“Não temos um presidente”. Moedas arrasa Medina após divulgação da auditoria à CML

Mário Cruz / Lusa

A auditoria interna da Câmara Municipal de Lisboa, apresentada ontem por Fernando Medina, está longe de pôr fim à polémica em torno do envio de dados pessoais de manifestantes a embaixadas estrangeiras.

O presidente da Câmara de Lisboa revelou que a autarquia enviou dados pessoais de manifestantes a embaixadas 52 vezes, desde que entrou em vigor o Regime Geral de Proteção de Dados (RGPD), em 2018.

Medina assumiu os erros e as responsabilidades e acabou por afastar um dos responsáveis pela RGPD da instituição. Contudo, há quem ainda não esteja satisfeito com as explicações dadas, ou neste caso, com a falta delas.

É o caso de Carlos Moedas. O candidato do PSD à autarquia, e principal oponente de Fernando Medina, considera que a situação vem mostrar que “não temos um presidente da Câmara de Lisboa”, já que as responsabilidades políticas ficaram por assumir.

O ex-eurodeputado disse aos jornalistas, numa conferência de imprensa realizada na sede distrital do PSD de Lisboa, que a situação o deixa mais preocupado “do que a primeira intervenção de Fernando Medina”.

Segundo o candidato social-democrata, o que Medina apresentou na manhã de ontem foi uma “autoavaliação”, o que o leva a questionar a credibilidade de “uma auditoria interna apresentada pelo visado”.

Anteriormente, quando o caso veio a público, Carlos Moedas pediu a demissão de Fernando Medina, algo que o atual presidente da CML recusou. “A quatro meses de autárquicas, aceitar um pedido de demissão e apresentar um processo de recandidatura é um número impróprio da confiança que os cidadão precisam”, referiu.

“Bode expiatório”

Depois da apresentação de Medina esta sexta-feira, a oposição à direita responde em bloco.

Um dos vereadores do PSD na Câmara, João Pedro Costa, afirma ao Expresso que a exoneração de um membro da CML é um sinal de que Medina encontrou “o bode expiatório atrás do balcão”.

O vereador afirma que a apresentação desta manhã dava a entender que se tratava de “uma entidade terceira a fazer uma auditoria à CML”, o que não é verdade.

Entre as pontas soltas, está para o PSD a mais grave politicamente: como é que Fernando Medina não sabia da transferência de dados?

“Até acredito que Medina pessoalmente não soubesse. Mas algum responsável político validou a alteração de procedimentos em abril”, afiança João Pedro Costa.

À direita do PSD em Lisboa, as críticas vão no mesmo sentido. Assunção Cristas remeteu reações para a próxima semana, quando será discutida a proposta do partido de fazer uma auditoria externa a todos os serviços da câmara. Contudo, a centrista também frisa o problema da falta de respostas claras.

Por sua vez, Francisco Rodrigues dos Santos, voltou a pedir a demissão de Medina, que “tentou ensaiar umas trocas e baldrocas para, no fundo, termos mais do mesmo com os mesmos, e a culpa morrer solteira do ponto de vista das responsabilidades políticas”.

Também João Ferreira, vereador e candidato a Lisboa pelo PCP, havido considerado este procedimento “inaceitável e injustificável”.

Por enquanto, à esquerda, os principais líderes ainda não se pronunciaram. Beatriz Gomes Dias, candidata do Bloco de Esquerda a Lisboa, falou apenas numa “inadmissível violação da lei” no momento em que a notícia foi tornada pública.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal com mais seis mortes e 2316 novos casos de covid-19

Portugal registou, esta terça-feira, mais seis mortes e 2316 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 2316 novos …

Um quarto dos processos às companhias aéreas por falta de testes à covid já resultou em multas pagas

A Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) instaurou, entre 2020 e a semana passada, 539 processos a 40 companhias aéreas por transportarem passageiros para o território nacional sem o respetivo teste negativo à covid-19. Cerca …

Colômbia pede que a Venezuela seja declarada como país promotor do terrorismo

A Colômbia pediu esta segunda-feira aos EUA que declarem a Venezuela como país promotor do terrorismo por alegadamente "proteger" guerrilheiros colombianos do Exército de Libertação Nacional (ELN) e do Grupo Armado Residual (Gaor 33, composto …

Treze meses depois, Coreias voltam a falar ao telefone

As comunicações telefónicas estavam cortadas entre as duas Coreias desde junho de 2020, mas os dois países retomaram os contactos esta terça-feira. As duas Coreias retomaram esta terça-feira a comunicação telefónica 13 meses depois de ter …

Benfica: Kaio Jorge não quer jogar em Portugal (e alínea pode impedir saída)

Santos aceitou proposta vinda da Luz mas o jovem avançado prefere o campeonato italiano. E ainda há uma alínea no contrato que vai ser analisada. O Benfica apresentou uma proposta pela contratação de Kaio Jorge, com …

Quase 70% dos internados em UCI têm menos de 59 anos

Quase 70% dos doentes com covid-19 em unidades de cuidados intensivos (UCI) têm menos de 59 anos, revelou a Ordem dos Médicos, indicando que em enfermaria os doentes abaixo dessa faixa etária são cerca de …

Reunião no Infarmed. Especialistas propõem plano de quatro níveis (e a máscara cai no nível 2)

A sede da Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed), em Lisboa, voltou a acolher mais uma reunião de peritos esta terça-feira. Foi apresentada uma proposta de alteração da matriz de risco. Portugal não está em condições de …

Mais de 11.300 suspeitas de reações adversas às vacinas registadas em Portugal

Mais de 11.300 suspeitas de reações adversas às vacinas contra a covid-19 foram registadas em Portugal e houve 68 casos de morte comunicados em idosos, mas não está demonstrada a relação causa-efeito, segundo o Infarmed. De …

Incêndios "sem precedentes" devastam Sardenha

Condições climatéricas adversas e severas, como altas temperaturas e ventos fortes, estiveram na origem dos incêndios florestais que se registaram em vários países do sul do continente europeu, como Itália, Espanha, França ou Grécia. A ilha …

Gabriel foi afastado do plantel e pode ser reforço de Rui Vitória

Jorge Jesus não conta com Gabriel para a próxima temporada e já colocou o médio a treinar à parte do plantel, acompanhado por um preparador físico. O Benfica está a trabalhar com o representante do jogador …