Navio inglês verifica possíveis sinais do avião desaparecido captados por chineses

Karen Williams / Wikimedia

O navio de patrulha HMS Echo da Marinha do Reino Unido

O navio de patrulha HMS Echo da Marinha do Reino Unido

Um navio da Grã-Bretanha, o HMS Echo, equipado com equipamento electrónico sofisticado, chegou à área onde um navio chinês, que participava na busca do avião desaparecido da Malaysia Airlines, captou sinais de pulso duas vezes.

O HMS Echo chegou na tarde deste domingo para investigar uma região onde a profundidade do mar é estimada em cerca de 4,5 quilómetros.

O navio australiano Ocean Shield está já a investigar um possível terceiro sinal em outro lugar da grande área de buscas pela aeronave, desaparecida desde o dia 8 de março com 239 pessoas a bordo.

Os dois navios estão equipados com localizadores de caixas-pretas de alta tecnologia mas nenhum confirmou que os sinais vinham da caixa-preta do voo MH370.

A equipa australiana que coordena os esforços de busca pelo avião desaparecido disse este domingo que novas análises de dados de satélite significam que os esforços agora vão concentrar-se na parte sul da zona de buscas, perto do local onde está o navio chinês.

Apesar de a equipa australiana ter afirmado que os sinais captados são pistas “importantes e animadoras”, ainda não foi confirmada a descoberta de nenhum destroço do avião.

Este domingo, milhares de pessoas, incluindo familiares dos passageiros desaparecidos, participaram numa cerimónia na capital da Malásia, Kuala Lumpur.

“Não é uma oração pelos mortos, pois não encontrámos corpos. Esta é uma oração pedindo bençãos e que o avião seja encontrado”, disse Liow Tiong Lai, presidente da Associação Malaia Chinesa, um dos partidos que participam da coligação de governo da Malásia.

‘Esperança’

O marechal-chefe-do-ar Angus Houston confirmou que o navio chinês Haixun 01 detectou dois sinais sonoros no sábado, mas afirmou que até ao momento não há provas de que estejam ligados ao voo MH370 da Malaysia Airlines.

ShipFan / Wikimedia

O marechal-chefe-do-ar australiano Angus Houston

O marechal-chefe-do-ar australiano Angus Houston

O segundo sinal, captado a dois quilómetros de distância do primeiro, teria durado cerca de 90 segundos, acrescentou o marechal australiano, que coordena as buscas.

“O facto de termos tido duas detecções – dois eventos acústicos – naquele local dá-nos alguma esperança”, disse.

Mas Houston afirma também que estes sinais foram “encontros passageiros” que não poderiam ser verificados até à chegada do HMS Echo e do Ocean Shield ao local. E lembrou também que a área de buscas é muito grande.

“Estamos a trabalhar num oceano enorme e numa área de buscas também muito grande. E desde que o avião desapareceu tivemos muito poucas pistas que nos permtam reduzir a área de buscas”, afirmou.

Cerca de doze aviões militares e 13 navios realizaram buscas este domingo, numa área de 216 mil quilómetros quadrados a noroeste da cidade australiana de Perth, de onde a missão está a ser coordenada.

30 dias de caixa-negra

Segundo a agência Xinhua, o primeiro sinal captado pelo navio chinês tinha uma frequência de 37,5kHz por segundo, o mesmo que geralmente é emitido pelas caixas-pretas.

De acordo com o jornal chinês Liberation Daily, três pessoas a bordo teriam ouvido o sinal mas não o gravaram, porque teria aparecido “vindo repentinamente”.

As equipes têm pouco tempo para procurar estes equipamentos, porque as baterias das caixas-pretas costumam durar apenas cerca de 30 dias.

O voo MH370 fazia a rota de Kuala Lumpur, na Malásia, a Pequim, na China, quando desapareceu.

Tudo indica que o avião caiu no sul do Oceano Índico.

ZAP  / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Benfica 3-0 Standard Liège | “Águia” voa de forma imperial

A noite foi de festa no Estádio da Luz para os cerca de 4875 espectadores – 7,5% por cento da lotação – que se deslocaram ao reduto dos “encarnados” esta quinta-feira. O Benfica venceu por 3-0 …

Urnas abertas no Minecraft. Servem para ensinar os jovens a votar nas eleições

A organização não partidária e sem fins lucrativos Rock the Vote e a empresa criativa Sid Lee uniram-se para criar um servidor de "casa de votação" no popular jogo Minecraft antes das eleições presidenciais de …

Zorya Luhansk 0-2 Braga | “Nota artística” em triunfo minhoto

Dois jogos, duas vitórias para o Sporting de Braga no Grupo G da Liga Europa. Uma entrada de rompante em jogo, com dois golos espectaculares nos primeiros 11 minutos, permitiram aos “arsenalistas” controlar e lidar …

Amostra de ADN desvenda homicídio cometido há quatro décadas

Uma amostra de ADN, colhida de um norte-americano da Carolina do Sul após este ser detido por apontar uma arma, permitiu às autoridades desvendar um caso antigo, identificando-o como principal suspeito do homicídio de uma …

Investigadores portugueses criam simuladores para treinar médicos à distância

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) desenvolveram, durante o confinamento, um método para os estudantes treinarem para cenários de emergência sem saírem de casa. Em declarações à Lusa, Carla Sá Couto, do …

Restam apenas dois rinocerontes brancos do norte (mas há uma esperança para salvar a espécie)

Com a morte do último macho em 2018, o rinoceronte branco do norte chegou ao ponto em que não pode ser salvo naturalmente. Com apenas duas fêmeas restantes, a subespécie é agora tida como oficialmente …

Há uma região na América do Norte sem qualquer caso de covid-19. Tem a dimensão do México

Nunavut, uma região localizada no norte do Canadá, continua sem registar nenhum caso de covid-19. A receita para o sucesso tem vários ingredientes, mas as caraterísticas especiais da região e as medidas rígidas tomadas logo …

Site da campanha de Trump foi alvo de ataque. Hackers "fartaram-se das fake news"

O website oficial da campanha presidencial de Donald Trump foi alvo de um ataque informático que o deixou temporariamente desfigurado na noite desta quarta-feira. Os hackers responsáveis substituíram o habitual conteúdo por uma mensagem normalmente utilizada …

CV30. O poderoso anticorpo descoberto por cientistas que dá luta ao novo coronavírus

Investigadores do Fred Hutchinson Cancer Research Center, nos Estados Unidos, descobriram um potente anticorpo, encontrado no sangue de um recuperado de covid-19, que interfere com a superfície espinhosa do novo coronavírus, fazendo com que partes …

Igreja flutuante "nasceu" num canal de Londres

A Denizen Works recentemente concluiu uma igreja flutuante pouco ortodoxa em Londres, no Reino Unido. O projeto tem um novo teto que pode ser baixado ou levantado conforme as necessidades. Batizado de Génesis em homenagem ao …