“Não foi por acaso”. Governo decretou recolher obrigatório às 13h para travar almoços de família

Hugo Delgado / Lusa

O primeiro-ministro rejeitou passar o recolher obrigatório das 13:00 para as 15:00 nos dois próximos fins de semana, como defende o setor da restauração, alegando que essa medida visa precisamente travar convívios sociais ao almoço.

“Isto é duro de dizer, mas temos mesmo de evitar esses grandes convívios à hora de almoço e daí a decisão de limitar às 13:00” o período de abertura da generalidade dos estabelecimentos comerciais dos concelhos com maior incidência de covid-19, respondeu António Costa, em declarações aos jornalistas em São Bento.

O primeiro-ministro falava à comunicação social depois de ter recebido o líder da Confederação Europeia de Sindicatos (CES), Luca Visentini.

António Costa referiu que, quando o seu executivo definiu o calendário das medidas de limitação de circulação a aplicar nos concelhos mais atingidos pela epidemia, “ponderou muito bem se devia ser às 13:00 ou às 15:00” a hora limite.

Não foi por acaso que escolhemos as 13:00, porque temos precisamente em conta aquilo que todos os inquéritos epidemiológicos nos dizem: 68% das transmissões estão a correr neste momento em momentos de convívio familiar e social”, justificou.

Cerca de 70% dos caso de covid-19 registados em Portugal ocorrem em contexto familiar, estimou esta quarta-feira a diretora-geral da Saúde, que desaconselhou refeições com amigos ou familiares que não são do agregado familiar.

Cerca de 68% a 70% dos casos [de covid-19] ocorram em convívio familiar ou social”, disse esta quarta-feira Graça Freitas, na habitual conferência de imprensa sobre a situação epidemiológica em Portugal. “Há um momento crítico nos convívios familiares que é o momento das refeições e de ingestão bebidas. É um momento de grande descontração e proximidade e em que não estamos a usar máscara. É um momento crítico de contágio”.

Graça Freitas deixou ainda um apelo para que os portugueses façam as suas refeições “apenas com o núcleo familiar” que vive na mesma casa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Vê-se bem que a Natureza não foi propriamente benévola, com o tipo de inteligência que dotou este Sr. Então com o recolher obrigatório às 13:00 horas, só vai permitir que as famílias se juntem mais e em maior número, pois uma vez que não podem circular na via pública a partir dessa hora (13:00 horas), vão se juntar em família e todos juntos passarem uma bela tarde, inconscientemente a jogar o jogo do COVID-19. Se o recolher obrigatório fosse às 15:00 horas, iriam almoçar quase há pressa, para depois poderem ir ainda tomar o cafezinho do final do almoço, contribuindo assim, para que os Cafés fizessem algum dinheiro, e onde a maioria voltava depois cada um para sua casa, diminuindo assim, os tais ajuntamentos familiares. Cabecinha Pensadora…..Inteligência rara estes nossos governantes, claro em minha opinião, a menos que…….

  2. O que falta é coragem: para evitar que a restauração realmente não resista economicamente e não haja tanta aglomeração de pessoas nas manhãs dos dois próximos fins de semana deviam mandar fechar simultaneamente e à mesma hora estes dois espaços, isto é, pelas 15 horas. Aí seria muito mais fácil, as autoridades controlarem pois não haveriam dois horários; o problema é que os hipermercados são muito poderosos e o governo não tem coragem para os enfrentar;

  3. nao se pode almoçar em famila mas podemos ir com a familia à compras onde vamos encontrar um eneorme ajuntamento de pessoas
    nao percebo este tipo de recolher obrigatorio, para haver tanta excepçoes à lei, mais valia estarem quietos do que haver esta vergonha

  4. caros amigos/as

    Se cado um cumprisse o dever cívico, não estaríamos nesta situação embaraçosa, por conseguinte, apelo que haja consciencia, pois este covid-19 é muito complexo e imprevisivel, tomem as medidas tal como a máscara cirugica, ou a mascara bico de pato, as outras estão fora do baralho. Eu sei que o contato fisico dói , mas evitarmos o distanciamento segundo as regras DGS, 2 metros. A máscara cirurgica se utilizada mais de 4 horas deve ser removida, e colocada no lixo comum, e de seguida lavar as mãos e depois o desinfetante. Cumprindo desta forma o eventual contagio.

  5. Serei o único que já não suporto ouvir a Graça Freitas?? Quando me lembro das vezes que nos atirou areia para os olhos. “O vírus chegar aqui isso é praticamente impossível”, “Fechar os aeroportos e fronteiras, não precisamos de entrar em panico desta maneira”. Agora discutimos se um restaurante fecha às 13H00 ou às 15h00 para não haver contacto familiar. Para que fiquem a saber não preciso de ir ao restaurante para estar com a família, poderemos faze-lo durante a semana. Agora isto vai do civismo das pessoas e dos respeito que têm pelos os seus. Vai haver tanta gente a fazer compras neste fim de semana.

RESPONDER

Portugal com mais 1.298 casos e quatro mortes

Esta sexta-feira, Portugal registou 1.298 novos casos e quatro mortes na sequência da infeção por covid-19. Segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), foram registados, nas últimas 24 horas, mais 1.298 casos e …

Parlamento aprova prorrogação das moratórias bancárias até final do ano

O alargamento aplica-se aos "particulares e para as empresas que desenvolvem a sua atividade em setores especialmente afetados pela pandemia de covid-19". O Parlamento aprovou, esta sexta-feira ,a prorrogação e alargamento das moratórias bancárias, que terminavam …

Tribunal belga obriga AstraZeneca a entregar 50 mihões de doses de vacina à UE

A AstraZeneca vai ter que entregar 50 milhões de doses da vacina para a covid-19 à União Europeia. A entrega deve ser efetuada até 27 de setembro. A justiça belga ordenou, esta sexta-feira, à farmacêutica …

"Dois terços dos problemas estão na Área Metropolitana de Lisboa", justifica Costa

O primeiro-ministro, António Costa, justificou esta sexta-feira a necessidade de tomar medidas localizadas em Lisboa para evitar que o agravamento da situação epidemiológica se alastre.  Em Bruges, na Bélgica, à margem da sessão de encerramento do …

CDS critica “enorme infelicidade” do Presidente e "comunicação desastrosa" do Governo

O CDS-PP criticou hoje as declarações do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, quando disse que no que depender dele não haverá "volta atrás" no desconfinamento, considerando-as de “uma enorme infelicidade”, lamentando também a …

Astronautas entraram pela primeira vez na nova estação espacial chinesa

Três astronautas chineses começaram, esta sexta-feira, a fazer da nova estação espacial da China o seu lar, um dia depois de ali terem chegado, num lançamento bem-sucedido, que marcou um novo avanço no ambicioso programa …

Homicida de Bruno Candé tinha plena consciência dos seus atos. MP quer 22 anos de prisão

Evaristo Marinho, o homicida de Bruno Candé, tinha plena consciência dos seus atos quando cometeu o crime, lê-se no relatório do Instituto Nacional de Medicina Legal. O Ministério Público quer 22 anos de prisão. O Ministério …

Pandemia deixa dezenas de bebés por registar, o que pode "potenciar o tráfico humano"

O encerramento do balcão "Nascer Cidadão", durante a fase mais crítica da pandemia, impediu o registo de bebés nascidos nessa altura. Citando fontes do Hospital de Faro, a rádio TSF avança que as campainhas de alarme …

Auditoria revela 52 casos de envio de dados na CML. Medina lamenta "prática inadequada" (e faz uma demissão)

A auditoria interna pedida por Fernando Medina conclui que a Câmara Municipal de Lisboa enviou dados pessoais de manifestantes a embaixadas 52 vezes, desde que entrou em vigor o Regime Geral de Proteção de Dados …

Salgado chama seis familiares a depor, incluindo um tio de 102 anos

A defesa do ex-presidente do BES vai chamar 40 testemunhas para depor no julgamento no âmbito da Operação Marquês. A lista inclui seis familiares, incluindo um tio de 102 anos. De acordo com o semanário Expresso, …