Musk pôs um chip no cérebro de um macaco (que começou a jogar videojogos com a mente)

O empresário milionário Elon Musk anunciou que uma das suas startups colocou um chip no cérebro de um macaco e que, agora, o animal é capaz de jogar videojogos com a mente.

O anúncio foi feito no Clubhouse, uma aplicação social privada onde os utilizadores hospedam conversas informais de improviso.

Embora a plataforma seja apenas destinada a chamadas em conferência, conta com cerca de cinco milhões de utilizadores, um salto comparativamente aos três milhões que tinha 10 dias antes do anúncio de Musk.



Na aplicação, questionado sobre os últimos desenvolvimentos da Neuralink – uma empresa de investigação médica que está a trabalhar num dispositivo para fornecer uma ligação direta entre um computador e um chip inserido no cérebro -, Elon Musk disse que foi colocado um chip no cérebro de um macaco, que, agora, é capaz de jogar videojogos com a mente.

“Temos um macaco com um implante sem fios no seu crânio que consegue jogar videojogos com a mente”, afirmou Musk, citado pelo Bloomberg.

“Não se consegue ver onde está o implante e é um macaco feliz. Temos as melhores instalações para macacos do mundo. Queremos que joguem mind-Pong um com o outro”, disse Musk, acrescentando que os vídeos dos macacos com os chips seriam divulgados em breve – talvez um mês.

Esta não é a primeira vez que a Neuralink coloca chips nos cérebros de animais. Em agosto, o chip de um computador da empresa foi inserido no cérebro de um porco e usado para transmitir a atividade neural do animal em tempo real.

A Neuralink nasceu em 2016 como uma empresa de investigação médica na Califórnia e, entretanto, já angariou mais de 150 milhões de investidores, cerca de 100 milhões diretamente de Musk, e pretende, no futuro, oferecer melhorias cibernéticas às pessoas.

Em 2019, Musk disse que a empresa estava a trabalhar num dispositivo “semelhante a uma máquina de costura” que forneceria uma ligação direta entre um computador e um chip inserido no cérebro.

O dispositivo assemelha-se a uma moeda com fios extremamente finos a sair de um dos lados e foi projetado para ser implantado no crânio, com os fios inseridos alguns milímetros na superfície do cérebro. Esses fios podem detetar quando os neurónios estão a disparar ou mesmo emitir os seus próprios sinais elétricos, para fazer os neurónios dispararem.

A esperança é que estes pequenos dispositivos consigam ler e escrever sinais de neurónios, ajudando a tratar problemas médicos com origem no cérebro e na coluna e, talvez, permitir que humanos integrem computadores nos seus cérebros num futuro distante.

Em maio, Musk disse que a Neuralink pode tornar a linguagem humana obsoleta em 5 a 10 anos. No início de julho, o empresário sugeriu que o chip da Neuralink será capaz de curar a depressão e o vício, “treinando” as partes do cérebro responsáveis.

Em agosto, o empresário afirmou ainda que a instalação de um chip no cérebro pode ser capaz de resolver vários problemas, como a perda de audição, visão e movimentos.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Ele devia era por um chip era na con… da mãe dele, filhos da put… inventem vacinas para este vírus isso sim, deixem os pobres dos animais como são é desta maneira que os queremos, como eles são.

  2. Ningém consegue parar os avanços da ciência e da tecnologia, quando, para mais, quem a patrocina é um dos DDT do mundo.
    Convém porém criar desde já um comité de ética mundial com um respectivo tribunal e um efectivo quadro condenatório, para avaliar e decidir até onde se pode ir com experiências deste tipo e punir quem for além do permitido. Mas que fossem punições com prisão efectiva e não pecuniárias, pois isso é que estas empresas e pessoas ligadas a elas têm.

  3. Um chip destes no cérebro do Ventura poderia levá-lo a gostar de ciganos… A não ser que o cérebro dele não seja tão desenvolvido como o do macaco da experiência…

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …