A NASA encontrou finalmente o rover perdido em Marte (mas ainda só se ouve silêncio)

MRO / NASA

GIF do aparecimento do rover Opportunity numa imagem capturada por uma câmara da NASA

Apesar de ainda não ter conseguido entrar em contacto com o Opportunity, a NASA já o conseguiu identificar depois de a tempestade de poeira sobre o Vale da Perseverança ter acalmado. O rover estava desde 10 de junho sem dar sinal.

Mais de 100 dias depois, o Mars Reconnaissance Orbiter (MRO) da agência espacial NASA, conseguiu identificar o rover Opportunity, numa imagem captada a 20 de setembro. A fotografia foi tirada por cima do Vale da Perseverança, na borda da Cratera Endeavour de Marte.

O MRO capturou a imagem através do seu HiRISE, uma experiência científica de imagens de alta resolução, tão nítida que, segundo a NASA, pode mostrar imagens tão pequenas como uma mesa de café na superfície de Marte.

“Esta imagem foi captada a cerca de 267 km acima da superfície marciana“, escreveram funcionários da NASA. “A caixa branca marca uma área de 47 metros de largura centrada no rover”.

Contudo, apesar de o rover Opportunity ter sido finalmente visto, ainda não foi possível contactar com o robot. Desde o dia 10 de junho que a NASA tenta estabelecer contacto mas, até agora, nada se ouviu para além de silêncio.

Em junho, uma tempestade de areia engoliu o planeta, escurecendo os céus acima do veículo, tornando-o incapaz de recarregar as suas baterias devido à pouca exposição solar a que ficou sujeito.

Em agosto, os céus de Marte já se encontravam suficientemente limpos para a equipa responsável pelo Opportunity iniciar, em vão, as tentativas de contacto com o robot.

Sem conseguir receber qualquer sinal, a NASA estabeleceu um limite de 45 dias para obter uma resposta do rover. Duas semanas passadas desde o inicio da contagem, o Opportunity ainda não emitiu qualquer sinal e, caso não responda até ao limite dado, a NASA reavaliará as suas opções e os seus planos em relação ao rover marciano.

Do tamanho de um carro de golfe e com seis rodas, o Opportunity chegou ao Planeta Vermelho em janeiro de 2004 e está há mais de 14 anos encarregue da mesma missão – explorar a superfície de Marte. Três semanas antes da chegada do Opportunity, o rover Spirit também tinha chegado ao planeta para explorar outros locais.

Inicialmente, estava previsto que a missão de ambos os robots durasse cerca de 90 dias terrestres mas ambos superaram, de longe, a melhor das expectativas. O Spirit deixou de funcionar em 2011, 7 anos depois da sua primeira emissão.

Ao longo das suas vidas, o Opportunity e o seu irmão gémeo Spirit encontraram vastas evidências de que água no estado líquido fluiu na superfície marciana.

ZAP // Space.com

PARTILHAR

RESPONDER

Nós, Cidadãos! convida Aliança para coligação. Partido de Santana ainda está "a examinar"

O partido Nós, Cidadãos! desafiou a Aliança para uma coligação eleitoral “ao centro”, mas fonte oficial da força política liderada por Santana Lopes esclareceu que ainda está “a examinar”. O presidente do Nós, Cidadãos!, Mendo Castro Henriques, confirmou à …

Benfica desmente negociações com Atlético de Madrid por João Félix

O Benfica desmentiu, em nota divulgada esta segunda-feira, todas as notícias que dão conta de uma transferência iminente de João Félix para o Atlético de Madrid. João Félix tem feito capa em vários jornais espanhóis, que insistem …

Não havia tantos pré-avisos de greve desde o tempo da troika

Nas próximas semanas, são poucos os dias úteis que não têm pelo menos uma greve. Se o ritmo se mantiver, este será o ano da legislatura com mais pré-avisos. Dos hospitais aos tribunais, passando pelos transportes …

“Maré vermelha” interdita banhos em várias praias do Algarve

As praias entre a Ilha do Farol e Vilamoura, no Algarve, estão interditadas a banhos devido a uma concentração de uma alga marinha que pode ser perigosa para a saúde. As praias algarvias entre a Ilha …

Gulbenkian vende petrolífera Partex por 555 milhões de euros

A Fundação Gulbenkian assinou, esta segunda-feira, um acordo para a venda da Partex com a PTT Exploration and Production por 555 milhões de euros. Em comunicado hoje divulgado, a Fundação Gulbenkian informou que "a operação terá um …

Ex-diretor revela carta que desmente Berardo sobre créditos na CGD

O ex-diretor de grandes empresas da CGD afirmou que José Berardo enviou uma carta dirigida a Carlos Santos Ferreira, ex presidente do banco, a solicitar a abertura do crédito de 350 milhões de euros para …

Suecos burlaram multinacionais em 1,7 milhões de euros a partir de Setúbal

Um casal de suecos burlou várias empresas multinacionais com um esquema de roubo de emails praticado a partir de Setúbal. Estas empresas chegaram a transferir 1,7 milhões de euros até à detenção do casal. Michel M., …

Huawei admite quebra de receitas superior a 26 mil milhões de euros

O fundador da Huawei admitiu esta segunda-feira uma quebra de receitas em 30.000 milhões de dólares (26.760 milhões de euros), face à pressão de Washington, que acusa o grupo de telecomunicações de estar exposto à …

Relação agrava pena de subcomissário da PSP que agrediu adeptos do Benfica

O Tribunal da Relação de Guimarães agravou para três anos e meio a pena de prisão, suspensa na sua execução, de um subcomissário da PSP por agressão a dois adeptos do Benfica naquela cidade, em …

Indonésia devolve aos EUA cinco contentores com resíduos não declarados

A Indonésia devolveu cinco contentores de lixo aos Estados Unidos (EUA) por terem sido encontrados resíduos não declarados no seu interior, informaram esta segunda-feira fontes oficiais. O porta-voz do ministério do Meio Ambiente indonésio, Djati Witjaksono …