NASA não consegue “despertar” Opportunity, a sonda adormecida em Marte

Lonesome--Crow / Deviant Art

O robô Opportunity encontra-se em Marte desde 2004

Os especialistas da NASA não conseguiram restabelecer ligação com a sonda marciana Opportunity, embora o volume de pó na atmosfera de Marte tenha já reduzido para níveis muito próximos dos normais, revelou a agência norte-americana.

“Neste momento, o nível de pó na atmosfera caiu para 2,1 tau, mas depois aumentou para 2,5 tau. Até que se reduza para o nível 2, não esperamos ‘ouvir’ nada do rover, mas continuamos a monitorizar constantemente os seus sinais“, informaram os participantes da missão.

No início de junho, Marte foi atingido por uma forte tempestade de pó que abalou a maior parte da cratera Endeavour, onde a sonda Opportunity está a operar. Alguns dias depois, a situação agravou-se de tal forma que os engenheiros tiveram que colocar a sonda em regime de emergência e desligar todos as suas ferramentas exceto o relógio.

Já em meados de junho, e de acordo com fotografias capturadas pela sua “amiga” – a sonda Curiosity, que está noutra parte do planeta – a tempestade abalou o planeta por completo, sendo oficialmente considera uma tempestade de envergadura planetária.

Só no final do mês de julho é que a camada de poeira começou a dar tréguas, assentando gradualmente na superfície. Espera-se agora que, nas próximas semanas a situação em Marte melhore radicalmente. Nas primeiras semanas de agosto, a quantidade de pó na atmosfera reduziu-se várias centenas de vezes, melhorando a situação significativamente.

Até lá, não vale a pena esperar que a Opportunity desperte brevemente, pois o nível de iluminação da superfície marciana continua muito baixo. Além disso, ainda não é certo se as suas baterias conseguiram sobreviver durante quase um mês de “vida” no frio e completa escuridão.

De acordo com os especialistas, uma tempestade semelhante ocorreu no planeta há cerca de 8 anos e foi o motivo da morte da sonda Spirit, “gémea” da Opportunity, que ficou presa na cratera Gusev em 2010.

No entanto, neste caso em particular o rover não corre esse risco, porque Marte está a entrar no verão e as temperaturas na sua superfície não devem baixar para temperaturas inferiores a 40 graus negativos – só a partir daí é que a situação pode ser fatal para a sonda adormecida em Marte.

O robô Opportunity encontra-se em Marte desde 2004. Inicialmente, foi concebido para durar apenas 3 meses, mas continuou a operar durante quase 15 anos. No entanto, o Opportunity não é o único rover exploratório em Marte, e felizmente a sua amiga, Curiosity, tem baterias nucleares, não precisando de energia solar para funcionar.

Para que o Opportunity continue detetável, as outras sondas que exploram o planeta continuam a rastrear o percurso da tempestade para facilitar o trabalho da NASA.

PARTILHAR

RESPONDER

Europeias: maior votação em 20 anos. PPE e socialistas juntos sem maioria

A taxa de participação nas eleições europeias, realizadas entre quinta-feira e hoje nos 28  Estados-membros da União Europeia, fixou-se nos 50,5%, a mais elevada dos últimos 20 anos e oito pontos acima do anterior sufrágio. Segundo …

Os anéis de Saturno estão a desaparecer (e a culpa é nossa)

Recentemente, um grupo de cientistas alertou que os anéis de Saturno podem vir a desaparecer devido às futuras explorações humanas.  Exploradores de asteróides e bilionários da tecnologia poderão roubar pedras preciosas do Espaço num futuro próximo, …

Forte tempestade faz reaparecer floresta pré-histórica no Reino Unido

A tempestade Hannah, que levou fortes marés e ventos ao Reino Unido, voltou a trazer à luz restos de árvores de uma floresta pré-histórica com cerca de 4.500 anos. Os vestígios estiveram escondidos durante anos …

PS vence Europeias. BE e PAN sorriem, CDS à espera de confirmar resultado catastrófico

As primeiras projeções aos resultados eleitorais geraram palmas e um ambiente efusivo por parte dos militantes do PS. O CDS é um dos grandes derrotados da noite e o PAN a surpresa. As eleições para …

Conan Osiris vence prémio de mais mal vestido em palco

Não é o prémio que Portugal esperava, mas é um prémio. Conan Osiris venceu o Barbara Dex Award, atribuído ao participante do Festival Eurovisão da Canção que veste a pior indumentária em palco. Conan Osiris é …

O exoesqueleto desta aranha parece o capacete de um minúsculo extraterrestre

No mundo animal, o acasalamento pode ser uma verdadeira batalha. As aranhas-pavão, por exemplo, deixam os seus capacetes para trás (literalmente).  Na hora do acasalamento, o macho da aranha-pavão (Maratus velutinus) deixa o seu exoesqueleto para …

Se chover durante a estadia, esta ilha italiana reembolsa os turistas

Há uma ilha italiana que reembolsa os turistas em aso de chuva. A iniciativa desafia as unidades hoteleiras a reembolsarem os clientes se chover mais de duras horas durante o dia. Se é daquelas pessoas que …

Prada deixa de usar peles a partir de fevereiro de 2020

A marca italiana dirigida por Miuccia Prada anunciou o fim da utilização de peles de animais a partir do próximo ano. A coleção apresentada em fevereiro de 2020, correspondente ao outono-inverno 2020/21, será a primeira …

Líderes falam em abstenção e apelam ao voto. Está "um dia maravilhoso para votar"

Cerca de 10,7 milhões de eleitores vão eleger os 21 deputados ao Parlamento Europeu. À boca das urnas, foram vários os líderes políticos que exerceram o seu direito de voto apelando à participação dos portugueses. A …

Se o mundo vivesse como os portugueses os recursos naturais acabavam hoje

Os recursos naturais da Terra chegavam este domingo ao fim se todas as pessoas do planeta consumissem como os portugueses. Na União Europeia, a Estónia e a Dinamarca já esgotaram os recursos em março passado.  Os …