“Não consigo viver, apenas existo”. Recuperados de covid-19 revelam dificuldades em pensar

Yuri Kochetkov / EPA

Depois de terem sido registados vários casos de pessoas que estiveram infetadas com covid-19, e que ficaram com uma espécie de “névoa cerebral”, que provoca dificuldades em pensar ou em recordar situações recentes, a comunidade médica internacional procura agora respostas.

Esta é a sequela mais apresentada pelos indíviduos que ficam recuperados da covid-19. A névoa no cérebro é algo que impede os ex-doentes de pensar com a clareza a que estavam habituados antes de serem infetados com o novo coronavírus.

Um exemplo disso é Mirabai Nicholson-McKella. A australiana de 36 anos contraiu a doença e teve três testes positivos, passando algum tempo internada no hospital com sintomas que iam desde dores no peito a enxaquecas.

Após sete meses da recuperação da doença, surgiu agora um probelma relacionado com as dificuldades em pensar, e que descreve como sendo uma “névoa cerebral”, que diz ser “completamente incapacitante”. Ao jornal britânico The Guardian, McKellar explica que não consegue “pensar com clareza suficiente”, admitindo tratar-se de algo como uma deficiência cognitiva.

A australiana assume que é difícil “trabalhar mais do que uma a duas horas por dia e até mesmo sair de casa para fazer compras pode ser um desafio. Quando fico cansada, fica muito pior”, acrescentando que tem mesmo períodos de esquecimento, ao ponto de deixar queimar a comida quando cozinha.

Outra das dificuldades passa por ter um simples diálogo.”Muitas vezes não consigo ter uma conversa coerente ou escrever uma mensagem ou um e-mail. Sinto-me uma sombra do meu antigo eu. Não consigo viver, apenas existo”, adiantou McKeller.

O caso desta australiana, agora recuperada da doença, não parece ser o único, muito pelo contrário.

Michael Zandi, consultor do Instituto de Neurologia de UCL Queen Square, em Londres, contou ao The Guardian que alguns dos seus pacientes têm vivido com essa névoa cerebral há alguns meses, sendo que alguns deles estiveram internados nos cuidados intensivos por causa de infeções de covid-19.

Contudo, este problema ainda tem deve ser analisado melhor pois “o número de pessoas com sintomas cognitivos como consequência da covid-19 é desconhecido e está a ser objeto de estudo. No entanto, em alguns estudos realizados, pode chegar aos 20%“.

Wilfred van Gorp, ex-presidente da Academia Americana de Neuropsicologia Clínica, revela que algumas pessoas que ficaram curadas da covid-19, e que tendem a queixar-se de névoa cerebral, têm também outros problemas relacionados com dores de cabeça, dificuldade em tolerar ruídos ou controlar emoções.

Neste sentido, Zandi diz que pode haver muitas causas para a névoa do cérebro nos curados de covid-19, que podem estar relacionadas com a inflamação no corpo ou até falta de oxigénio no cérebro, que pode afetar sobretudo as pessoas que estiveram muito tempo ligadas a ventiladores.

Ross Paterson, médico do Instituto Queen Square, explica que apesar de não haver muitos estudos sobre este assunto, há evidências em pacientes de covid-19 que estiveram hospitalizados, que têm síndromes neurológicos graves e que o coronavírus pode afetar o sistema nervoso.

Nick Gray, psicólogo clínico consultor da Sussex Partnership NHS Foundation Trust, lembra que termos semelhantes a esta “névoa do cérebro”, foram usados ​​anteriormente em relação a sintomas de cansaço extremo, mau humor e condições como transtorno de stress pós-traumático, que afetou cerca de um quarto dos sobreviventes de covid-19 que estiveram em tratamento intensivo.

Gray sublinha que os mecanismos psicológicos e biológicos podem potencialmente estar em causa. “Vamos precisar de estudos muito cuidadosos para desvendar o que está a acontecer com estes pacientes”, sublinha.

Van Gorp diz que atualmente há poucas investigações sobre a névoa do cérebro, mas sugere que a realização de alguns exercícios para melhorar a função cognitiva podem ajudar a combater o problema.

Entretanto, já existe, uma parceria de cientistas, denominada de CoroNerve, para analisar as complicações neurológicas e neuropsiquiátricas causadas pela covid-19.

ZAP //

 

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Mau é ter os casos a subir diariamente, e continuar tudo aberto porque a economia é mais importante.
    Pior, vai ser o aumento de casos mortais e infectados em jovens e crianças.
    Mas muito, muito pior, vai ser a criação de um exercito global de doentes crónicos, com tudo, desde problemas cardio-circulatórios, a renais, a neurológicos.
    Se pensam que é mau ter alguém na familia ou vizinhos que morrem, agora pensem que se escapam, podem ficar doentes para o resto da vida. Crianças que vão para as escolas porque quando são infectadas, têm “sintomas ligeiros”.

    Mas os governos, não é só o deste jardim plantado à beira-mar, estão dispostos a sacrificar os milhões de infectados pela imunidade de grupo e “a economia”. Já temos mais de 6 meses de paqndemia. números de efeitos de longo prazo começam a ser reais. Por cada morte, podemos vir a ter entre 3-8 doentes crónicos.

    Pensem que os mesmos senhores que têm o “vosso interesse” acima de tudo, são os mesmos que estavam dispostos a dar 800 milhões/ano aos ladrões do novo banco….
    ao minimo aviso de surto na minha zona, os meus putos saltam da escola. quero lá saber das regras, já estou farto destes imbecis dispostos a sacrificar-me a mim e aos meus

    • Você tem razão até certo ponto mas, convirá não esquecer que com uma recessão económica de proporções épicas, morre muito mais gente. Morrem mais doentes de cancro, morrem mais doentes cardíacos e morrem mais doentes de Covid-19. Uma nação em grave recessão económica não tem dinheiro para a saúde, não tem dinheiro para manter hospitais a funcionar, as pessoas passam fome e morrem por fraca imunidade devido a carências alimentares. Para não falar na destruição causada por distúrbios, protestos e crime em geral.

      Olhe sempre para as coisas com perspectiva panorâmica, não se foque num aspecto apenas, nem tenha visão de túnel, que é o que o medo faz. Nestas coisas tem de se ir dando uma no cravo e outra na ferradura, senão é sempre pior. O que certamente não se pode, é estar a deixar isto servir de pretexto para os poderes instalados ganharem mais poder e para as pessoas abdicarem das suas liberdades e privacidades. Isso nunca pois, pior do que sofrer na carne, é vender a alma.

      • Pois precisamente nao deixo que sejam os poderes instalados a decidirem sobre o que está certo para os meus filhos pequenos.
        Senão, quando forem grandes como lhes vou explicar que em vez de os proteger, simplesmente segui ordens que serviam para manter o país, a economia, a panorâmica geral, ou outra abstração qualquer.
        Ter ideais é muito bonito, mas quaqndo chegar o momento de escolher, olhe a família de frente na cara, e diga-lhes que os vai sacrificar a eles, para que outros não sofram.

        • Uma vez mais, caro Rizzo… Sim e não. Cuidado com a ideia de que a família só à família diz respeito. Existem leis e as leis aplicam-se aos cidadãos. Da mesma maneira que a lei não lhe permite agredir uma pessoa (exº: você pode ser preso e mais provavelmente multado se der um murro a uma pessoa), há leis também que o proibem de espancar os seus filhos. Antigamente, os pais davam tareias de cinto e até de chicote aos filhos. Deixavam-nos negros e a sangrar sem cerimónia. hoje em dia há leis, e bem, que proibem isso e até podem tirar a guarda dos filhos.

          Uma vez mais eu sou da opinião do caminho do meio. Um par de estalos bem acente ou dois safanões podem e devem ser aplicados em situações que assim o exijam… Mas coças de todo o tamanho, com sucessões de agressões durante 30 segundos ou um minuto, que mais não fazem do que descarregar o descontrolo emocional dos pais… Podem e devem ser passiveis de procedimento criminal.

          Agora você poderá dizer “eu marimbei na lei e na minha família mando eu”. Mas se dissesse isso, isso seria o que você acha e lá porque acha uma coisa ela não passa a ser lei. Se discorda da lei, então em sede própria deverá discuti-la e propor alterações. Mas você sozinho não poderá ir contra a lei se o resto da sua comunidade (país, por exemplo), for a favor dessa lei. Os países têm leis e quem aceita viver neles deverá cumpri-las. Quem não gostar, pode sempre emigrar para países em que a lei está mais ao seu gosto.

          Claro que eu concordo consigo quando diz que a economia não é Deus. De um ponto de vista ideológico convido-o a ler ou ver algum video sobre Karl Polanyi, um filósofo/economista que dizia que as relações sociais e o ser humano deve sempre estar à frente da economia, indo esta última atrás dos primeiros, e não o contrário.

  2. Está explicada a crescente estupidez de Boris Johnson e Bolsonaro. A de Trump não se vai notar pois a estupidez dele já escapa à compreensão humana. É coisa do Demo.

    Eu estou a brincar pois… Alguém acredita que essas três bestas do apocalipse contrairam Covid? Tudo manobras eleitoralistas tipo “se ele sobreviveu ao Covid é porque Deus o escolheu”. Mas no fundo todos sabemos que na verdade, apenas o Covid sofreu infecção em contacto com estes 3 animais.

  3. Sofro de neve visual há vários anos (perto de 7) e sei o incomodo que é. Não é fácil viver com este problema e tem se de fazer um esforço tremendo para o ignorar. Não há um dia em que não pense neste problema desde que dei com ele, passou a ser o meu normal do dia a dia e não o desejo a ninguém. Mas mantenho funções no trabalho e até acho que a atividade ajuda imenso a esquecer que temos o problema.

  4. Ha médicos especialistas em virologia, área pulmonar e que põem em causa está pandemia e mais ainda, o tipo de teste usado foi apresentado pelo Nobel da medicina em 93 dizendo que o mesmo teste não consegue provar existência de vírus… Sejam felizes.

  5. Acho que a fotografia é muito bem escolhida para qualquer tipo de reportagem sobre o tema que,a toda a hora e momento nos injectam.agora em termos de um ou outro partido é indiferente…pois sao mecanismo de divisao “independentes” a trabalharem para o mesmo patrao….agora em relacao ao assunto abordado,se já agora comecam a falar nestes sintomas esperem ate vir a vacinacao….ai sim sera problematico….

RESPONDER

Em abril, o vírus matava 6 vezes mais do que agora. Mas estes números podem mudar em breve

O número de infetados já bateu recordes durante o mês de outubro, mas o mesmo não de pode dizer em relação ao número de mortos. O dia com mais óbitos em Portugal ocorreu a 3 …

Orçamento não reflete "trabalho notável" dos profissionais de saúde, diz bastonário

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, considera que a proposta de Orçamento do Estado para 2021 não corresponde às "expectativas dos profissionais de saúde e dos portugueses" nem investe no Serviço Nacional …

Trump tem uma conta bancária na China (e andou uma década a tentar investir no país)

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, é detentor de uma conta num banco chinês, e há vários anos que tenta implementar negócios no país. Donald Trump passou uma década a tentar investir na China, onde …

Ricardo Pereira revela segredo para o FC Porto derrotar o City

A jogar em Inglaterra há três anos, Ricardo Pereira conhece bem o próximo adversário do FC Porto na Liga dos Campeões. O internacional português deu alguns conselhos à equipa portista. Ricardo Pereira está a cumprir a …

OE em duodécimos deixa 2.700 milhões de estímulo orçamental em suspenso

A hipótese de haver um Orçamento em duodécimos em 2021 está em cima da mesa. Se tal acontecer, há pelo menos 2.700 milhões de estímulo orçamental que não chegarão à economia. Se o Orçamento do Estado …

Grupo Luz Saúde foi o que mais faturou com a pandemia

O Grupo Luz Saúde faturou quase 40 milhões de euros com a venda de material à Direção-Geral da Saúde (DGS), a hospitais e até a autarquias. A GLSMed Trade, do grupo Luz Saúde, foi a empresa …

Pinto da Costa: "Varandas fará um grande serviço quando se dedicar à medicina"

Manchester City, Luís Filipe Vieira e Frederico Varandas foram alguns dos temas abordados por Pinto da Costa numa recente entrevista ao Porto Canal. Em entrevista ao Porto Canal, Pinto da Costa fez a antevisão ao encontro …

Espanha pondera recolher obrigatório em todo o país. Esperam-se semanas "muito difíceis"

Salvador Illa, ministro da saúde de Espanha, referiu que o governo está a estudar um recolhimento obrigatário no país, como forma de travar a propagação do novo coronavírus que nos últimos dias tem feito infetado …

Algarve pode consagrar Lewis Hamilton como piloto mais vitorioso de sempre

O Autódromo Internacional do Algarve está a caminho de ver a consagração do piloto britânico Lewis Hamilton (Mercedes) como o piloto mais vitorioso de sempre da Fórmula 1, no domingo, no Grande Prémio de Portugal. Depois …

Antigo túmulo siberiano contém casal de guerreiros (e um enorme stock de armas)

Uma equipa de arqueólogos desenterrou um túmulo com 2.500 anos que continha os restos mortais de quatro pessoas da antiga cultura Tagar. Arqueólogos da Universidade Estadual de Novosibirsk, na Rússia, desterraram um túmulo com 2.500 anos …