Na Galiza, abre-se com medo a porta aos turistas. Presidente da região quer travão se voltarem contágios

Alberto Morante / EPA

Espanha vai abrir as fronteiras com os países do espaço Schengen a 21 de junho. A única exceção será Portugal.

Alberto Núñez Feijóo, presidente do governo da Galiza, tem receio de que a abertura das fronteiras favoreça novo surto da pandemia e pede expressamente “uma norma de saúde pública que permita proibir a mobilidade entre territórios se o número de contágios for elevado”.

Apesar de Espanha ser o quinto país do mundo com mais casos de covid-19, os peritos que assessoram o Governo consideram que a situação está controlada. Aliás, segundo o Expresso, as cifras de novos contágios, com uma taxa de 3,6 casos por cada 100 mil habitantes, cumprem as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para permitir um aligeiramento das medidas de confinamento.

O turismo está entusiasmado, já que é o setor que calcula perdas diárias de 5.000 milhões de euros por dia. Esta segunda-feira, começaram a chagar às ilhas Baleares os primeiros turistas vindos da Alemanha e tanto o governo da região como os empresários organizaram um “corredor seguro” para levar a Maiorca e Ibiza perto de 11 mil cidadãos alemães e comprovar a capacidade destes destinos para voltar à normalidade.

De acordo com o semanário, o primeiro voo do corredor, procedente de Dusseldorf, chegou esta segunda-feira de manhã, prevendo-se mais 47 nas próximas duas semanas.

À chegada, os passageiros tiveram de se submeter a controlos de temperatura corporal e receberão uma chamada diária dos serviços de saúde para controlar a sua localização. Apesar de não estarem brigados a cumprir a quarentena de 14 dias decretada para qualquer outro viajante estrangeiro que entre em Espanha até 21 de junho, terão de aceitar ser isolados caso haja novo surto da doença.

No próximo dia 21 de junho será também levantado o estado de emergência, a ferramenta constitucional que restringiu os espanhóis durante três meses. Mas o levantamento faz-se a medo por todo o país.

Esta segunda-feira, Pedro Sánchez, primeiro-ministro espanhol, lançou um novo apelo à “unidade” dos cidadãos e à responsabilidade individual no cumprimento das medidas de proteção. “É, como nunca antes, a hora dos cidadãos.”

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Multas de transportes públicos não são cobradas há três anos (e já chegam aos 17,6 milhões de euros)

As multas nos transportes públicos não estão a ser cobradas desde setembro de 2017 e já chegam a mais de 17,68 milhões de euros. As primeiras multas desde que foi alterado o regime de sanções, …

Football Leaks. PGR e FPF só souberam de ataques informáticos pela PJ

A Procuradoria Geral da República (PGR) e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) só souberam que tinham sido alvo de ataques informáticos através da Polícia Judiciária (PJ), revelou esta quinta-feira o inspetor José Amador no …

Governo prolonga prazo das moratórias até setembro de 2021. Portugal em contingência até 14 de outubro

O Conselho de Ministros decidiu prorrogar, esta quinta-feira, a vigência da situação de contingência em Portugal continental até às 23h59 de 14 de outubro. As moratórias de crédito foram prolongadas até 30 de setembro de …

Trump diz que diretrizes mais rigorosas para aprovação de vacina são “jogada política”

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse, esta quarta-feira, que a Casa Branca “pode ou não” aprovar novas directrizes da Food and Drug Administration. As novas diretrizes para aprovação de vacina contra a covid-19 exigem …

Maduro insta ONU a criar fundo que garanta alimentos e medicamentos

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, propôs que a Organização das Nações Unidas (ONU) crie um fundo rotativo de compras públicas para garantir o acesso a alimentos e a produtos de saúde, financiado com recursos …

Mais três mortes e 691 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 691 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …

2 em 1. Ryanair está a oferecer um voo na compra de outro (e é só hoje)

Já estava com saudades de viajar e conhecer novos países? A Ryanair não quer que lhe falte nada. A companhia aérea low cost lança uma promoção “inédita” e garante uma oferta 2 em 1. As …

Autarca de Almada diz que declarações sobre Bairro Amarelo foram descontextualizadas

A presidente da Câmara de Almada disse esta quarta-feira que as suas afirmações sobre o Bairro Amarelo surgiram em resposta a uma pergunta feita pelo Bloco de Esquerda (BE), considerando que foram descontextualizadas devido …

Vendas tardam em recuperar. Empresas pouco preparadas para mudanças

Um estudo do Banco de Portugal (BdP), publicado na quarta-feira, revelou que as empresas enfrentam um "cenário de recuperação muito gradual" do volume de negócios para níveis anteriores à pandemia e poucas estão preparadas para …

Hospital de Lisboa deixou entrar pessoas sem máscara

O Hospital da Luz, em Lisboa, permitiu a entrada e circulação de pessoas sem máscara dentro das instalações. O hospital garante que foi um "erro humano" e que não voltará a acontecer. A Rádio Renascença escreve, …