Ministro para o Brexit demite-se em rutura com Theresa May

Andy Rain / EPA

David Davis, ministro britânico encarregado da saída da União Europeia

O ministro britânico responsável pelas negociações do Brexit, David Davis, demitiu-se este domingo do Governo britânico. A demissão terá sido motivada após rutura com a primeira-ministra, Theresa May.

May já encontrou substituto para Davis, anunciando Dominic Raab como novo Secretário do governo para assumir a liderança das negociações para o Brexit.

A demissão de uma das vozes mais fortes na defesa do Brexit surge duas semanas depois do Governo britânico promulgar a Lei de saída do Reino Unido da União Europeia, que tornou irreversível o processo do Brexit.

Na carta de demissão endereçada à primeira-ministra Theresa May, David Davis defende que o plano acordado em Chequers, no Reino Unido, “não irá certamente devolver” ao Reino Unido o controlo sobre as suas leis, segundo noticia o The Guardian.

Davis não concorda com a abordagem da primeira-ministra britânica, considerando que o plano não significa um verdadeiro corte com Bruxelas. Segundo Davis, o acordo de sexta-feira propõe uma “área de comércio livre Reino Unido-União Europeia”, governada por um “livro de regras comum”.

A demissão de Davis foi rapidamente seguida por outros dois governantes – Steve Baker e Suella Braverman -, dois adjuntos envolvidos nas negociações para saída do Reino Unido da União Europeia, obrigando agora Theresa May a reorganizar o seu Governo.

Em reação à demissão de Davis, May lamentou a sua saída a “apenas 8 meses da data estabelecida na lei” para o Reino Unido abandonar a União Europeia. A primeira-ministra disse ainda não concordar com a descrição de Davis sobre o acordo alcançado em Chequers, na casa de campo da chefe do executivo britânico.

A lei que oficializa a saída da União Europeia revoga a lei de adesão do Reino Unido à Comunidade Europeia em 1973, e transfere as normas europeias para o direito britânico, facilitando assim o Brexit. A mesma lei determina que essa saída vai acontecer dentro de 276 dias, a 29 de Março de 2019.

May “não tem qualquer autoridade”

As reações também chegaram da oposição. O trabalhista Jeremy Corbyn, líder da oposição, defende que a demissão de Davis, “num momento tão crucial, mostra que Theresa May não tem qualquer autoridade e é incapaz de cumprir com o Brexit”, disse recorrendo à sua conta do Twitter.

“Com o Governo num caos, se May não se demitir, torna-se claro que está mais interessada em agarrar-se aos seus próprios interesses do que em servir as pessoas do nosso país”, acrescentou Corbyn.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Eduardo Cabrita diz que polícias compram equipamento "porque querem"

O ministro da Administração Interna afirmou que os agentes policiais que compram equipamento de proteção do seu próprio bolso fazem-no porque o querem. Numa entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, divulgada este fim-de-semana, o …

Chuva deixa Austrália entre incêndios e cheias. Número de mortos sobe para 29

A chuva trouxe algum alívio aos bombeiros e habitantes do leste da Austrália, mas também causou cheias e novos problemas. As equipas ainda combatem cerca 100 focos de incêndio na região e o número de …

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …

Afinal, Irão já não vai pedir ajuda para analisar caixas negras do avião

O Irão recuou na intenção de enviar para análise as gravações da caixa negra do avião ucraniano, que abateu acidentalmente na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais, revelou a agência noticiosa iraniana. Citado …

Bruno Fialho sucede a Marinho e Pinto na liderança do PDR

Bruno Fialho é o novo presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), ao obter 75% dos votos na eleição deste sábado para escolher o sucessor de António Marinho e Pinto, que anunciou o abandono do cargo …

Legislador russo culpa "arma climática" dos EUA pelo inverno quente de Moscovo

Alexei Zhuravlyov, membro da câmara baixa do Parlamento da Rússia (Duma), culpou uma alegada "arma climática" secreta dos Estados Unidos pelas anómalas temperaturas que se fizeram sentir este inverno em Moscovo.  Em declarações à estação de …

Nova espécie de louva-a-deus empala as suas presas como se fossem fondue

O Carrikerella simpira, uma nova espécie de louva-a-deus, caça as suas presas perfurando-as de um lado ao outro com as suas patas em forma de tridente. Cientistas descobriram uma nova espécie de louva-a-deus com uma característica …

Astrónomos descobrem que o fósforo foi gerado na formação de estrelas

Astrónomos descobriram que o fósforo, elemento químico essencial à vida, se constituiu durante a formação de estrelas e sugerem que chegou à Terra através de cometas. Uma equipa de astrónomos detetou monóxido de fósforo na região …

Nova máquina repara e mantém fígados vivos fora do corpo humano durante uma semana

Um novo sistema consegue manter um fígado humano vivo fora do corpo durante sete dias, período no qual o órgão danificado pode ser reparado e preparado para o transplante. As tecnologias convencionais conseguem sustentar um fígado …