

Os lares e hospitais do Reino Unido vão passar a disponibilizar, a partir da próxima semana, dois novos testes que permitem distinguir o novo coronavírus e apresentar resultados em 90 minutos. Segundo noticiou esta segunda-feira a …