O mundo ainda não está preparado para manipulação genética de bebés, alertam cientistas

Alex Hofford / EPA

He Jiankui apresentou o seu trabalho durante a conferência

Um grupo de especialistas em manipulação de genes defendeu esta quarta-feira que é ainda demasiado cedo para se tentar fazer mudanças permanentes no ADN que possam ser herdadas pelas gerações futuras, algo que um cientista chinês alegou ter feito.

Os cientistas reuniram-se, esta semana em Hong Kong, para uma conferência internacional sobre manipulação de genes, a capacidade de reescrever o ‘mapa de vida’ para tentar combater ou prevenir doenças.

Embora a Ciência dê indicações promissoras para ajudar pessoas que já nasceram, é irresponsável realizar experiências em óvulos, espermatozoides ou embriões por ainda não se saber o suficiente sobre possíveis riscos, indicou, em comunicado, um grupo de 14 especialistas, ligados à conferência.

A conferência ficou marcada pela alegação de um cientista chinês de que ajudou a criar os primeiros bebés no mundo cujo ADN foi manipulado, gémeas que He Jiankui disse terem nascido no início deste mês. Os cientistas pediram uma investigação independente à alegação de He Jiankui, que falou com o grupo na quarta-feira, após reações negativas da comunidade científica internacional.

A conferência de três dias foi promovida pela Academia de Ciências de Hong Kong, pela Real Sociedade do Reino Unido e pela Academia Nacional de Ciências e Academia Nacional de Medicina, ambas dos Estados Unidos.

Entretanto, o cientista chinês, que alegou ter criado os primeiros bebés geneticamente manipulados no mundo, anunciou na quarta-feira que vai fazer “uma pausa” nas experiências, num momento de crescente crítica internacional.

“Vai realizar-se uma pausa nos ensaios clínicos, dada a situação atual”, disse He Jiankui, durante a conferência de especialistas em Hong Kong, na qual reiterou ser responsável pelo nascimento de gémeas cujo ADN foi manipulado para as tornar resistentes ao vírus da Sida.

Na mesma conferência internacional, um antigo prémio Nobel David Baltimore afirmou que o trabalho do cientista chinês mostrou uma falha de autorregulação entre os cientistas.

Baltimore sublinhou que o trabalho de He “seria considerado irresponsável” porque não atendia a critérios com os quais muitos cientistas concordaram há vários anos, antes de a manipulação genética sequer ser considerada.

He disse que as gémeas nasceram este mês e que foram concebidas para permitir resistir a possíveis futuras infeções pelo vírus da Sida.

Alerta contra reação adversa

Outro proeminente cientista norte-americano que discursou na conferência, o reitor da Escola de Medicina de Harvard, George Daley, alertou contra uma reação adversa à alegação de He. Daley argumentou que seria lamentável se um passo em falso com um primeiro caso levasse cientistas e órgãos reguladores a rejeitar o bem que podia advir da alteração do ADN para tratar ou prevenir doenças.

Ainda não há confirmação independente da alegação do cientista chinês, mas cientistas e reguladores foram rápidos em condenar a experiência como antiética e não-científica.

A Comissão Nacional de Saúde chinesa ordenou que as autoridades locais na província chinesa de Guangdong investigassem as ações de He Jiankui, enquanto o seu empregador, a Universidade de Ciência e Tecnologia do Sul, em Shenzhen, e anunciou também ter aberto um inquérito.

He estudou nas universidades de Rice e Stanford nos Estados Unidos antes de regressar à terra de origem para abrir um laboratório na Universidade de Ciência e Tecnologia do Sul da China, onde também tem duas empresas de genética.

Um cientista norte-americano garantiu ter trabalhado com He neste projeto. Trata-se do professor de física e bioengenharia Michael Deem, que foi conselheiro de He na Universidade de Rice, em Houston. Deem também detém “uma pequena participação” nas duas empresas de He Jiankui, disse.

Todos os homens do projeto tinham VIH, enquanto que todas as mulheres não, mas a manipulação genética não visava evitar o pequeno risco de transmissão, explicou.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Os olhos são (mesmo) o espelho da alma. Estudo revela que experiências traumáticas afetam as pupilas

Uma nova investigação acaba de revelar que as pupilas podem revelar se uma pessoa sofreu uma experiência traumática no passado. Recentemente, uma equipa de investigadores da Universidade de Swansea, no Reino Unido, descobriu que as pupilas …

No Japão, é possível contratar um agente privado para sabotar a sua própria relação

Na Terra do Sol Nascente, é possível contratar um agente privado para sabotar a sua própria relação (sem ter de arcar com as culpas). De acordo com a BBC, estes agentes privados chamam-se "wakaresaseya" e têm …

Arqueologia estelar revela restos de antigo enxame globular. É o "último do seu género"

Uma equipa de astrónomos, incluindo Ting Li e Alexander Ji do Instituto Carnegie, descobriu uma corrente estelar composta pelos restos de um antigo enxame globular que foi dilacerado pela gravidade da Via Láctea, há 2 …

Petição para Reino Unido incluir Portugal no corredor aéreo com quase 30 mil assinaturas

O jornal em língua inglesa com maior circulação em Portugal lançou uma petição pela Internet a pedir ao Governo britânico para reconsiderar e incluir Portugal no corredor aéreo com o Reino Unido, já assinada por …

eBussy é o novo elétrico modular que se transforma em 10 carros diferentes

10 em 1. O eBussy, um veículo elétrico projetado pela alemã ElectricBrands, permite variar a carroçaria numa dezena de configurações diferentes. A fabricante alemã ElectricBrands revelou o seu mais recente carro-conceito: o eBussy, um elétrico modular capaz …

República Dominicana nega que Juan Carlos tenha entrado no país

A imprensa espanhola noticiou, esta terça-feira, que o rei emérito de Espanha estaria na República Dominicana, depois de ter anunciado que ia viver para fora. Mas as autoridades deste país negam essa informação. De acordo com …

Fome causada pelo coronavírus mata 10 mil crianças todos os meses

A cada mês que passa, 10 mil crianças morrem devido à fome causada pela pandemia do novo coronavírus. Há ainda 500 mil crianças malnutridas todos os meses. A pandemia do novo coronavírus está a intensificar problemas …

Lava Jato usou os mesmos métodos de espionagem clandestina que o FBI

A operação Lava Jato usou os mesmos métodos de espionagem utilizados por John Edgar Hoover, o temível líder do FBI durante quase 50 anos. Durante quase 50 anos, John Edgar Hoover liderou o FBI, ficando conhecido …

Por três dólares, já é possível comer refeições de avião em casa

A empresa Tamam Kitchen, líder na produção de alimentos para várias companhias aéreas de Israel, decidiu vender ao público e a baixo custo as refeições que habitualmente vende a empresas de aviação e que depois …

Ministério Público está a investigar acidente com Alfa Pendular em Soure

O Ministério Público está a investigar o descarrilamento do comboio Alfa Pendular, em Soure, que, na última sexta-feira, provocou dois mortos, oito feridos graves e 36 feridos ligeiros. Questionada na sexta-feira pela agência Lusa, a Procuradoria-Geral …