Mulher que atirou filhas ao rio Tejo condenada a 25 anos de prisão

(dr) João Miguel Rodrigues / CM

-

A mulher acusada do duplo homicídio das filhas, de 19 meses e quatro anos, na praia da Giribita, em Oeiras, foi esta quarta-feira condenada pelo Tribunal de Cascais a 25 anos de prisão efetiva.

Na leitura da sentença, o coletivo de três juízas do Tribunal de Cascais considerou que Sónia Lima “entrou com as filhas no mar com o propósito de lhes tirar a vida”.

“A arguida agiu de forma livre, deliberada e conscientemente, com o propósito concretizado de tirar a vida às suas filhas. […] Sabia que era uma conduta punível por lei”, afirmou a presidente do coletivo.

Em fevereiro do ano passado, a mulher entrou no mar com as duas filhas menores, de 19 meses e quatro anos respetivamente, junto ao forte de Geribita, em Oeiras, numa alegada tentativa de suicídio.

Sónia acabou por sair da água em estado de choque e com sinais de hipotermia. A bebé foi alvo de manobras de reanimação, sem êxito, e foi dada como morta ainda no areal. A filha mais velha esteve desaparecida e, mais tarde, o corpo acabou por ser encontrado.

A mulher de 37 anos, que estaria em depressão profunda, estava a disputar a guarda das crianças na Justiça com o pai das menores.

As duas crianças estavam sinalizadas pela Comissão de Menores, depois de Sónia ter apresentado queixa contra o ex-companheiro por abuso sexual e violência doméstica. Na altura, o pai das crianças negou todas as acusações.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “…depois de Sónia ter apresentado queixa contra o ex-companheiro por abuso sexual e violência doméstica. Na altura, o pai das crianças negou todas as acusações.”
    Está mesmo na cara… mesmo que a mulher seja culpada e mesmo que não tenha razão, os tribunais e as pessoas, regra geral, acreditam muito mais facilmente na mulher que no homem… aí está a prova de que quem acusou o marido de abuso sexual e violência doméstica tenha levado as filhas para o mar… as palavras leva-as o vento mas a acção permanece…

RESPONDER

Relógio japonês parado pelo terramoto de 2011 volta a funcionar novamente (graças a outro sismo)

Um relógio japonês com 100 anos de idade que deixou de funcionar depois do devastador terramoto de 2011 voltou a trabalhar após um novo sismo este ano. De acordo com o jornal Maunichi Shumbun, o relógio, …

Ventura tem "receio" que partido seja ilegalizado

Este domingo, o Chega vai organizar uma manifestação contra a ilegalização do partido. André Ventura admitiu ter um "receio muito significativo". O Observador avança que a manifestação tem início no Príncipe Real, passa pelo Tribunal Constitucional …

Três mortos e 441 novos casos em Portugal

Este domingo, Portugal regista mais três mortes e 441 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …

Grande Crise do Ketchup. A pandemia atacou um mercado improvável (e já há um mercado negro para o molho)

Os problemas da cadeia de suprimentos estão a chegar a um canto distante do universo empresarial: os pacotes de ketchup. O ketchup é o molho de mesa mais consumido nos restaurantes dos Estados Unidos, com cerca …

Autoridades brasileiras ilibam João Loureiro

João Loureiro já não é suspeito no processo que envolve a apreensão de um avião com 500 quilos de cocaína, segundo as autoridades brasileiras. As autoridades brasileiras descartaram, este sábado, qualquer ligação do advogado português João …

No Canadá, há dois rios que se encontram (mas não se misturam)

Em Nunavut, no Canadá, há dois rios que se encontram, mas não perdem a sua aparência individual enquanto se movem sinuosamente pela tundra. O Back River flui para o norte em direção ao Oceano Ártico. Ao …

Russos acusados de explosão na República Checa são suspeitos de envenenar Skripal

Os dois suspeitos russos, envolvidos na explosão que matou duas pessoas em 2014 na República Checa, têm os mesmos passaportes que os dois homens acusados de envenenar, com o agente nervoso novichok, o espião Sergei …

Numa cidade na Nova Zelândia, a Páscoa resume-se a exterminar coelhos

Em Alexandra, na região de Otago, os coelhos são considerados pragas, uma espécie que ameaça a biodiversidade do país e a agricultura. Elle Hunt, correspondente do The Guardian em Auckland, na Nova Zelândia, escreveu um artigo …

Reavaliação de barragens da EDP ficou por fazer, depois de Governo ter recuado na decisão

No início do ano passado, o ministério do Ambiente considerou ser necessário reavaliar as barragens da EDP, mas a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e a Parpública disseram não ter competências para fazer a avaliação …

Portugal bateu recorde de vacinação no sábado. Foram administradas 120 mil vacinas

Este sábado, Portugal registou um recorde diário de pessoas vacinadas contra a covid-19. No total, foram administradas 120 mil doses da vacina. De acordo com os números avançados pela task force responsável pelo plano de vacinação, …