“Não foi por acaso”. Governo decretou recolher obrigatório às 13h para travar almoços de família

Hugo Delgado / Lusa

O primeiro-ministro rejeitou passar o recolher obrigatório das 13:00 para as 15:00 nos dois próximos fins de semana, como defende o setor da restauração, alegando que essa medida visa precisamente travar convívios sociais ao almoço.

“Isto é duro de dizer, mas temos mesmo de evitar esses grandes convívios à hora de almoço e daí a decisão de limitar às 13:00” o período de abertura da generalidade dos estabelecimentos comerciais dos concelhos com maior incidência de covid-19, respondeu António Costa, em declarações aos jornalistas em São Bento.

O primeiro-ministro falava à comunicação social depois de ter recebido o líder da Confederação Europeia de Sindicatos (CES), Luca Visentini.

António Costa referiu que, quando o seu executivo definiu o calendário das medidas de limitação de circulação a aplicar nos concelhos mais atingidos pela epidemia, “ponderou muito bem se devia ser às 13:00 ou às 15:00” a hora limite.

Não foi por acaso que escolhemos as 13:00, porque temos precisamente em conta aquilo que todos os inquéritos epidemiológicos nos dizem: 68% das transmissões estão a correr neste momento em momentos de convívio familiar e social”, justificou.

Cerca de 70% dos caso de covid-19 registados em Portugal ocorrem em contexto familiar, estimou esta quarta-feira a diretora-geral da Saúde, que desaconselhou refeições com amigos ou familiares que não são do agregado familiar.

Cerca de 68% a 70% dos casos [de covid-19] ocorram em convívio familiar ou social”, disse esta quarta-feira Graça Freitas, na habitual conferência de imprensa sobre a situação epidemiológica em Portugal. “Há um momento crítico nos convívios familiares que é o momento das refeições e de ingestão bebidas. É um momento de grande descontração e proximidade e em que não estamos a usar máscara. É um momento crítico de contágio”.

Graça Freitas deixou ainda um apelo para que os portugueses façam as suas refeições “apenas com o núcleo familiar” que vive na mesma casa.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Vê-se bem que a Natureza não foi propriamente benévola, com o tipo de inteligência que dotou este Sr. Então com o recolher obrigatório às 13:00 horas, só vai permitir que as famílias se juntem mais e em maior número, pois uma vez que não podem circular na via pública a partir dessa hora (13:00 horas), vão se juntar em família e todos juntos passarem uma bela tarde, inconscientemente a jogar o jogo do COVID-19. Se o recolher obrigatório fosse às 15:00 horas, iriam almoçar quase há pressa, para depois poderem ir ainda tomar o cafezinho do final do almoço, contribuindo assim, para que os Cafés fizessem algum dinheiro, e onde a maioria voltava depois cada um para sua casa, diminuindo assim, os tais ajuntamentos familiares. Cabecinha Pensadora…..Inteligência rara estes nossos governantes, claro em minha opinião, a menos que…….

  2. O que falta é coragem: para evitar que a restauração realmente não resista economicamente e não haja tanta aglomeração de pessoas nas manhãs dos dois próximos fins de semana deviam mandar fechar simultaneamente e à mesma hora estes dois espaços, isto é, pelas 15 horas. Aí seria muito mais fácil, as autoridades controlarem pois não haveriam dois horários; o problema é que os hipermercados são muito poderosos e o governo não tem coragem para os enfrentar;

  3. nao se pode almoçar em famila mas podemos ir com a familia à compras onde vamos encontrar um eneorme ajuntamento de pessoas
    nao percebo este tipo de recolher obrigatorio, para haver tanta excepçoes à lei, mais valia estarem quietos do que haver esta vergonha

  4. caros amigos/as

    Se cado um cumprisse o dever cívico, não estaríamos nesta situação embaraçosa, por conseguinte, apelo que haja consciencia, pois este covid-19 é muito complexo e imprevisivel, tomem as medidas tal como a máscara cirugica, ou a mascara bico de pato, as outras estão fora do baralho. Eu sei que o contato fisico dói , mas evitarmos o distanciamento segundo as regras DGS, 2 metros. A máscara cirurgica se utilizada mais de 4 horas deve ser removida, e colocada no lixo comum, e de seguida lavar as mãos e depois o desinfetante. Cumprindo desta forma o eventual contagio.

  5. Serei o único que já não suporto ouvir a Graça Freitas?? Quando me lembro das vezes que nos atirou areia para os olhos. “O vírus chegar aqui isso é praticamente impossível”, “Fechar os aeroportos e fronteiras, não precisamos de entrar em panico desta maneira”. Agora discutimos se um restaurante fecha às 13H00 ou às 15h00 para não haver contacto familiar. Para que fiquem a saber não preciso de ir ao restaurante para estar com a família, poderemos faze-lo durante a semana. Agora isto vai do civismo das pessoas e dos respeito que têm pelos os seus. Vai haver tanta gente a fazer compras neste fim de semana.

RESPONDER

Governo avança com desconto de 10 cêntimos por litro nos combustíveis para as famílias

O Governo vai criar um desconto de dez cêntimos por litro nos combustíveis para todas as famílias, até 50 litros por mês. Uma medida que estará em vigor entre novembro deste ano e março do …

Inês Sousa Real, porta-voz do PAN

PAN já enviou memorando de entendimento ao Governo

O partido Pessoas–Animais–Natureza enviou ao Governo, esta sexta-feira, o memorando de entendimento com cerca de 60 propostas, no âmbito do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). "O PAN fez chegar ao Governo um memorando do qual …

Alterações ao Orçamento de 2021 custaram, afinal, muito mais do que o estimado pelo Governo

Apenas duas das 291 medidas adicionadas representaram um impacto anual de 88 milhões de euros, com o Governo a calcular, durante a especialidade, que a totalidade custaria 3,2 milhões de euros. As alterações feitas ao Orçamento …

Entre a pandemia e os preços da energia, Marcelo alerta que chumbo do OE criaria "mais um problema"

O Presidente da República reiterou, esta sexta-feira, que deseja evitar uma crise política criada por um eventual chumbo do Orçamento de Estado, porque "só juntaria um problema" à pandemia e à subida dos preços dos …

França dá a partir de dezembro "cheque-combustível" de 100 euros

França vai dar a partir de dezembro um “cheque-combustível” único de 100 euros a cerca de 36 milhões de condutores que ganham menos de 2.000 euros por mês devido à escalada dos preços do gasóleo …

Parlamento aprova extinção do SEF

A extinção do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) foi aprovada na Assembleia da República, esta sexta-feira, com os votos a favor do PS, BE e da deputada não-inscrita Joacine Katar Moreira. O texto final apresentado …

Mais oito mortes e 930 novos casos de covid-19. Incidência sobe

Portugal registou, esta sexta-feira, mais oito mortes e 930 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 930 novos …

A ministra da Cultura, Graça Fonseca.

De "propaganda" a "manipulação populista". Tweets polémicos do Ministério da Cultura causam alvoroço nas redes sociais

O Ministério da Cultura, tutelado por Graça Fonseca, usou a conta oficial no Twitter para enaltecer os investimentos do Governo PS no setor, e foi mais longe, comparando-os aos do Governo PSD/CDS. Na terça-feira, foram publicados …

Parlamento aprova novo decreto sobre inseminação post mortem após veto de Marcelo

O Parlamento aprovou, esta sexta-feira, um novo decreto sobre a inseminação post mortem, com propostas de alteração do PS, BE, PCP, PAN e PEV para responder às dúvidas levantadas pelo Presidente da República no veto …

PJ faz buscas na provedoria da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

A Polícia Judiciária (PJ) efetuou, na manhã desta sexta-feira, buscas na provedoria da Santa Casa de Misericórdia de Lisboa para "recuperação de documentação", no decurso de uma investigação da Unidade Nacional de Combate à Corrupção. Fonte …