Namorada do Ministro do Ambiente nomeada para cargo em empresa pública

A namorada do ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Matos Fernandes, foi nomeada para o cargo de vice-presidente do conselho de administração da Águas do Norte. A nomeação de Fernanda Lacerda foi feita por um órgão tutelado pelo governante e coincidiu com o início da relação.

João Matos Fernandes é o mais recente elemento do Governo a estar envolvido na polémica das relações familiares que tem marcado a actualidade política nacional.

Depois de se ter ficado a saber que a ex-mulher do ministro, Ana Isabel Marrana, foi nomeada duas vezes para organismos da tutela do Ambiente, enquanto era casada com o governante, surge agora a notícia de que a namorada de Matos Fernandes também foi nomeada para um cargo numa empresa pública.

Fernanda Lacerda foi apontada para vice-presidente do conselho de administração da Águas do Norte pelo grupo estatal Águas de Portugal, que é tutelado pelo Ministério do Ambiente, como apurou o Correio da Manhã (CM). A nomeação aconteceu em Junho de 2018 e coincidiu com o início da relação com o ministro, frisa o jornal.

A engenheira civil de 46 anos já era administradora da Águas do Norte desde 2016, e foi “eleita em Assembleia-Geral para o mandato 2018-2020”, acrescenta uma fonte do gabinete de comunicação da empresa pública ao CM.

Ela passou por um processo de “avaliação de mérito” e recebeu um “parecer favorável” da Comissão de Recrutamento e Selecção para a Administração Pública (CReSAP), segundo afiança o Jornal de Notícias (JN).

Matos Fernandes e Fernanda Lacerda trabalharam juntos na Águas do Porto, entre 2014 e 2015, quando ela desempenhava funções de directora e ele era presidente, realça o JN. A engenheira tem no currículo 20 anos de experiência no grupo ADP – Águas de Portugal.

Ministro não fala da “vida pessoal”

Confrontado com este dado, Matos Fernandes recusou tecer quaisquer explicações. “Não sei do que está a falar, não lhe vou falar de nada da minha vida pessoal“, afirmou aos jornalistas.

Sobre o caso da ex-mulher, negou que tenha tido quaisquer benefícios, argumentando que Ana Isabel Marrana “foi chefe de gabinete de uma pessoa com quem trabalhou durante dez anos antes disso e foi para o Ministério do Ambiente sem ter sido nomeada” por si.

“Depois disso voltou para a sua vida profissional normal e, ao abrigo da disposição que todo e qualquer funcionário público pode recorrer, pediu para sair da CCDR-N [Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte] para ir para a APA [Agência Portuguesa do Ambiente]”, acrescentou o governante.

Ana Isabel Marrana “não foi nomeada”, mas sim “requisitada”, assevera também o ministro, frisando que a ex-mulher “trabalha há mais de 30 anos sempre na área do ambiente”.

À margem do lançamento de um concurso para a expansão da rede de metro em Vila Nova de Gaia, no Porto, o ministro do Ambiente refere também que ainda não há um sucessor para o secretário de Estado do Ambiente que se demitiu depois da polémica com o primo que nomeou para adjunto.

“Ainda não está decidido. Para a semana haverá novidades”, realça Matos Fernandes.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Portugal consegue mais um feito.
    Conseguiu transformar a República numa Monarquia.
    E, vem estes Sr. apregoar as boas regras da ética.
    Só que deviam ter a coragem de dizer, estes são os nossos princípios, pois unidos dificilmente seremos vencidos.

  2. grande novidade! continua como deputada uma tal marilú swap que após ter causado uma crise mais conhecida como a birrinha do irrevogável, que nos custou milhões de euros chegou a chefe de finanças depois de ter andado a vender swap’s e hoje em simultâneo desempenha sujas funções na arrow um grupo mafioso a quem deu enormes facilidades quando era chefe de finanças o que não deixa dúvidas quanto à finalidade deste tacho que é receber o fruto do roubo que fez aos contribuites a favor destes mafiosos além do que rouba todos meses através da assembleia onde leva uma vida de cão.

RESPONDER

Bolsonaro mudou legislação e compra de armas disparou. Registou-se um aumento de assassinatos

O comércio de armas disparou em quase dois anos, ou seja, desde que Bolsonaro chegou ao Governo e fez mudanças na legislação que seguem o modelo norte-americano. Estão na mão de radicais, alerta especialista. A compra …

Ilhas Marshall registam os dois primeiros casos desde o início da pandemia

As Ilhas Marshall, um dos últimos países do mundo poupados até aqui ao novo coronavírus, registaram os dois primeiros casos de covid-19 desde o início da pandemia, anunciou, esta quarta-feira, o Governo do arquipélago …

Parlamento espanhol prolonga estado de emergência por mais seis meses

O parlamento espanhol aprovou hoje em Madrid a prorrogação do estado de emergência para lutar contra a pandemia de covid-19 durante seis meses, até 09 de maio de 2021. A medida que já está em vigor, …

BCE avisa que recuperação económica "está a perder força mais rapidamente do que o previsto"

A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, alertou esta quinta-feira que a recuperação económica está a perder força mais rapidamente do que aquilo que era previsto devido à aceleração da pandemia em vários …

CP permite reembolso dos bilhetes entre sexta e terça-feira. Rede Expressos cancela viagens

A CP irá reembolsar os utentes que pedirem devolução de dinheiro por bilhetes de viagens entre 30 de outubro e 3 de novembro, tendo em conta as restrições de movimentações entre concelhos, adiantou fonte oficial …

Marcelo Rebelo de Sousa não descarta novo estado de emergência

Marcelo Rebelo de Sousa abriu esta quinta-feira a porta à declaração de um novo estado de emergência em Portugal. O presidente admite fazer uma declaração ao país na próxima semana. O presidente da República não descarta …

Antissemitismo. Jeremy Corbyn suspenso do Partido Trabalhista

O Partido Trabalhista suspendeu hoje o seu antigo líder Jeremy Corbyn na sequência de um relatório que condenou a principal força da oposição no Reino Unido por "atos ilegais de assédio e discriminação" antissemita. Reagindo ao …

Portugal volta a bater recorde de infeções: mais 4.224 casos nas últimas 24 horas

Portugal voltou a bater o recorde de infeções diárias esta quinta-feira. Nas últimas 24 horas, registaram-se mais 4.224 casos positivos em todo o país. Dia após dia, Portugal continua a bater recordes de infeções diárias. Nas …

Depois do novo confinamento, França estende uso obrigatório de máscara nas escolas às crianças de 6 anos

O uso de máscara na escola em França será estendido na próxima semana às crianças a partir dos seis anos, anunciou esta quinta-feira o primeiro-ministro francês, Jean Castex, um dia após o anúncio de novo …

"A lei não pode exigir esse tipo de heroísmo". Presidente polaco recua na oposição ao aborto

O Presidente da Polónia defendeu esta quinta-feira que as próprias mulheres deveriam ter o direito de abortar em caso de fetos com problemas congénitos, rompendo com a liderança conservadora, que apoiou uma proibição que levou …