Mileva Einstein ajudou a estudar a Teoria da Relatividade (mas viveu na sombra do marido)

“Demasiado intelectual” e “velha bruxa”. Estes são alguns dos comentários que a família de Albert Einstein fez àquela que foi a primeira mulher do cientista.

Mas esta relação nem sempre foi assim. Antes do divórcio, em 1916, ambos tinham sido estudantes no Instituto Politécnico de Zurique, uma das poucas universidades da Europa que, na época, admitia mulheres.

Foi lá que se conheceram, tendo como interesso comum o amor pela ciência. As qualificações de Mileva não deixam dúvidas de que terá sido uma física brilhante, tendo algumas vezes notas mais altas que Albert.



A correspondência revela que, em 1900, antes de se terem casado, Mileva engravidou. Apesar de não se saber com certezas o paradeiro da primeira filha do casal, acredita-se que terá falecido após ter contraído escarlatina.

Diversas biografias sugerem que a etapa como estudantes foi o início de muitos anos anos de colaboração pelos quais Mileva recebeu pouco reconhecimento. Além disso, os filhos de ambos acabaram por afastá-la da ciência.

“Durante as férias escolares, que muitas vezes passavam afastados, trocavam numerosas cartas em que Albert constantemente se referia à sua colaboração”, explicou ao programa Today da BBC, Pauline Gagnon, física sénior do CERN.

De facto, as 43 cartas entre os dois cientistas, que foram preservadas, falam dos “nossos trabalhos”, da “nossa teoria da relatividade”, do “nosso ponto de vista” e dos “nossos artigos”.

Mas também há numerosos testemunhos de pessoas que os viram trabalhar juntos. “Até mesmo o filho, Hans Albert, lembra-se de vê-los a trabalhar juntos dia e noite na mesa da cozinha”, acrescenta Gagnon.

Isso aconteceu em 1905, quando Albert publicou as suas obras mais importantes: quatro artigos no Annalen der Physik, que mudaram as leis da física para sempre, incluindo a teoria da relatividade.

Quando se divorciaram, concordaram que se Albert ganhasse o Prémio Nobel, Mileva manteria o prémio em dinheiro. Em 1921, Einstein recebeu o prémio no ramo da Física em 1921, estando separado de Mileva há dois anos e já se havia casado novamente.

Quando Albert fez o seu testamento e deixou o prémio em dinheiro ao filhos, acredita-se que a ex-mulher o ameaçou que iria revelar a sua participação no trabalho. Mas o cientista aconselhou-a a ficar calada.

“Eliminar da história da ciência mulheres brilhantes como Mileva não ajuda no trabalho de demonstrar que as mulheres são tão capazes quanto os homens”, disse Gagnon.

A vida depois de Albert foi difícil para Mileva e ela sofreu vários problemas económicos. Em 1930, o filho Eduard foi diagnosticado com esquizofrenia, tendo a mulher passado o resto de sua vida a cuidar dele.

ZAP // BBC

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. “Eliminar da história da ciência mulheres brilhantes como Mileva não ajuda no trabalho de demonstrar que as mulheres são tão capazes quanto os homens”, disse Pauline Gagnon.

    Será que Pauline Gagnon considera que se deve exclusivamente a um concertado acto de discriminação o facto de, em toda a história dos prémios, apenas terem existido 3 mulheres vencedoras do Prémio Nobel da Física de um total de 208 laureados? (0.15%)
    Ou só lhe interessa explorar o caso de Mileva para sustentar a sua retórica feminista?

    • Será que Tiago Vasconcelos ironiza uma causalidade onde deveria apenas constatar uma correlação?
      Ou só lhe interessa explorar uma elação ilógica e ridícula para sustentar o seu balido machista?

      Ninguém diria que o não-reconhecimento do trabalho de Milene foi a causa da disparidade existente em entregas de prémios Nobel, só um calhau conspiracionista alegaria isso. Mas se calhar ambas as situações são demonstrativas da discriminação do género feminino na comunidade científica, que sempre houve e ainda há. Mas olhe, os “feministas” (de quem tem tanto medo) até agradecem esse 0.15% que apresenta, que claramente reforça essa ideia. Boa forma de dar um tiro no pé.

  2. Essa história está retratada em Genius. Acredito que o prêmio foi para ela como forma de recompensar a ajuda nas pesquisas e para ajudar nas despesas com os filhos.

RESPONDER

Pintura de David Bowie comprada por três euros vai agora ser leiloada por milhares

A pintura do ícone do rock, David Bowie, deverá ser vendida por milhares de dólares num leilão de arte online. O retrato, intitulado "DHead XLVI", faz parte de um conjunto de aproximadamente 47 obras que David …

Vila Nova de Milfontes vai ter praia para cães

A praia pet friendly, que fica próxima de Furnas-Rio, vai funcionar já esta época balnear de forma experimental. Uma praia concessionada que também admite cães vai funcionar, nesta época balnear, de forma experimental, em Vila Nova …

Podia ser um quadro de Dalí, mas é só o degelo glacial na Islândia

Na Islândia, o degelo glacial criou uma paisagem deslumbrante que o fotógrafo espanhol Manuel Ismael Gómez de Almería não deixou passar em branco. Faz lembrar a arte surrealista de Salvador Dalí, mas é uma versão ampliada …

Digby, o cão dos bombeiros, ajudou a salvar uma mulher do suicídio

O cão Digby desempenhou um importante papel ao salvar uma mulher que estava a ponderar pôr fim à sua própria vida no Reino Unido. Digby é um cão terapeuta que ajuda as pessoas a lidar com …

Seca pode ser a "próxima pandemia e não há vacinas que a curem", alerta a ONU

A seca e a escassez de água podem afetar o planeta de forma sistémica se não forem tomadas medidas urgentes sobre a gestão da água e dos solos, alertou a Organização das Nações Unidas (ONU) …

Três portugueses morrem em desabamento de escola na Bélgica

O desabamento de uma escola em construção em Antuérpia, na Bélgica, provocou, esta sexta-feira, a morte de três portugueses. As circunstâncias em que o desabamento ocorreu ainda não são conhecidas. Fonte consular portuguesa confirmou à RTP …

António Oliveira desiste de candidatura à Câmara de Gaia

Esta sexta-feira, numa reunião de emergência, António Oliveira, candidato à Câmara de Vila Nova de Gaia, anunciou ao líder do PSD, Rui Rio, a sua desistência da corrida eleitoral. António Oliveira tinha sido a escolha de …

Elemento da comitiva olímpica portuguesa recusou vacina

Todas as outras pessoas que estarão em Tóquio, a representar Portugal, já foram vacinados contra a COVID-19. Quase todos os membros da comitiva olímpica portuguesa, que vão estar nos Jogos Olímpicos de Tóquio, foram vacinados contra …

Os balões incendiários são a mais recente arma nas tensões Israel-Hamas

Durante a noite, forças israelitas voltaram a quebrar o cessar-fogo e lançaram um ataque aéreo na Faixa de Gaza em resposta a balões incendiários lançados pelo Hamas. Ativistas palestinianos lançaram dezenas de balões incendiários por cima …

Croácia 1-1 República Checa | Perisic empata e ninguém se chateia

A República Checa empatou hoje a um golo com a Croácia, em encontro da segunda jornada do Grupo D do Euro2020 de futebol, disputado em Glasgow, colocando-se em boa posição para chegar aos oitavos de …