Morte de Khashoggi foi um “erro monumental”. Riade diz não saber do corpo

Erdem Sahin / EPA

Em entrevista à Fox News, o ministro dos Negócios Estrangeiros saudita, Adel al-Jubeir, afirmou neste domingo não saber onde se encontra o corpo do jornalista Jamal Khashoggi, considerando que a sua morte foi um “erro monumental”.  

“Descobrimos que foi morto no consulado [saudita em Istambul]. Não sabemos como, em detalhe. Não sabemos onde está o corpo”, declarou o chefe da diplomacia saudita, a partir de Riade, em entrevista à televisão norte-americana Fox News.

O chanceler saudita considerou o incidente um “erro monumental”, acrescentando que o príncipe herdeiro saudita, Mohammed bin Salman, “não foi informado” da operação, que não foi sequer autorizada pelo poder.

“Os indivíduos que fizeram isso atuaram fora do seu campo de responsabilidade. Foi feito um erro monumental, agravado pela tentativa de o esconder”, disse o ministro. Apesar do enorme erro, o ministro dos Negócios Estrangeiros saudita disse estar convencido de que os laços entre Riade e Washington vão resistir a esta situação.

O chefe de diplomacia do reino disse que a investigação está ainda numa fase inicial e afirmou que o presidente saudita, Salmán bin Abdulaziz, quer que os responsáveis pela morte do jornalista Khashoggi “apresentem contas”.

“Os indivíduos fizeram isto fora do alcance da sua autoridade”, disse Al Jubeir, descrevendo o que aconteceu como uma “operação desonesta”, garantindo que nenhum dos envolvidos tinha laços estreitos com o monarca saudita Bin Abdulaziz.

Khashoggi, jornalista saudita residente nos Estados Unidos desde 2017, era apontado como uma das vozes mais críticas da monarquia saudita. O jornalista, de 60 anos, entrou no consulado da Arábia Saudita em Istambul no dia 2 de outubro para obter um documento para casar com uma cidadã turca e nunca mais foi visto.

De acordo com notícias que foram publicadas na Turquia e nos EUA, as autoridades turcas têm provas de que o jornalista foi torturado e assassinado no consulado.

Também neste domingo, um oficial saudita falou sob anonimato à Reuters, revelando que Khashoggi terá morrido nas mãos de um grupo de 15 sauditas que estariam no consulado de Istambul. O incidente terá ocorrido depois de este grupo entrar em confronto com o jornalista, que terá levantado a voz ao sentir-se ameaçado.

Os contornos da sua morte são ainda certos e foi só neste sábado, mais de três semanas depois do seu desaparecimento, que a Arábia Sauddita confirmou a sua morte no interior do consulado. Até então, o reino negava qualquer envolvimento ou responsabilidade no desaparecimento do jornalista saudita.

Príncipe tem mentalidade de um “líder tribal”

Pouco antes da sua morte, Jamal Khashoggi criticou o “governo autoritário” e a mentalidade de “líder tribal” príncipe Mohammed bin Salman numa entrevista secreta que apenas foi publicada após a sua morte ter sido confirmada.

Em declarações à Newsweek, que estava a desenvolver um artigo sobre liderança e o poder em Riade, Khashoggi rejeitou ser a “oposição”, afirmando que queria apenas uma “Arábia Saudita” melhor. O jornalista dizia não estar a pedir para o regime ser derrubado, apenas pretendia que uma “reforma”.

Quanto ao príncipe herdeiro, Jamla Khashoggi teceu duras críticas, considerando-o um “líder tribal antiquado“, que não tem qualquer contacto com os pobres da Arábia.

“Às vezes, sinto que [o príncipoe] quer aproveitar os frutos da modernidade no primeiro mundo e em Silicon Valley, e nos cinemas mas, ao mesmo tempo, também quer governar da mesma forma que seu avô governou a Arábia Saudita”, disse Khashoggi, acrescentando que o príncipe “ainda não vê o povo”, e só quando o começar a fazer é que a “verdadeira reforma começará”.

ZAP // Lusa / RT

PARTILHAR

RESPONDER

Marcelo nada diz sobre eventual candidatura de Ana Gomes à Presidência da República

O Presidente da República recusou esta quinta-feira comentar, em Israel, uma possível candidatura presidencial da ex-eurodeputada do PS Ana Gomes. "Eu não faço comentários sobre a vida política portuguesa", justificou Marcelo Rebelo de Sousa, quando questionado …

Defeito nos travões força Metro do Porto a andar devagar. Falha foi detetada há um ano

O descarrilamento de um metro na estação de Campanhã foi provocado por um defeito nos patins eletromagnéticos. A avaria afeta vários veículos da frota do Metro do Porto. No passado dia 2 de janeiro, uma falha …

Soares da Costa acusada de ajudar hotel-fantasma a "sacar" 1,2 milhões de euros ao Estado

A Soares da Costa e dois ex-responsáveis de um dos maiores grupos de construção civil portugueses estão acusados de fraude e de branqueamento de capitais num processo judicial que envolve um hotel-fantasma, que nunca foi …

Chega vai organizar angariação de fundos para a pediatria do S. João (mas hospital não sabe de nada)

O partido Chega, liderado por André Ventura, vai realizar um jantar no Mercado Ferreira Borges, no Porto, esta sexta-feira, e anunciou que parte da receita reverte para o serviço de Oncologia Pediátrica do S. João. …

Isabel dos Santos também sai da Efacec. Era "o negócio mais vulnerável" da empresária em Portugal

A Efacec anunciou, nesta sexta-feira, que Isabel dos Santos decidiu "sair da estrutura accionista" da empresa, "com efeitos definitivos". Uma decisão que surge no âmbito do "Luanda Leaks" que implica a empresária no desvio de …

Há pessoas a fingir serem funcionários da Segurança Social

A Segurança Social está a alertar para situações de fraude e roubo por pessoas que se fazem passar por funcionários que prometem prémios. Esta sexta-feira, o Instituto da Segurança Social alertou para situações de fraude e …

Já chegaram à Assembleia da República quase 600 propostas de alteração ao Orçamento

Nos serviços do Parlamento já deram entrada quase 600 propostas de alteração ao Orçamento do Estado para 2020. A esquerda domina a lista de mudanças. O PCP foi o partido que mais alterações colocou em cima …

Brexit já recebeu luz verde da Comissão e do Conselho Europeu

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, formalizaram esta sexta-feira o Acordo de Saída do Reino Unido da União Europeia (UE), faltando agora apenas a …

Isabel dos Santos esteve em Portugal, mas saiu na hora da reunião entre procuradores

No mesmo dia, Isabel dos Santos chegou e saiu de Portugal, onde esteve em Lisboa para conceder "plenos poderes" aos seus representantes legais no processo de alienação do capital do Eurobic. Isabel dos Santos esteve em …

Invencível fora de portas. Benfica é quase caso único nas grandes ligas

O Benfica é uma das três equipas das grandes ligas europeias que ainda não perdeu fora de casa para o campeonato, esta temporada. As 'águias' venceram todos os oito jogos. Jogar em casa costuma ser um …