Ministro da Educação tentou travar nomeações do secretário de Estado

(dr) O Minho

O ministro da educação, Tiago Brandão Rodrigues

O Secretário de Estado da Juventude João Wengorovius Meneses e o ministro da Educação entraram em choque por supostas interferências nas nomeações.

De acordo com o Expresso, as divergências prendiam-se com a escolha de pessoas para alguns cargos, sendo que nos últimos tempos também a relação entre o secretário de Estado e o seu chefe de gabinete – mais próximo do ministro, Tiago Brandão Rodrigues – se tinha degradado.

“Não saí por nenhum episódio em especial, mas por um avolumar de situações contrárias à minha forma de gerir recursos, pessoas e maneira de estar na política”, descreve o secretário de Estado demissionário.

A demissão de João Wengorovius Meneses foi anunciada na terça-feira à noite, através de uma nota colocada no site da Presidência da República que dava conta da tomada de posse, esta quinta-feira, do seu sucessor, o deputado do PS de Viseu João Paulo Rebelo, em conjunto com os novos ministro e secretário de Estado da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes e Miguel Honrado.

O próprio confirmou-a com uma nota no Facebook em que assumiu “o seu profundo desacordo com o sr. ministro da Educação no que diz respeito à política para a juventude e o desporto, e ao modo de estar no exercício de cargos públicos”.

O Diário de Notícias descreve que João Wengorovius Meneses ter-se-á demitido devido a uma crescente intervenção do ministro no seu gabinete.

De acordo com o DN, Tiago Brandão Rodrigues estaria a tentar interferir em nomeações do secretário de Estado demissionário para institutos na sua dependência, nomeadamente o Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) e a Movijovem, que gere as pousadas de juventude.

O ministro terá também dado ordens diretas a Joana Branco Lopes, adjunta de Wengorovius Meneses, proibindo-a de representar a secretaria de Estado em reuniões.

No Facebook,  Joana Branco Lopes desabafou: “É tempo de arrumar a trouxa, com o sentimento de que dei tudo à causa pública a que fui chamada, com a máxima lealdade, dedicação e competência, apesar do bullying político constante.”

A Wengorovius Meneses foi ainda atribuído um chefe de gabinete, Nuno Félix, que o terá sujeito a situações de exposição pública com as quais não contava, e a quem tentou demitir – mas o ministro não o permitiu.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

De Cristas aos encontros com Salgado. PS já tem 14 perguntas sobre o Novo Banco para Passos

Depois de Carlos Moedas e Cavaco Silva, o PS já tem perguntas que quer fazer ao ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho no âmbito da comissão de inquérito ao Novo Banco.  De acordo com o semanário Expresso, o …

Um quarto da população portuguesa tem imunidade à covid-19

O Painel Serológico Longitudinal Covid-19 estima em 27% a taxa de imunidade à covid-19 para a população em Portugal. Até março, 13% da população teria sido infetada Um estudo hoje divulgado estima que 13% da população …

Pfizer admite que deverá ser necessária uma terceira dose (e ser vacinado anualmente)

O CEO da Pfizer, Albert Bourla, disse que as pessoas vão, “provavelmente”, precisar de uma dose de reforço da vacina contra a covid-19, 12 meses após serem totalmente vacinadas. “Um cenário provável é que haja necessidade …

Ninguém quer "a batata quente" do caso Sócrates. Ivo Rosa e Carlos Alexandre com nota máxima

Os juízes Ivo Rosa e Carlos Alexandre foram avaliados com a nota máxima de "Muito Bom" pelo Conselho Superior da Magistratura em inspecções realizadas entre 2013 e 2018, ou seja, abarcando o período da investigação …

Clubes alemães atentos a Tiago Dantas depois da sua estreia como titular

A titularidade do jovem português na equipa do Bayern, no último sábado, despertou a atenção dos clubes alemães para o médio cedido pelo Benfica. Tiago Dantas, de 20 anos, fez a sua estreia como titular do …

Chega aposta em Hugo Ernano, o militar que atingiu mortalmente rapaz de 13 anos

O cabeça-de-lista do Chega para a Câmara Municipal de Odivelas vai ser o líder do núcleo local, Nuno Beirão, e o militar da Guarda Nacional Republicana (GNR) Hugo Ernano candidata-se à Assembleia Municipal. Hugo Hernano, candidato …

Taarabt reencontrou a sua boa forma, mas o Benfica quer vendê-lo

O Benfica está disposto a ouvir propostas que cheguem por Adel Taarabt, o marroquino que tem dado cartas no meio-campo das 'águias'. A caminho dos 32 anos de idade, Taarabt não vai para novo, mas tem …

Vacina russa Sputnik V pode vir a ser produzida em Sintra

O Presidente da câmara de Cascais fez de intermediário para que viesse para Portugal uma licença de produção da Sputnik V. António Costa não se opõe, mas lembra que a vacina ainda não foi aprovada …

FC Porto admite batalha legal com o Sporting devido ao caso Palhinha

Os azuis e brancos contestam a utilização de João Palhinha no jogo frente ao Benfica, a contar para a 16.ª jornada da Liga, e admitem uma batalha legal. A polémica está relacionada com a utilização …

Supremo recusa levantar arresto de bens a Rui Rangel e Fátima Galante

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou, esta quinta-feira, recursos dos ex-juízes, arguidos no processo "Operação Lex", que contestavam o arresto dos seus bens. No acórdão proferido, a que a agência Lusa teve acesso, o Supremo …